16.9.19

Resenha: A Descoberta das Bruxas - Deborah Harkness


A HISTÓRIA

Diana Bishop é uma doutora em história fascinada por alquimia. Contudo, ela ignora a própria história. Diana descende de duas das mais poderosas famílias de bruxas dos Estados Unidos, mas perder os pais na infância a fez decidir viver longe do mundo mágico e a convenceu de que seus poderes são ínfimos. Mas, Diana não pode evitar a magia para sempre. 

Um dia, por acaso, ela requisita um livro - Ashmole 782 - na Biblioteca Bodleiana de Oxford, onde trabalha, e acaba com um manuscrito encantado em suas mãos. O poder da obra a assusta tanto que ela a devolve depois de ter olhado só as primeiras páginas. Mas, isso é o suficiente para colocar Diana em meio a uma disputa com outras criaturas. Todos os vampiros, bruxas e demônios da região sentiram que algo aconteceu e querem pegar o Ashmole 782 para eles.

Diana só entende o que está acontecendo quando um vampiro em especial, um dos mais antigos e belos que ela já conheceu, se aproxima dela. O professor Matthew Clairmonth confidencia a Diana que esteve procurando pelo manuscrito por séculos e especula que ele revele o maior mistério de todos: a história da origem das criaturas mágicas. Diana obviamente fica curiosa e temerosa, um livro que guarda tal segredo é tão valioso quanto perigoso. Mas, o feitiço sobre Ashmole 782 volta a agir e o livro desaparece mais uma vez.

12.9.19

Resenha: Romancista Como Vocação - Haruki Murakami


O AUTOR E A OBRA

O japonês Haruki Murakami só começou a escrever com 29 anos. Seu primeiro romance, Ouça a Canção do Vento, foi concebido em 1979, mas só em 1987, com Norwegian Wood, que ele se tornou conhecido em seu país de origem. Daí para frente, Murakami se tornou um bestseller no Japão, e suas obras foram exportadas para a Europa e os Estados Unidos, lhe dando fama internacional e vários prêmios importantes. O fato dele ser recluso, quase sempre recusar entrevistas e encontros com fãs, ajudou a criar uma aura de mistério ao seu redor que, em parte, ele tenta desconstruir nesse livro. 

Escritor de contos, ensaios e reportagens também, Murakami é mais conhecido por seus romances de linguagem clara e fluida. No próprio Romancista Por Vocação ele conta que foi muito elogiado e até considerado revolucionários por uns, mas igualmente criticado por outros, que contestavam a qualidade de suas obras. Romancista Por Vocação foi publicado em 2015, quando Murakami já estava com 66 anos, sendo escritor por mais de 30. Considerando sua enorme bagagem no assunto, o autor reflete sobre sua profissão nessa obra curta, de apenas 168 páginas.

9.9.19

Lançamentos de livros de Setembro da Arqueiro e Sextante


E nesse pós Bienal do Livro do Rio, as editoras Arqueiro e Sextante soltaram suas novidades de Setembro e não sei qual livro quero devorar primeiro. Tem romance de época com conto da Julia Quinn, romance histórico do Ken Follett, drama sobre os julgamentos do campo de concentração de Auschwitz, romance contemporâneo entre um pai de primeira viagem e sua vizinha, livro com reflexões sobre vida e morte, biografia de João Carlos Martins e muito mais! Confiram todos os lançamentos:

- Relembre os lançamentos de livros de Agosto da Arqueiro e Sextante


A Dama Mais Apaixonada - duologia A Dama Mais... - Julia Quinn, Eloisa James, Connie Brockway
Três estrelas do Romance de Época se unem para transportar você a um mundo de tentação, paixão e amores inesperados. Quando os sobrinhos do proprietário de terras escocês Taran Ferguson se recusam a se casar para dar continuidade à linhagem da família, ele decide cuidar pessoalmente da questão e arranjar uma esposa para pelo menos um dos dois. Numa noite de festa, Taran invade um castelo e sequestra quatro damas: uma linda e ousada donzela, uma herdeira com uma pequena mancha na reputação, uma bela e rica inglesa e uma jovem sem sobrenome tradicional ou fortuna. Uma delas certamente se apaixonará por um lorde escocês. Resta saber se, em meio à fúria de um duque sequestrado por engano, um castelo decrépito e uma tempestade violenta que não vai permitir que ninguém vá embora tão cedo, haverá espaço para que um amor floresça.

1.9.19

Livros, músicas, filmes e séries favoritas de Agosto


O mês eterno do ano acabou e, preciso dizer, Agosto até que passou bem rápido para mim. Com as voltas às aulas, os dias simplesmente voaram e eu só quero saber quando as férias começam de novo. Eu li obras bem bacanas esse mês e vi muita coisa boa, mas não tive muito tempo para postar aqui no blog. Confesso que terminei o mês exausta e um pouquinho triste que não pude ir na Bienal do Rio desse ano. Então, se você também está só acompanhando as notícias da Bienal de longe como eu, vamos sacudir a invejinha de quem está lá falando sobre os nossos favoritos de Agosto? Tenho algumas indicações bem bacanas no clássico resuminho do mês aqui do blog!

Leitura atual:

Eu dei a louca em Agosto e achei que ler três livros ao mesmo tempo era uma boa ideia. No favoritos de Abril, comentei o quão apaixonada eu estava pela série de TV A Discovery of Witches, então enquanto a próxima temporada não chega, resolvi ler os livros da Deborah Harkness que deram origem ao show. Eu estou nas últimas páginas de A Descoberta das Bruxas e, apesar de algumas partes das 600 e tantas páginas da obra serem bem arrastadas, eu amei conhecer a versão literária dos personagens e quero devorar o restante da trilogia agora em Setembro.

Com o novo filme de Mulherzinhas (Little Women) chegando em dezembro desse ano, resolvi ler o clássico americano que deu origem a adaptação. Contudo, com a correria do dia a dia, eu só tinha lido os seis primeiros capítulos antes que devolver o livro para a biblioteca - estou lendo uma edição mais antiga cuja capa não achei na internet, por isso usei essa aí de cima só para ilustrar ;) Contudo, pretendo devorar a obra assim que ela ficar disponível novamente, já que pelo pouco que li já me apaixonei pelas protagonistas jovens e sonhadoras.

29.8.19

Resenha: Um Casamento Conveniente - Tessa Dare


A HISTÓRIA

Ainda adolescente, Emma Gladstone aprendeu que o mundo é um lugar difícil para as mulheres. Ela se deixou levar pela tentação por alguns minutos, mas o suficiente para ser expulsa de casa pelo pai. Agora, a filha do vigário quer apenas esquecer sua antiga vida no interior. Ela trabalha dia e noite como costureira e é uma das boas. Por isso, decide ir cobrar a dívida de um cliente usando o vestido de noiva pavoroso que teve tanto trabalho para costurar.

O Duque de Ashbury tinha uma vida perfeita de privilégios até ser atingido na guerra. Agora, não importa que ele é um dos homens mais ricos do país, ou que possui um senso de humor afiado, nenhuma mulher jamais desejará se casar com alguém como ele, com metade do corpo marcado e desfigurado pelo fogo. Ele se conformou em passar o resto da vida vivendo nas sombras, vagando pela cidade escura só para assustar desavisados com a sua aparência. Mas, ele tem um título pelo qual prezar. Por isso Ashbury precisa de um casamento de conveniência para lhe prover herdeiros e, curiosamente, logo que toma tal decisão, uma jovem vestida como noiva bate a sua porta.