13.11.22

Gírias literárias que talvez você não saiba o que significa



Harém reverso, omegaverso, CR, romances dark, crossover e cliffhanger. Se você lê a bastante tempo, já percebeu que volta e meia surge um nicho novo de histórias extremamente populares e pode ser difícil acompanhar os termos novos e estrangeiros.

Por isso que estou aqui hoje, para descomplicar algumas das nossas gírias literárias favoritas! Temos tantos subgêneros que talvez você goste de explorar, como termos que vão te ajudar a encontrar o livro que você quer ler!




Harém reverso

Sabe aqueles sheiks antigos que tinham um batalhão de mulheres só pra si? É isso, só que o contrário.

Se você também já se perguntou porque a mocinha tem que escolher em histórias de triângulo amoroso, o harém reverso é pra você. Nesse subgênero, a protagonista feminina tem dois OU MAIS pares românticos, e se esbalda em ser dividida e se envolver com mais de um homem.


Omegaverso

Eu não sou uma especialista em omegaverso... ainda. Para quem era team Jacob, seja bem vindo a um subgênero da fantasia onde os seres humanos não só podem se transformar em animais (especialmente lobos), mas também possuem uma "natureza" peculiar.

Nesse universo, as pessoas podem ser alfas (os líderes, os mais fortes), betas (menos fortes, são seguidores dos alfas) e ômegas (pessoas mais passivas, com instinto para o cuidado).

Como podem imaginar, em geral as protagonistas femininas são ômegas. Então sim, o omegaverso tem várias ideias machistas e patriarcais. Um ponto positivo, porém, é que se tornou um subgênero bem comum para retratar relacionamentos entre dois homens!


Romances dark

Sabe aqueles livros eróticos que você se pergunta se não é ilegal publicar aquilo na internet? Então, seja bem-vindo aos romances dark.

Não tem segredo. O "dark", sombrio em inglês, vem porque esse tipo de livro aborda temas bem peculiares e chocantes, desde mocinho que sequestra a protagonista até fetiches bem específicos...

São leituras para maiores de idades e leitores já calejados. Não é incomum que o romance dos protagonistas seja tóxico e que a leitura cause desconforto, então cuidado ao mergulhar nesse tipo de história.

CR

Esse é simples! É do inglês Current Reading (leitura atual).


Crossover

O meme do homem aranha que encontra outras versões de si mesmo define perfeitamente esse termo em inglês. Basicamente, um "crossover" acontece quando personagens de universos fictíticios diferentes (de autores diferentes, ou de sagas diferentes) são retratados juntos, em uma mesma história.

Cliffhanger

A tradução literal do termo é "à beira do precipício" e ele se refere aquele momento da história no qual uma revelação chocante é feita, logo antes da história acabar nos deixando com gostinho por mais.

Alguns autores são mestres da arte do "cliffhanger", com livros de finais abertos que imploram por uma continuação...


Qual termo vocês sentiram falta de ver por aqui?

9.11.22

Resenha: Mais Uma Vez, O Amor - Lisa Kleypas

A HISTÓRIA

Lady Aline Marsden teve uma educação perfeita, mas uma infância inusitada. Ela passou grande parte do seu crescimento brincando ao lado de John McKenna, órfão que trabalhava nos estábulos da família.

Só que a amizade se transforma em algo a mais quando os dois se tornam jovens curiosos e cheios de hormônios. Os dois entram em um delicioso romance escondido, que acaba de forma terrível. McKenna acaba perdendo o emprego e sendo expulso da propriedade, enquanto Lady Aline passa os próximos anos em completa reclusão.

12 anos depois, Aline se surpreende quando seu irmão Marcus, Conde de Westcliff, convida ninguém menos que McKenna e seu sócio, sr. Shaw, para uma temporada na propriedade da família. No tempo separados, McKenna se tornou um homem muito rico, um negociador implacável com sede de vingança. Ele quer mostrar para Aline e sua família que eles erraram em maltratá-lo.

Contudo, em vez dos nobres arrogantes que esperava encontrar, McKenna vê uma Aline de coração partido, que a 12 anos carrega um segredo que a consome. Enquanto o casal tenta encontrar seu final feliz entre tantos arrependimentos e mágoas, a irmã de Aline, Olivia, fica bastante curiosa com a personalidade do sr. Shaw, que corresponde o sentimento, mas que talvez não possa dar a moça o que ela mais deseja.

13.10.22

Resenha: Amante Por Uma Tarde - Lisa Kleypas


A HISTÓRIA

Lady Sophia Sydney está em uma missão. Ela quer vingar o irmão, mandado para a morte por sir Ross Cannon, o magistrado queridinho dos londrinos. Sophia finge ser apenas uma pobre governanta e convence sir Ross a empregá-la em sua casa em Bow Street.

Rapidamente, Sophia se infiltra na vida de sir Ross, que fica encantado pela mulher de língua afiada, mente ágil e belas feições. Contudo, sir Ross não quer se envolver com ninguém após a morte traumática de sua primeira esposa.

18.8.22

Resenha: Instruções Para Dançar - Nicola Yoon


A HISTÓRIA

Evie acredita que o amor é a maior mentira do universo. Depois de ver o lindo casamento dos pais acabar em traição e corações partidos, ela decide que é hora de parar de acreditar no amor. Evie sabe que se tornou uma jovem amarga, mas prefere se proteger do que se iludir com relacionamentos. Mas o universo decide lhe ensinar uma lição.

Um dia, Evie encontra um livro com instruções de dança, mas o mais estranho é que, toda vez que vê um casal se beijando, ela tem visões de como o amor deles começou e de como vai terminar. As visões começam a deixar Evie maluca, que tentando se livrar delas, acaba em um estúdio de dança. Lá, ela é recrutada pra participar de uma competição de dança, tendo como parceiro ninguém menos que X, um garoto que ela não suporta.

Diferente de Evie, X, ou Xavier, acredita que os sonhos e o amor são o que move as pessoas. Ele largou tudo para tentar se tornar um astro da música e, enquanto isso não acontece, ajuda os avós em seu estúdio de dança. Pra fazer a dança funcionar, Evie e X vão ter que superar suas diferenças. Mas será que ela conseguirá se abrir para uma nova pessoa em sua vida e não sair de coração partido?


VALE A PENA LER?

Como todos os livros de Nicola Yoon, Instruções Para Dançar não decepciona. Apesar que já aviso que o final vai trazer fortes emoções.

Leia mais da autora:

A trama adolescente mistura comédia, drama, fantasia e mistério de forma que agrada todas as idades. Instruções Para Dançar é um romance de opostos que se atraem com uma história de amor lenta que deixa o leitor na beiradinha da cadeira.

É impossível não torcer por Evie e X, que descobrem um no outro não só uma paixão, mas novas formas de ver a vida. Instruções Para Dançar é uma história sobre segundas chances, que nos faz refletir sobre relacionamentos e nos perguntar: o que vale mais a pena na vida é o destino ou a jornada até lá?

Nenhuma surpresa que chorei litros com a leitura, mas também dei risada e me apaixonei por todos os personagens. Instruções Para Dançar está mais que recomendado!



Título: Instruções Para Dançar
Título original: Instructions for Dancing
Autora: Nicola Yoon
Editora: Arqueiro
ISBN: 9786555652789
Ano: 2022
Páginas: 256
Encontre o livro: Skoob - Goodreads
*O exemplar lido foi uma cortesia da editora
Compre: Amazon

7.8.22

Resenha: Vivendo a Comunicação Não Violenta - Marshall B. Rosenberg


O LIVRO

A comunicação não violenta (CNV) é um conceito criado por Marshall Rosenberg em meados dos anos 60. A CNV se baseia na ideia de que as pessoas podem se relacionar melhor e resolver conflitos se, na hora de se comunicarem, elas abandonarem juízos de valores, expressarem suas necessidades e escutarem a necessidade do outro antes de partir pra qualquer ação.

E, nesse livro, o autor tenta tornar os princípios da CNV mais simples e aplicá-los em contextos do dia a dia, nas relações conjugais, entre pais e filhos, etc. Alguns dos temas principais abordados na obra são resolução de conflitos de forma pacífica, criação de relações amorosas poderosas, reconciliação, como lidar com a raiva, e até mesmo espiritualidade.


VALE A PENA LER

Apesar de ser psicóloga, eu nunca havia estudado comunicação não violenta e esse livro me pareceu um bom lugar pra começar. Eu gosto da proposta de "Vivendo a comunicação não violenta" de trazer o conceito da CNV pra vida real, aplicando-o no dia a dia.

A temática da obra é muito interessante, mas o livro não é rápido de ler. Os capítulos são longos e trazem muitos trechos de palestras do autor, o que faz a leitura ser mais lenta. Eu gostei bastante de como o livro traz exemplos reais da aplicação da CNV, mas me incomodou um pouco como o autor promove a técnica como solução para todos os problemas (o que não é realista).

Também curti que, naturalmente, o livro nos faz refletir sobre vários aspectos da nossa vida, sobre a forma como nos comunicamos com os outros e como tentamos resolver problemas. "Vivendo a comunicação não violenta" é uma obra pra ser lida em partes. Mas quem gosta de conhecer sobre psicologia e pensar em como se relacionar melhor com outras pessoas, vale a pena.



Título: Vivendo a Comunicação Não Violenta 
Subtítulo: Como estabelecer conexões sinceras e resolver conflitos de forma pacífica e eficaz
Título original: Nonviolent Communication: A Language Of Life - Life-Changing Tools For Healthy Relationships
Autor: Marshall B. Rosenberg
Editora: Sextante
ISBN: 9788543106724
Ano: 2019
Páginas: 192
Encontre o livro: Skoob - Goodreads
*O exemplar lido foi uma cortesia da editora
Compre: Amazon