16.10.17

6 livros distópicos para te fazer repensar o nosso mundo


O mundo sempre nos parece caótico de alguma maneira, mas os últimos tempos têm sido, no mínimo, sombrios. Todos nós acompanhamos, através das redes sociais, principalmente, atentados violentos, nações em conflitos, governos que espiam uns aos outros, presidentes que perpetuam discursos de ódio, pessoas que defendem o racismo, o machismo e a xenofobia e muitas outras atrocidades. É difícil manter as esperanças vendo as pessoas se voltarem umas contra as outras todos os dias e é fácil se sentir impotente diante um mundo que, estranhamente, parece caminhar para uma sociedade cada vez mais preconceituosa e com menos liberdade. 

Mas, o maior perigo, na minha opinião, é não ver todas essas coisas horríveis que estão acontecendo. É se deixar anestesiar, ou simplesmente enganar, e fingir que o mundo está bem, quando não está. Em momentos como esse, felizmente, podemos nos voltar para as artes, especialmente a literatura, não para buscar respostas, mas para encontrar perguntas que nos motivem a buscar soluções melhores para os problemas da nossa sociedade. E, o que não nos falta, são livros que abordam os caminhos mais sombrios que poderíamos tomar, como guias do que "não-fazer".

Pensando nisso, hoje resolvi fazer uma listinha com leituras intensas, mas ricas, daquelas de abrir os nossos olhos para o mundo ao nosso redor. Governos totalitários, jovens delinquentes, manipulação da mídia, experimentos científicos que deram errado e muito mais recheiam essas histórias. Conheçam, então, 6 livros distópicos que, com certeza, te farão repensar o nosso mundo:

Leia também:
5 livros adolescentes com protagonistas fora dos padrões
- Melhores livros de ação


“Poder não é um meio, mas um fim. Não se estabelece uma ditadura para proteger uma revolução. Faz-se a revolução para instalar a ditadura. O objetivo da perseguição é a perseguição. O objeto da tortura é a tortura. O objetivo do poder é o poder.” - Quote de 1984

Eu já perdi as contas de quantas vezes recomendei 1984 aqui no blog. Contudo, esse clássico vai continuar aparecendo em todas as minhas listas pelo motivo de ser uma obra incrível e intensa, que nos faz refletir bastante. Mesmo não trazendo a melhor e mais fascinante das histórias, 1984 é muito cativante e marcante. O livro nos faz repensar nossos conceitos de liberdade, governo e estruturas de poder, e ainda aborda temas como alienação, manipulação da mídia, obediência e muito mais. Apesar de não estarmos vivendo em uma ditadura totalitária, como os personagens da obra, é impossível não se identificar com alguns elementos e se perguntar coisas como "quem realmente governa o nosso mundo?", "para que e para quem o entretenimento serve?", "para quais desigualdades e injustiças fechamos os nossos olhos todos os dias?". Definitivamente um clássico que merece ser livro!

12.10.17

Resenha: Uma Noite Inesquecível - Lisa Kleypas


A HISTÓRIA

Rafe Bowman está em uma missão natalina: aproveitar o feriado na propriedade da irmã na Inglaterra para conquistar Lady Natalie Blandford. Apesar de poder ter qualquer mulher que desejar, o bonito e rico Rafe precisa se casar com Natalie, noiva escolhida por seu pai, caso queira uma parte da empresa da família. Contudo, as apostas estão todas contra ele: Hannah, a prima de Natalie, está horrorizada com a fama de farrista e péssimos modos do homem americano e vai fazer de tudo para impedir que a união aconteça.

9.10.17

6 livros com flores na capa para devorar na primavera


A Primavera é uma das melhores estações do ano! Essa época não é muito quente como o verão, nem fria como o inverno, e o clima gostoso vem acompanhado do desabrochar das flores que deixam as ruas e jardins muito mais bonitos! A primavera traz um ar perfeito para uma leitura ao ar livre, ou dentro de casa mesmo. Por isso, inspirada na estação, resolvi fazer uma listinha com dicas de leitura perfeitas para a primavera - com capas e histórias que são a cara da estação! Conheçam então 7 livros com flores na capa para devorar na primavera:

Mais dicas de livros em:


E vamos começar a nossa lista com uma adaptação fofa e divertida de A Bela e a Fera. Quando a Bela Domou a Fera é um romance de época que vai te provocar risadas gostosas e suspiros. Aqui, a Fera é um brilhante e rude médico que gere seu próprio hospital em um castelo no País de Gales e que não quer nem pensar em se casar. Já a Bela é uma linda dama que se envolveu em um escândalo com o príncipe e agora precisa se casar às pressas.

Ela, a moça mais linda da corte, só não esperava ter que se casar com um conde excêntrico e mal educado. Mas quando ele jura que jamais irá se apaixonar por ela, a teimosa Bela aceita o desafio e faz de tudo para seduzi-lo. Uma mistura perfeita do conto da Bela e a Fera e do seriado de TV House, Quando a Bela Domou a Fera é uma leitura rápida, deliciosa e apaixonante do início ao fim. Isso sem falar na capa fofa, que traz uma bela flor vermelha (em homenagem a flor encantada do conto original).

5.10.17

Resenha: Casada Até Quarta - Catherine Bybee


A HISTÓRIA

Blake Harrison é o sonho de muitas mulheres. Ele é bonito, bem-educado e rico, além de possuir um título da nobreza britânica. E, agora, ele está em busca de uma esposa: se não se casar até quarta-feira, ele perderá toda a herança que seu amargo pai o deixou. Mas Blake não procura a mulher de sua vida (ele nem sabe se acredita nessas coisas). O nobre quer uma mulher que não se importe de se casar as pressas e fingir um relacionamento por um ano em troca de uma boa quantia de dinheiro quando eles se divorciarem.

4.10.17

Lançamentos de livros de Outubro da Rocco


E preparem os bolsos, porque a Editora Rocco não está de brincadeiras esse mês! Para Outubro, eles preparam lançamentos que vão desde fantasia juvenil até romance policial! Tem discurso da J.K. Rowling em forma de livro, uma releitura intensa e assombrosa de O Mágico de Oz, histórias sobre a nobreza russa, sociedades secretas e um mundo onde os EUA ainda tem escravos, contos de Edgar Allan Poe (traduzidos pela Clarice Lispector) e mais! Conheçam essas novidades maravilhosas:

- Relembre os lançamentos incríveis de Setembro da Rocco

 Compre os livros: Vidas Muito Boas - A Ascensão do Mal

VIDAS MUITO BOAS - J.K. Rowling
“Como podemos aproveitar o fracasso?” “Como podemos usar nossa imaginação para melhorar a nós e os outros?” J.K. Rowling responde essas e outras perguntas provocadoras em Vidas muito boas, versão em livro do famoso discurso de paraninfa da autora da série Harry Potter na Universidade de Harvard, que chega às livrarias brasileiras no dia 7 de outubro. Baseado em histórias de seus próprios anos como estudante universitária, a autora mundialmente famosa aborda algumas das mais importantes questões da vida com perspicácia, seriedade e força emocional. Um texto cheio de valor para os fãs da escritora e surpreendente para todos que buscam palavras inspiradoras.

A ASCENSÃO DO MAL – Dorothy tem que morrer #2, de Danielle Paige
Em Dorothy tem que morrer, Amy Gumm é uma garota do Kansas levada por um tornado para o mundo encantado de Oz. O que ela encontra por lá, porém, é uma paisagem bem diferente da descrita no clássico de L. Frank Baum, governada com mão de ferro por uma certa Dorothy Gale. Para fazer de Oz uma terra livre novamente, Amy precisa remover o coração do homem de lata, roubar o cérebro do espantalho e tomar a coragem do leão. E aí Dorothy morreria. Mas, em A ascensão do mal, aguardada sequência da série de Danielle Paige, ela continua viva. E o passado de Oz guarda muitos segredos que Amy ainda desconhece. Em quem ela poderá confiar para cumprir sua missão?


OS CRIMES DA RUA MORGUE – E outras histórias extraordinárias, de Edgar Allan Poe
Com “Os crimes da rua Morgue”, Edgar Allan Poe inaugurou, em 1841, a moderna literatura policial e criou um de seus mais célebres detetives, o até hoje reverenciado Auguste Dupin. O conto, que narra a memorável investigação do assassinato de duas mulheres em um quarto fechado, é o carro-chefe desta reunião de histórias de terror e mistério traduzida por ninguém menos que Clarice Lispector. Grande leitora e fã da literatura policial, a escritora, que também verteu para o português os livros de Agatha Christie sob o pseudônimo de Mary Westmacott, empresta seu talento invulgar ao gênio de Poe, trazendo para o leitor brasileiro histórias como “A máscara da morte rubra”, “O gato preto”, “Ligeia” e outras. Lançamento do selo Fantástica Rocco, esta edição de Os crimes da rua Morgue e outras histórias extraordinárias recupera este encontro, literalmente, fantástico.