11.5.20

Resenha: Um Romance de Inverno - Jess Michaels


A HISTÓRIA

Rosalind Wilde foi criada pelo desagradável avô, que faz questão de torturá-la por ter se casado com um homem comum mesmo após a morte de seu marido, que no fim era uma pessoa que só se importava com o seu dinheiro. Apesar de tanto sofrimento, Rosalind acredita no amor e odeia a ideia de que a irmã, Celia, esteja se casando com um conde apenas pelo dever.

Na verdade, o que Celia está fazendo é caindo em uma chantagem do avô, que só revelará a identidade do pai das duas quando ela se casar com um nobre. Assim, a missão de Rosalind nas semanas que antecedem o casamento é garantir que Celia esteja tomando a decisão que realmente deseja. Mas, ela mesmo acaba enfrentando uma questão difícil: que é arriscar ainda mais retaliação do avô ao se envolver com o homem mais apaixonante que já conheceu.

A caminho do casamento, uma tempestade de neve deixa Rosalind presa em uma estalagem. Lá ela conhece Gray, um homem elegante e sagaz, que não esconde a forte atração que sente pela mulher. Assim, certos de que nunca se encontrariam novamente, Rosalind se entrega a uma noite de paixão com Gray, a melhor de sua vida.

O sonho se torna pesadelo quando Rosalind chega a propriedade na qual ocorrerá o casamento e descobre que Gray é, na verdade, Grayson Danford, irmão do noivo de Celia. Para piorar, Gray rejeita a ideia de casamento e, para proteger o irmão, quer separá-lo de Celia, que considera uma caçadora de fortunas. Contudo, a surpresa de reencontrar Rosalind e perceber que talvez ele queira mais do que um caso de uma noite fará Gray repensar suas convicções. Mesmo que se entregar ao romance possa significar a ruína de ambos.

A SÉRIE

Um Romance de Inverno é o primeiro dos quatro volumes da série Estações, de Jess Michaels. Cada volume da série é independente e promete entregar uma história de amor arrebatadora. Apesar disso, os livros estão interligados e lê-los na ordem talvez seja o mais interessante.

No livro 1, Um Romance de Inverno, Rosalind e Gray se veem unidos pelo destino e o casamento dos irmãos de ambos. Os dois querem proteger seus parentes, mas acabam arriscando tudo em uma inesquecível noite de paixão. No livro 2, A Spring Deception, é a vez de Celia, irmã de Rosalind, perceber que romance é um motivo melhor para se casar do que o dever. Mas, o nobre recluso com o qual se envolve pode acabar levando-a ruína.

O livro 3, One Summer of Surrender, trará a história do irmão de Gray, Lucien. O coração dele foi completamente partido no passado e a volta de um antigo amor pode colocá-lo novamente em um rumo sombrio. Por fim, Adored in Autumn, livro 4, é protagonizado por Felicity, irmã de Gray. Felicity fez de tudo para escapar de um casamento violento e suas escolhas voltam para assombrá-la quando ela reencontra sua paixão de infância.


A NARRATIVA

Eu não conhecia Jess Michaels, mas essa única leitura foi o suficiente para me fazer querer devorar todas as obras da autora. Um Romance de Inverno é narrado em terceira pessoa e consegue nos mostrar tanto dos conflitos interiores da mocinha quanto do mocinho. A escrita da autora é pouco descritiva, mas consegue passar bem o estado de espírito dos personagens e os acontecimentos da trama. Com pitadas de ironia e diálogos cativantes, a leitura é rápida e muito gotosa. 

A TRAMA

Um Romance de Inverno é um livro bem direto, mas uma trama interessante e bem amarrada. Como conflito principal, temos o desenrolar do romance quase proibido de Rosalind e Gray, assim como a resistência de ambos de se entregar ao relacionamento e se mostrar vulneráveis. Logo, é compreensível que esse seja um romance bem picante. A autora não economiza em sensualidade e encontros tórridos entre os protagonistas.

De forma secundária, acompanhamos a batalha de Gray para impedir o casamento do irmão, enquanto Rosalind quer garantir que ele acontecerá em respeito aos desejos da irmã. Isso garante uma boa tensão ao livro, assim como pitadas de mistério já há toda uma grande questão sobre o passado dos pais de Rosalind e Celia.

Esses dois conflitos seguem muito bem entrelaçados e são resolvidos de forma mais do que satisfatória. Como pano de fundo, temos uma estalagem e uma mansão no campo no meio de um rigoroso inverno. O cenário frio é um bom contraste para uma história de amor tão quente. Os acontecimentos em si do livro não surpreendem muito, mas provocam sua cota de emoção. Em resumo, a trama de Um Romance de Inverno não é muito marcante, mas cativa e prende o leitor do início ao fim.

OS PERSONAGENS

Como a trama, os personagens de Um Romance de Inverno cativam, mas não se destacam muito de outros do gênero. Rosalind é uma viúva que, apesar da terrível criação, se tornou uma moça gentil e que acredita nas pessoas e no amor. Apesar de tudo, ela não sabe se pode se entregar novamente ao sentimento se isso significa prejudicar sua amada irmã. Ao longo do livro, Rosalind aprende que não precisa escolher entre se sacrificar ou sacrificar quem ama, que ela pode conseguir o que quer sem machucar todo mundo.

Gray é tão frio quanto a neve que enfeita o livro. Ele não acredita em casamento por amor, mas também não deseja um relacionamento de conveniência para si ou para o irmão. Desesperado para proteger sua família, ele pode agir como um canalha. Contudo, não é uma pessoa sufocante e se mostra um mocinho cheio de paixão e carinho para dar quando encontra Rosalind. Ele, obviamente, se torna menos frio ao longo de Um Romance de Inverno.

Como um casal, Rosalind e Gray são clichês (ela sendo sentimental e ele duro), mas vivem momentos fofos o suficiente ao longo da trama. Achei alguns dos secundários até mais interessantes que os mocinhos de Um Romance de Inverno. Eles são engraçados e têm muito drama próprio. Estou especialmente ansiosa para conhecer a história de Lucien, noivo de Celia. Por outro lado, Um Romance de Inverno tem um vilão digno de filme. O avô de Rosalind é uma cobra e me causou ódio do início ao fim. Espero que ele sofra consequências ainda mais pesadas nos próximos volumes!


CONCLUSÕES FINAIS

Um Romance de Inverno foi uma leitura interessante. A narrativa é gostosa e rápida, a autora me conquistou logo de cara. Contudo, a trama, por mais rápida e envolvente que seja, não é marcante, assim como os mocinhos. Esse é o tipo de livro que não se torna o seu favorito da vida, mas que proporciona boas horas de suspiros e risadas. Eu devorei Um Romance de Inverno em um dia só e recomendo o romance sensual e instigante. Estou curiosa para ler mais da autora, que demonstra bastante potencial nessa obra.

Título: Um Romance de Inverno
Título original: An Affair in Winter
Série: Estações
Volume: 1
Autora: Jess Michaels
Editora: Cherish Books Br
ISBN: B085YCGFC7
Ano: 2020
Páginas: 267
*O e-book lido foi uma cortesia da editora Cherish Books Br
Compre: Amazon

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Sinta-se a vontade para expressar a sua opinião, para divulgar o seu site/blog ou para elogiar ou criticar o blog! Lembrando que comentários com conteúdos agressivos, ofensivos ou inadequados serão excluídos.

(Você também pode entrar em contato comigo por e-mail, formulário ou pelas redes sociais. Saiba mais na página "Contato".)