28.11.11

Resenha: O Poder do Fogo - Khêder Henrique

Conheça Myruna, um mítico continente, onde trabalhadores rurais, guerreiros, andarilhos, humanimais, elementares e outros, vivem de uma forma muito particular os velhos dilemas do nosso mundo.
   O Grande Teste – uma série de provas práticas e teóricas realizadas para definir o rumo profissional de um estudante – será realizado dentro de um mês em Diaspos, uma vila rural que fica ao sudeste do mítico continente de Myruna. Todos os jovens estão empolgadíssimos com a aproximação desse evento. Menos Kiara Ancessus. A garota não leva aptidão com as tradicionais atividades praticadas na região. Ela é uma péssima amazona, não detém habilidade alguma para a forja de armas e não consegue se imaginar cuidando de uma fazenda. Para complicar a situação de Kiara, seu pai, um humilde fazendeiro, não possui recursos financeiros para custear os estudos da filha em outra cidade. Diante dos colegas de escola animados e decididos com as carreiras que desejam seguir, a preocupação de Kiara apenas aumenta com o vislumbre de um futuro profissional nada promissor. Entretanto, tudo pode mudar quando o forasteiro Lucius Veniaga chega ao vilarejo com o desejo de estudar com a misteriosa Elemiah Mirone, uma elementar aposentada. Os elementares são indivíduos com habilidades únicas e fascinantes, tais como manipular os elementos da natureza conforme sua vontade. A falecida mãe de Kiara foi uma elementar, mas a garota nunca cogitou seguir essa carreira para não contrariar a vontade de seu pai e seu avô. Ambos consideram o elementarismo algo extremamente perigoso. Dividida entre o desejo de agradar a seus familiares e a vontade de encontrar uma atividade na qual sinta prazer e desenvoltura em desempenhar, Kiara iniciará uma jornada de aventuras e descobertas onde enfrentará surpreendentes desafios.

O Poder do Fogo se passa em Diaspos, uma vila rural localizada ao sudeste do mítico continente Myruna. A história começa com a chegada do forasteiro Lucius, um rapaz que deseja imensamente se tornar um elementar a partir dos ensinamentos de Elemiah, uma famosa elementar que é nada popular em Diaspos. Um elementar é alguém capaz de manipular as os elementos da natureza, e quando Lucius propõem a Kiara que se tornasse uma aprendiza, a garota se vê num dilema. Afinal não é da vontade seu pai que ela se torne uma elementar, pois a mãe de Kiara, Talissa, seguiu essa profissão e não teve um final muito feliz. 

Apesar dos perigos que tal pratica oferece, Kiara se muda para a torre de pedra (a casa de Elemiah) e se torna uma aprendiza de elementar. Mas logo, Kiara e Lucius descobrem que aqueles dezoito meses de treinamento, serão os mais difíceis da vida deles. 
“– Se a sua vida ou a de alguém dependesse do seu êxito, alguém estaria morto. – disse a mestra friamente.” (Pág. 82)
Elemiah não se importa de exigir muito dos garotos ou de lhes falar a verdade de um modo nada sensível. Ela é fria às vezes com seus pupilos, mas não é toa. Digamos apenas que seus últimos aprendizes não são pessoas tão boas e morais quantos seus atuais. Mas Elemiah aos poucos vai quebrando sua muralha de pedra e se aproxima mais dos garotos, passa a realmente se importar com eles e reata uma certa ligação especial que tem Kiara. 

Lucius é uma garoto esperto, adora ler e é muito dedicado. Ele se deixa deslumbrar às vezes, mas sempre toma a atitude necessária na hora certa. Kiara é uma garota meiga, que se importa muito com as pessoas ao seu redor, o que as vezes a impede de tomar as próprias decisões. Esse carinho pelo outro acaba metendo a garota em situações perigosas, mas a menina sempre acha forças dentro de si para vencer. 
"Os olhos de Kiara faiscaram, seu básculo brilhou um escarlate intenso, algo queimou dentro dela como nunca queimara antes. Inexplicavelmente, as forças da garota estavam renovadas, e ela se sentia dona de um poder sem limites. " (Pág. 213)
O Poder do Fogo é um ótimo livro e está na minha lista de favoritos. Mal posso esperar pela continuação e tenho que dizer que foi surpreendida muita vezes ao longo do livro. A história é bem feita e os personagens bem construídos. A escrita de Khêder é bem leve e flui naturalmente. As cenas de luta e ação são detalhadas na medida certa, o que deixa a historia mais emocionante. Adorei como o autor leva os problemas e dilemas da nossa vida para o mundo mágico de O Poder do Fogo, o que deixa aquela sensação de identificação, mas sem perder a magia que é tão presente e significativa para a historia. E para finalizar vou deixar um trechinho do livro onde Kiara recebe um conselho que serve para todos nós:
"- Sabe... quando temos a ideia de fazer algo... podemos ter a melhor das intenções, mas sempre haverá alguém no caminho que deseja o mesmo que nós ou dizendo para fazer o contrário. A gente não pode ceder sempre, se não... sempre iremos deixar nossos sonhos de lado. " (Pág. 163)

Comente com o Facebook:

6 comentários:

  1. Ta ae um livro que não conhecia mas fiquei com vontade de ler... eu gosto desse tipo de literatura fantastica, apesar de perceber uma quantidade grande de livros que trata de "poderes sobre os elementos", mas como não pude ler nenhum ainda, daria uma chance para esse. Ótima resenha, não conhecia seu blog, parabéns, ele é muito bom!

    Junior Nascimento
    www.CooltureNews.com.br

    ResponderExcluir
  2. Gostei, está na sua lista de favoritos?? Agora me deu siricutico!! Eu querooo!!
    Adorei a resenha!!
    parabens!

    bjosss

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia esse livro. Mas amei a história!!!
    Eu querooo!!!

    ResponderExcluir
  4. Adorei a resenha.Ficou ótima.Não conhecia o livro e agora fiquei bem curiosa em relação a sua leitura.
    Bjs!
    Zilda Mara
    Cachola Literária

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia o livro,mas amei a resenhas, e as citações.
    Vou incluir na minha listinha com certeza.
    bjos

    Jack
    www.mybooklit.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. muito bom, interessante simples, muito bom mesmo!

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para expressar a sua opinião, para divulgar o seu site/blog ou para elogiar ou criticar o blog! Lembrando que comentários com conteúdos agressivos, ofensivos ou inadequados serão excluídos.

(Você também pode entrar em contato comigo por e-mail, formulário ou pelas redes sociais. Saiba mais na página "Contato".)