3.4.19

Resenha: Um Marido de Faz de Conta - Julia Quinn


A HISTÓRIA

Desde a morte de seu pai, Cecilia Harcourt vem enfrentando uma maré de má sorte. Seu terrível primo deixa claro suas intenções de se apossar da casa da família e de Cecilia, que recebe uma carta informando que seu irmão foi ferido na guerra nas colônias. Sozinha e assustada, ela resolveu fazer o imaginável, cruzar o oceano para encontrar a única pessoa que a resta nesse mundo. 

Em Nova Iorque, no meio da Guerra de Independência dos Estados Unidos, Cecília não encontra ninguém disposto a informar o que aconteceu ou onde irmão está. Ela quase perde esperanças, mas quando descobre que Edward Rokesby, um amigo nobre de seu irmão, também está ferido, ela conta uma mentirinha que vai mudar a sua vida. Para poder cuidar de Edward, e quem sabe descobrir o que aconteceu com seu irmão através dele, Cecília inventa que é, na verdade, a sra. Rokesby.

Um dia, Edward acorda com a cabeça latejando e um anjo cuidando dele. Depois de mais de uma semana ele desperta para descobrir que foi ferido, ficou em coma e está casado com a irmã de seu melhor amigo, uma mulher que ele nunca conheceu na vida real. Mas Edward sente que a conhece, já que leu todas as cartas que ela mandou para o irmão, que continham trechos para ele também. Assim, Edward sabe que Cecilia é uma mulher de boas intenções, que jamais mentiria, mesmo que ele não se lembre de ter se casado com ela, ou mesmo do que aconteceu nos últimos três meses.

A perda de memória de Edward é triste, mas conveniente para Cecilia. Mesmo se sentindo terrivelmente culpada de enganá-lo, ela logo percebe que agora que Edward está desperto, todos parecem mais dispostos a ajudar a descobrir o que aconteceu com o irmão dela. Assim, Cecilia decide continuar sua mentirinha só por mais algum tempo. Contudo, ela acaba em uma verdadeira corrida contra o relógio: é uma questão de tempo até que Edward recobre as lembranças, ou que ela acaba se apaixonando por ele. O que Cecilia não sabe é que Edward já tinha sentimentos por ela muito mesmo antes deles se conhecerem e que não vai abrir mão da esposa, mesmo sem se lembrar de ter casado com ela.

A SÉRIE

Um Marido de Faz de Conta é o segundo dos quatro volumes da série Os Rokesbys da Julia Quinn, que mais uma vez traz uma família aristocrática fora dos padrões que promete encantar os leitores. Os Rokesbys são vizinhos e amigos íntimos dos Bridgertons, mas não os que conhecemos em obras anteriores. Situada no final dos anos de 1700, no primeiro livro da saga o patriarca da linhagem Bridgerton que conhecemos está na escola ainda. Mas, duas mulheres da família se tornaram protagonistas nas aventuras dos Rokesbys.

No livro 1, Uma Dama Fora dos Padrões, Billie Bridgerton sempre soube que acabaria casando com um dos irmãos Rokesbys, mas não com George, o antes insuportável e arrogante herdeiro que acaba revelando um lado totalmente novo quando eles acabam juntos em um lugar inusitado. O livro 2 se passa do outro lado do mundo. Um Marido de Faz de Conta começa com Edward Rokesby acordando na América e descobrindo que, além de uma perda de memória, ele agora tem uma esposa. O que o soldado não sabe é que não é verdadeiramente casado com Cecilia Harcourt, que contou uma mentirinha inocente para assim poder encontrar seu irmão desaparecido.

No livro 3, Um Cavalheiro a Bordo, Poppy Bridgerton é uma mulher curiosa que acaba capturada por contrabandistas. O que ela não sabe é que o sedutor capitão do navio pirata no qual vai parar é na verdade Andrew Rokesby, que pela amizade com a família dela, se vê na obrigação de casar com a moça. O livro 4 ainda não foi lançado, tanto que ainda não há informações sobre o título e a sinopse da obra.


A LEITURA

Eu estava curiosa para ler Um Marido de Faz de Conta, mas sem expectativas, já que não tinha lido o primeiro volume da saga. De fato, eu estava até com medo de não entender algumas partes por esse motivo, mas, felizmente, Um Marido de Faz Conta só faz referências ao primeiro livro em suas últimas páginas, e de forma que qualquer pessoa, mesmo uma completamente desinformada do universo dos romances de época da Julia Quinn, pode entender.

E, talvez por não esperar nada em particular, que me apaixonei por Um Marido de Faz de Conta e devorei a obra em dois dias. O livro já começa surpreendendo com um cenário inusitado para os livros da autora. Somos transportados para a cidade de Nova Iorque em pleno domínio inglês, justamente durante da Guerra de Independência dos Estados Unidos. E a autora foi inteligente ao abordar o conflito de forma indireta, mostrando suas consequências na vida de soldados e pessoas comuns, mas sem abordar fatos históricos ou narrar batalhas, o que deixaria o livro muito mais pesado e denso do que os demais de Quinn.

Apesar da temática tensa da guerra, Um Marido de Faz de Conta é um livro divertido e leve. A trama parte de um clichê (mocinho com perda de memória e casamento de mentirinha), mas constrói uma história envolvente e emocionante, um romance improvável que nos faz suspirar do início ao fim. Mesmo sem grandes bailes e escândalos da sociedade, ou lutas e perseguições, Um Marido de Faz de Conta consegue entregar uma trama ágil, que prende e surpreende o leitor. Mesmo o mocinho achando que já está casado, o romance dos protagonistas é desenvolvido de forma lenta, mas gostosa. E, para deixar Um Marido de Faz de Conta mais interessante, a autora aposta em uma trama secundária com pitadas de mistério e intrigas através do desaparecimento do irmão de Cecilia e da perda de memória de Edward. O final feliz é garantido, claro, mas Quinn nos faz duvidar dele em alguns momentos, o que deixa a leitura ainda melhor.

OS PERSONAGENS

Diferente de outras obras da autora, Julia Quinn não aposta em muitos secundários nesse livro. Há alguns, claro, mas eles trazem personalidades rasas e propósitos bem direto na trama. Outros personagens da saga, como os irmãos de Edward e Billie, mocinha do primeiro livro, em grande parte são só mencionados em conversas do protagonista. Assim, não me afeiçoei a nenhum deles em particular, mas fiquei curiosa para conhecer melhor Billie Bridgerton, que parece ter uma personalidade incrível.

Assim, Um Marido de Faz de Conta é bastante focado no casal, que, infelizmente, são personalidades cativantes, mas não tão profundas. Ambos são muito certinhos e altruístas, senti que faltou a Edward e Cecilia alguns defeitos ou segredos do passado que os tornassem mais interessantes. Contudo, os mocinhos são fofos e divertidos. Eles têm personalidades parecidas: são corajosos, donos de um humor afiado e sarcástico, são leais a família e amigos, e se apaixonaram um pelo o outro antes mesmo de se conhecerem. Contudo, ao longo do livro, o casal descobre lados diferentes e novos um do outro e de si mesmos. Assim, apesar de individualmente não enfrentarem conflitos, Edward e Cecilia crescem como casal ao longo de Um Marido de Faz de Conta.

A EDIÇÃO

Eu li Um Marido de Faz de Conta na versão digital, então não tenho comentar sobre a obra física. Contudo, a tradução está excelente e não encontrei qualquer erro no texto. Eu gosto da capa de Um Marido de Faz de Conta, ela é bonita e combina bem com a trama, já que foram escrevendo cartas que os mocinhos se uniram em primeiro lugar.

CONCLUSÕES FINAIS

Um Marido de Faz de Conta não é um livro perfeito, já que os personagens não tem personalidades complexas e soam perfeitinhos demais. Apesar disso, o casal protagonista é fofo e vive um romance emocionante, com pitadas de mistério e intrigas de guerra. A leitura do livro é rápida e gostosa e consegue até surpreender em alguns momentos. O que mais faz Um Marido de Faz de Conta se destacar é o cenário, Nova Iorque em plena Guerra de Independência dos Estados Unidos. Assim, esse não é um livro que eu recomendaria para quem está começando a se aventurar no universo da Julia Quinn, já que mesmo muito boa, a obra não é marcante. Contudo, para os fãs da autora vai ser interessante vê-la se aventurar do outro lado do oceano e em uma família que não é os Bridgertons, mas que está relacionada a eles. Agora estou curiosa para ler os outros livros da saga Rokesby.

Título: Um Marido de Faz de Conta
Título original: The Girl with the Make-Believe Husband
Série: Os Rokesbys 
Volume: 2
Autora: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580419221
Ano: 2019
Páginas: 304
Compre: Amazon

Conheça os outros livros da Julia Quinn:

Comente com o Facebook:

1 comentários:

  1. Oi Ana, concordo com você, foi um livro que não me conquistou completamente, fiquei com um sentimento de que faltava algo, principalmente a família, então também achei que não foi perfeito como os outros, eu amo os livros da Julia Quinn e todos que a Editora Arqueiro vem lançando eu tento ler, ainda falta algumas séries para eu colocar em dia, aos poucos eu coloco e adorei sua listinha dos livros dela!
    Quero muito terminar a série Os Bridgerton!

    Beijos Mila

    Daily of Books Mila

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para expressar a sua opinião, para divulgar o seu site/blog ou para elogiar ou criticar o blog! Lembrando que comentários com conteúdos agressivos, ofensivos ou inadequados serão excluídos.

(Você também pode entrar em contato comigo por e-mail, formulário ou pelas redes sociais. Saiba mais na página "Contato".)