19.4.18

7 capas de livro que me enganaram


Eu já falei aqui no blog que uma boa capa vale mais que mil sinopses. E é fato quase comprovado: 99,9% das pessoas, pelo menos uma vez na vida, já julgou um livro pela capa! O que não é lá um problema de verdade se você não usar a capa como motivo para não ler uma obra. Contudo, o contrário é bem comum. Vários livros já despertaram a minha vontade de lê-los por causa de suas capas. Mas, como as aparências enganam até na literatura, às vezes, uma obra parece ser uma coisa e acaba sendo outra completamente diferente. Então, inspirada em um post do blog Suddenly Things (que por sinal adoro), resolvi fazer uma listinha de 7 capas de livro que me engaram! Confiram:

Leia também:
As 7 melhores e mais bonitas capas de livros de 2017


E vamos começar pela capa de Filha da Ilusão, que é maravilhosa e me enganou só um pouquinho. Com uma sinopse sobre a filha ilegítima de Houdini com poderes reais e uma capa dessas, achei que o livro seria muito mais sobrenatural e mágico do que é. Mas, vamos combinar que uma menina de cabeça para baixo sumindo na água é uma imagem bem impressionante, que me fez imaginar várias coisas. Achei que a mocinha teria o poder de desaparecer, de atravessar objetos ou coisas malucas assim, mas ela apenas se comunica com os mortos... O que é interessante, mas não tanto quanto a capa me fez imaginar...


Uma capa com um número conhecido por ser mágico e misterioso, uma bola de vidro e uma frase chamativa sobre azar e sorte me fez imaginar que o nacional Treze era uma história mágica. Mas, além de supor que a protagonista teria poderes, ainda fiquei pensando que o livro se situaria no passado, já que o braço da imagem está coberto por uma manga de renda que parece antiga. Mas, doce ilusão amigos. O livro tem uma pitada minúscula de sobrenatural, uma mocinha que mesmo forte, não tem poderes, e se passa nos tempos de hoje. Treze é, na verdade, um romance jovem contemporâneo excelente... mas que a sua capa me fez de trouxa, me fez e muito!

Apocalipse no título + uma capa com uma garota voando? Claro que fiquei louca para ler Vivian Contra o Apocalipse assim que vi essa capa maravilhosa, mas fui um pouco ludibriada por ela, claro. Antes de tudo, já achei que o livro seria um sobrenatural, e que, de fato, a protagonista é quem seria arrebatada para os céus no apocalipse. Mas, a história é bem diferente: são os pais da moça que somem, supostamente levados pelos anjos, e ela vai atrás de respostas nada mágicas para o acontecido. Apesar de não ter cumprido minhas expectativas iniciais, eu amei Vivian Contra o Apocalipse, essa é uma leitura poderosa e muito cativante, que vocês precisam conhecer, caso ainda não conheçam...

Leia a resenha completa do incrível Vivian Contra o Apocalipse
Conheça mais títulos da minha estante com nomes legais e inusitados
- Veja ainda mais obras de mistério para adolescentes

Sério, não sei se eu que tenho um problema, mas pessoas voando não pode indicar nada diferente de algo sobrenatural, correto? Errado. Nessa linda e artística capa de Prometo Falhar, nada é o que parece. Eu achei que o livro teria uma criança como protagonista, com direito a possessão infantil, corpos flutuando e nuvens dentro de casa. Mas, minha imaginação de quem já viu muitos filmes de terror foi completamente frustrada. O livro nem sequer fala de crianças! A obra é uma coletânea de crônicas rápidas, mas muito profundas e tocantes, sobre as muitas facetas do amor. Mesmo pegando o livro enganada, gostei bastante da leitura no final...


Tem uma coisa sobre crianças em capas de livros que inevitavelmente passam a sensação de aquela é uma história misteriosa ou de terror. Contudo, vocês precisam concordar que uma criança usando uma máscara sinistra de lobo grita filme de possessão demoníaca, não acham? Contudo, nada de seres do mal, fantasmas ou qualquer outro aspecto sobrenatural está presente em Precisamos Falar Sobre O Kevin. Mas, preciso defender essa capa (que acho mais bonita e coerente do que a do filme), que a obra é assustadora a sua maneira e uma criança com máscara de lobo combina muito bem com o personagem Kevin, a criança estranha que cresceu, assassinou os colegas e quase levou a mãe, a protagonista, a loucura. Já falei tantas vezes desse livro aqui no blog, que agora vou me resumir apenas em: por favor, leiam Precisamos Falar Sobre O Kevin!

Saiba tudo sobre esse impactante livro na resenha completa
Conheça mais livros que viraram filmes incríveis
Saiba porque recomendo esse e mais 6 livros para todas as mulheres

Eu tenho uma imaginação muito maluca, então não me julguem quando digo que a capa de Os Bons Segredos me remete a situações absurdas de delírio. Achei que a obra falaria sobre abuso de drogas, ou um personagem com algum tipo de distúrbio que o fizesse ter alucinações, como com os cavalos de um brinquedo ganhando vida. Fui completamente enganada (mais pela minha imaginação do que pela capa em si)? Fui e muito. Mas a capa inusitada e bonita de Os Bons Segredos me fez de trouxa, mas uma trouxa feliz de ter conhecido essa obra incrível. Mesmo leve e divertido, a história é envolvente e sensível, e fala sobre relacionamentos familiares complicados e muito próximos a realidade. Vale a pena conferir a obra!

Leia a resenha completa e conheça melhor Os Bons Segredos
- Veja mais livros perfeitos para serem lidos no Outono


E, para finalizar a nossa lista de hoje, olhe para essa capa maravilhosa, com ares de foto antiga, desse nacional. E se você, como eu, julgou pela capa que esse era apenas um romance de época com vestidos bonitos e desencontros amorosos em bailes, se enganou redondamente também! Jardim de Espelhos é uma obra que diverte e emociona. Essa história sobre amor, ambição, abandono, perdão, desejo, bondade e maldade nos entrega personagens diversos e profundos, e tramas de amor sensuais, além de ainda nos faz refletir sobre o comportamento e a índole humana. Um livro mais surpreendente e intenso do que a sua capa indicaria, e que, claro, mais que recomendo!



Bom amores, e esse foi a listinha de hoje! O que acharam dessas 7 capas de livro que me enganaram? Já conheciam ou ficaram com vontade de conhecer alguma dessas obras? E qual capa de livro te deu uma ideia completamente diferente sobre o que a história realmente era? Comentem aí embaixo!

Comente com o Facebook:

3 comentários:

  1. Oi Ana,

    Essa postagem é bem original hehe
    E eu concordo com você quanto a "uma boa capa vale mais que mil sinopses", dos que comentou eu só li Prometo Falhar, tem livros na sua lista que quero muito ler, como 13 e Vivian contra o apocalipse..


    Beijos Mila
    Daily of Books

    ResponderExcluir
  2. Nós sabemos que não devemos julgar um livro pela capa, só que na maioria das vezes eu julgo. Op's 50% vai, ai depois eu leio a sinopse e tudo fica bem.
    16 Luas, A menina que roubava livros, são capas legais que eu não gostei da leitura ;(
    Beijinhos
    Blog Menina Caprichosa | Canal Youtube | Facebook | Insta

    ResponderExcluir
  3. A capa e o título, são duas coisas que despertam em mim a vontade de ler um livro... claro que já tive surpresas não muito agradáveis, mas sempre leio até o fim. Pior quando o livro não é legal, mas tem continuação...

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para expressar a sua opinião, para divulgar o seu site/blog ou para elogiar ou criticar o blog! Lembrando que comentários com conteúdos agressivos, ofensivos ou inadequados serão excluídos.

(Você também pode entrar em contato comigo por e-mail, formulário ou pelas redes sociais. Saiba mais na página "Contato".)