15.3.17

Resenha: A Noiva do Capitão - Tessa Dare


A HISTÓRIA

Madeline sempre esteve longe de ser a dama que esperassem que fosse. Por ser extremamente tímida, bailes, passeios e quaisquer eventos com muita gente a aterrorizam profundamente. Em vez de ser o centro das atenções, Madeline gosta de ficar no seu canto, observando o mundo e as pessoas ao seu redor. E talvez por isso ela seja uma desenhista tão boa, além de adorar colocar o lápis sobre o papel, Madeline consegue perceber detalhes pequenos que a maioria das pessoas não vê. 

Ser tímida e observadora ajudou Madeline com seus desenhos, mas não com sua vida. Aos 16 anos, prestes a ser apresentada para a Sociedade, a garota não tem ideia de como sobreviverá a todos aqueles eventos lotados e também não se sente preparada para se casar. Assim, ela inventa a solução para seus problemas: o Capitão Logan MacKenzie, um escocês alto, bonito e gentil, e que está bem longe, lutando na guerra. Inventar um namorado foi uma medida desesperada, mas Madeline não esperava que tudo saísse tão bem. Sua família realmente acredita que ela está esperando por seu Capitão escocês, então não a pressiona para ir aos eventos da sociedade, ou mesmo para procurar outro pretende. 

Assim, os anos se passam, e a mentira e o Capitão fictício de Madeline continuam vivos. Contudo, incomodada por enganar sua família, a garota resolve dar um fim a isso. Ela inventa que o Capitão MacKenzie morreu na guerra e se recolhe para uma vida tranquila em um castelo na Escócia que herdou de seu padrinho. Mais algum tempo se passa e Madeline tem a vida perfeita: em seu castelo, morando apenas com uma tia, ela acostumou-se com a ideia de ficar solteira para sempre e sente-se feliz e livre o suficiente para se dedicar a sua paixão: o desenho. Mas, tudo muda quando um escocês alto, bonito e decidido bate a sua porta.


Para manter sua farsa, Madeline escreveu várias cartas para seu amado e fictício Capitão, e, de algum modo o Capitão Logan MacKenzie, um homem muito real, acabou recebendo essas cartas e, agora que a guerra acabou, voltou para pegar o que é seu. Após anos conduzindo seus homens pelos horrores da guerra, Logan quer dar um lar para eles e as belas terras do castelo de Madeline parecem perfeitas. Assim, ele chantageia a mulher: se Madeline não se casar com Logan e permitir que ele faça do castelo o lar dele e de seus homens, Logan vai revelar a mentira de Madeline para a família dela e a sociedade inglesa.

Madeline logo percebe que o verdadeiro Capitão MacKenzie é muito mais bonito, mas também mais perigoso do que o homem que ela criou na sua mente. Contudo, Madeline não pode ariscar a humilhação pública de ter sua mentira revelada, sem falar que isso atrapalharia seus planos de se tornar uma desenhista reconhecida. Assim, ela acaba aceitando se casar com o Capitão, mas tenta encontrar outra saída antes que o casamento seja consumado e ela obrigada a permanecer do lado dele para sempre. 

Logan sabe muito bem que Madeline que evitar a consumação do casamento e fará de tudo, até mesmo seduzir a própria esposa, para conseguir o que quer. Contudo, nessa disputa, nenhum dos dois imaginava que acabariam gostando muito um do outro. Logan percebe que, além de bela, Madeline é uma mulher inteligente e divertida. Já Madeline vê que, por trás da postura severa de Logan, mora um homem gentil e apaixonante. Assim, será que os planos de Madeline de se livrar de Logan e os dele de dominar ela não serão atrapalhados pela paixão ardente e amor fofo que surge entre os dois?


A SÉRIE

A Noiva do Capitão é o terceiro livro da série Castles Ever After de Tessa Dare, que, até o momento, conta com quatro obras no total. Cada livro da série é independente e traz a história de amor de uma garota diferente, todas afilhadas do mesmo Conde e que herdaram seus castelos.

Leia as resenhas dos outros livros da série:
Romance Com o Duque - Vol. 1
Diga Sim ao Marquês - Vol. 2

A LEITURA: NARRATIVA, TRAMA E PERSONAGENS

Eu estava bastante ansiosa para ler A Noiva do Capitão. Eu absolutamente amei os dois primeiros livros da série e fiquei maluca por esse após ler a sinopse, afinal, imagina que loucura inventar um noivo e, anos depois, um cara com o mesmo nome bater a sua porta para se casar com você? E esse terceiro volume da saga Castles Ever After não me decepcionou!

A Noiva do Capitão já começa com alguns dos trechos hilários das cartas que Madeline escreveu para seu Capitão. E essas primeiras risadas se tornam muitas outras ao longo do livro, que é divertido do início ao fim. A narrativa da Tessa Dare é sempre leve, envolvente e bem-humorada e ela estava em sua melhor forma nesse livro. Com diálogos recheados de ironia e muitos momentos malucos e inusitados, a autora criou uma trama surpreendente e viciante, além de divertida e gostosa de ler. O cenário, um belo castelo na Escócia, também ajudou a deixar a história ainda mais charmosa.


Contudo, o mais marcante de A Noiva do Capitão, assim como da série Castles Ever After, são seus personagens. Eles são cheios de personalidade, com qualidades e defeitos que os fazem soar quase que reais. Começando pela protagonista feminina, que, como a maioria das mocinhas da Dare, é uma mulher empoderada e a frente do seu tempo. Apesar da timidez, Madeline sabe que é uma desenhista excelente e enfrenta todos os desafios (inclusive o machismo e o aparecimento inesperado de Logan) para construir uma carreira fazendo aquilo que ama.

Algo que me chamou atenção é que, através de Madeline, a autora mostra que, diferente do que a maioria das pessoas pensa, uma mulher pode sim desejar, ao mesmo tempo, ter uma carreira e uma família, e que uma coisa não exclui e nem é melhor ou pior que a outra. Mas Madeline nos cativa não só pela sua coragem e sua ousadia, mas também por sua personalidade gentil e (a não ser quando se trata do namorado fictício) honesta.

Falando no nosso mocinho, ele é igualmente cativante e apaixonante. Eu tenho um fraco por heróis escoceses e claro que logo caí nas graças do Capitão Logan MacKenzie, não só alto, como forte e de kilt. Além de ser um bonito e um excelente soldado, Logan ainda é inteligente e gentil, praticamente perfeito… se não fosse sua ousadia em chantagear a Madeline (mesmo que para isso tenha motivos válidos). Mesmo soando perfeitinho de mais, Logan não chega a ser um príncipe do cavalo branco e isso só o deixa mais charmoso.

Como podem imaginar, como casal, Madeline e Logan são simplesmente hilários e perfeitos um para o outro. Eu gostei que eles tenham demorado bastante para se envolver, tanto psicológica, como fisicamente, o que tornou o relacionamento deles mais convincente e apaixonante. Algo que adoro nos romances da autora, e em A Noiva do Capitão não foi diferente, é que o casal, antes de seu final feliz, aprende bastante sobre aceitar o parceiro e se comprometer. Contudo, em nenhum momento os dois desistem de seus sonhos e desejos, ou se desrespeitam, o que deixa a história de amor deles ainda mais fofa.


CRÍTICAS E TEMÁTICAS DO LIVRO

Contudo, não foram apenas as aventuras e desventuras amorosas hilárias de A Noiva do Capitão que tornou esse o meu livro favorito da série (até o momento). Em meio a um romance fofo e leve, a autora conseguiu abordar alguns temas interessantes e mais sérios, que não tiram de forma alguma o caráter divertido da obra, mas a enriquecem. Através da Madeline, a autora acabou nos passando uma realidade que deveria ser bem comum a época: a de jovens como a nossa protagonista que, tão novas, se viam obrigadas a participar de eventos e se casar, o que lhes causava grande ansiedade e outros problemas psicológicos, como o agravamento do medo de multidões de Madeline.

É interessante que um romance de época mostre um pouco mais da realidade dessa época, afinal, o romance em si pode soar muito lindo e divertido, mas é bom não nos esquecermos que essa época não foi só vestidos e paixões, especialmente para as mulheres. Também achei interessante a Tessa Dare ter falado um pouco sobre Transtorno do Estresse Pós-Traumático através de um dos soldados do Logan, que perdeu a memória após um ferimento na guerra, e mostrado como é difícil lidar com casos assim, mas que é possível, com muita gentileza e paciência, ajudar quem sofre desse ou outro problema psíquico. 

A EDIÇÃO

Só tenho elogios para a edição de A Noiva do Capitão. A tradução estava perfeita e o texto sem qualquer tipo de erro. A diagramação é simples, mas o detalhe no início dos capítulos (a ilustração de uma carta) deu um charme a mais a obra. A capa de A Noiva do Capitão combina com as outras da série e com essa história. A minha favorita ainda é a do segundo livro, mas eu adoro a capa de A Noiva do Capitão, ela é bem fofa.


CONCLUSÕES FINAIS

Divertido do início ao fim, ao ponto de provocar altas risadas, A Noiva do Capitão é um romance de época surpreendente e viciante. É impossível não se apaixonar por esse romance cheio de diálogos recheados de ironia e momentos malucos, assim como críticas interessantes, mas que não tiram a leveza da obra. Com a mistura certa de clichês e elementos inusitados, A Noiva do Capitão traz um mocinho escocês dos sonhos e uma mocinha empoderada em uma obra apaixonante e deliciosa. Recomendo não só esse, mas todos os volumes da série Castles Ever After para todos que curtem uma boa história de amor. Estou ansiosa pelo próximo livro da saga.

QUOTE FAVORITO

Aquilo não podia estar acontecendo. Não de verdade. O Capitão Logan MacKenzie não podia estar vivo. Mas ele também não podia estar morto. Ele não existia. Fazia quase uma década que todo mundo acreditou que ela esperava por ele, e depois que sofria o luto por ele… aquele homem que não era nada além de ficção.” Pág. 21


Título: A Noiva do Capitão
Título original: When a Scot Ties the Knot
Série: Castles Ever After
Volume: 3
Autora: Tessa Dare
Editora: Gutenberg
ISBN: 9788582354162
Ano: 2017
Páginas: 256
Compre: Amazon - Submarino

Conheça mais livros da Tessa Dare:

Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. Oi, Ana! Eu amo romances de época mas dei um tempo para ler mais new-adults, porém quero voltar em breve. A capa desse livro é magnífica e eu somente li Diga sim ao Marquês, mas gostei demais também, então imagino que essa história está de arrasar.
    Beijo, Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  2. Oi Ana! Eu adoro a Tessa Dare! Dessa série eu só li o primeiro, mas quero ler os outros logo! Mas pela resenha eu já tenho certeza de que vou amar. Aliás, que resenha linda, super completa, amei!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  3. Eu simplesmente adoro romances de época e já estou morrendo pra ter esse livro...
    Adorei a resenha!
    Beijos, http://heartbreaker-girls.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Ana!!!

    Eu vi esse lançamento e fiquei super desejando, mas ainda não comecei essa série. Já tenho aqui em casa os dois primeiros livros e estou muito empolgada depois de ler sua resenha.

    Espero me apaixonar por todos os livros. <3

    Com certeza esse título já está na minha lista de desejados!! :D

    Bjs

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para expressar a sua opinião, para divulgar o seu site/blog ou para elogiar ou criticar o blog! Lembrando que comentários com conteúdos agressivos, ofensivos ou inadequados serão excluídos.

(Você também pode entrar em contato comigo por e-mail, formulário ou pelas redes sociais. Saiba mais na página "Contato".)