14.9.16

7 livros com números no título


A escolha do título de um livro é muito importante! O nome da obra pode fazer toda a diferença na hora de chamar a atenção e cativar um leitor! Claro que não devemos julgar um livro só pelo título, afinal, às vezes eles podem nos enganar, contudo, assim como adoramos capas bonitas, que leitor não adora um título diferente, chamativo, divertido, inusitado, misterioso, etc? Eu já falei aqui no blog sobre livros que todos nós temos vontade de ler só por causa dos seus nomes legais e hoje vim para mais uma listinha, dessa vez, sobre 10 livros com números no título! Eu gosto de nomes de livros com números, ainda mais quando o tal número tem importância na história! Enfim, vamos conhecer as obras que selecionei (por ordem numérica, claro haha)?



Minha Vida Dava Um Livro - Leia a resenha completa e veja fotos do livro aqui

Eu não sou muito de livros interativos, mas esse é uma fofura só, afinal, é uma espécie de diário para os loucos por livros como eu! As atividades são bem legais, ainda mais para quem (como eu também haha) é louco por listas! Minha Vida Dava Um Livro nos pede desde listar nossos blogs, personagens, livros favoritos, até fazer brincadeiras com títulos de livros e imaginar finais alternativos para obras! O livro é bem divertido e criativo, vale a pena!

Sinopse: Ei, aqui! Isso mesmo, estou falando com você. Você que anda pela livraria e muitas vezes perde a noção do tempo. Você, que distraidamente passa os olhos por pilhas de livros e lombadas coloridas e sempre compra mais edições do que pode ler no espaço de uma vida. Este livro é para você. A vida muitas vezes é tão maluca que chegamos a nos questionar se o que vivemos é realidade ou ficção. Experimentamos momentos e construímos enredos com tanta frequência que não surpreende pensarmos que nossa vida dava um livro. E dava mesmo! Que tal, então, escrevê-lo aqui Transforme seus sonhos, citações, lembranças e, principalmente, palavras na narrativa mais empolgante e emocionante que existe: a sua vida!


Dois Garotos Se Beijando Leia a resenha completa e veja fotos do livro aqui

Um dos livros mais fofos que já li, mas também um dos mais impactantes, Dois Garotos Se Beijando mistura romance e crítica perfeitamente. O livro conta a história de vários jovens gays e seus dilemas diários relativos a sexualidade, preconceito, identidade, liberdade e muito mais. Uma história única e apaixonante, que vale muito a leitura. E o número, assim como o título, tem todo sentido dentro da trama, já que tudo começa com dois dos protagonistas tentando quebrar o recorde de beijo mais longo do mundo.

Sinopse: Baseado em fatos reais e em parte narrado por uma geração que morreu em decorrência da Aids, o livro segue os passos de Harry e Craig, dois jovens de 17 anos que estão prestes a participar de um desafio: 32 horas se beijando para figurar no Livro dos Recordes. Enquanto tentam cumprir sua meta — e quebrar alguns tabus —, os dois chamam a atenção de outros jovens que também precisam lidar com questões universais como amor, identidade e a sensação de pertencer.

- Saiba porque recomendo a obra para aquarianos...


Três Coisas Sobre Você Leia a resenha completa e veja fotos do livro aqui

Mais um romance jovem super fofo e gostoso de ler! Três Coisas Sobre Você conta a história da uma garota que está enfrentando mudanças enormes em sua vida, quando recebe um e-mail anônimo de um colega, que quer ajudá-la a se adaptar a nova escola! E o número do título é importante dentro da trama, já que em grande parte do livro, nas mensagens e e-mails que os protagonistas trocam, eles ficam listando três coisas sobre eles, três coisas que pensam, três coisas que aconteceram no dia, etc! A obra é uma história de amor bem adolescente, mas é muito gostosa de ler, divertida e misteriosa do início ao fim, mas também emocionante! Super recomendo!

Sinopse: Setecentos e trinta e três dias depois da morte da minha mãe, 45 dias após o meu pai fugir para se encontrar com uma estranha que ele conheceu pela internet, 30 dias depois de a gente se mudar para a Califórnia e apenas sete dias após começar o primeiro ano do ensino médio numa escola nova onde conheço aproximadamente ninguém, chega um e-mail. Deveria ser no mínimo esquisito, uma mensagem anônima aparecer do nada na minha caixa de entrada, assinada com o bizarro nome Alguém Ninguém. Só que nos últimos tempos a minha vida tem estado tão irreconhecível que nada mais parece chocante.


Nove Regras a Ignorar Antes de Se Apaixonar  Leia a resenha completa e veja fotos do livro aqui

Um dos meus romances de época favoritos, da minha autora favorita do gênero, eu não poderia deixar Nove Regras a Ignorar Antes de Se Apaixonar de fora dessa lista! Com um dos nomes mais criativos e divertidos da minha estante, o nove do título do livro tem seu papel na história, já que a protagonista, uma mocinha bem comportada, bola uma lista de nove coisas escandalosas que mulheres não devem fazer (como fumar charuto e beber uísque) e resolve fazer todas elas! A obra é muito divertida e gostosa de ler, e também um pouco critica, uma história de amor que vocês com certeza vão amar!

Sinopse: A sonhadora Calpúrnia Hartwell sempre fez tudo exatamente como se espera de uma dama. Ainda assim, dez anos depois de ser apresentada à sociedade, ela continua solteira e assistindo sentada enquanto as jovens se divertem nos bailes. Callie trocaria qualquer coisa por uma vida de prazeres. E por que não se arriscar se, aos 28 anos, ela já passou da idade de procurar o príncipe encantado, nunca foi uma beldade e sua reputação já não lhe fará a menor diferença? Sem nada a perder, a moça resolve listar as nove regras sociais que mais deseja quebrar, como beijar alguém apaixonadamente, fumar charuto, beber uísque, jogar em um clube para cavalheiros e dançar todas as músicas de um baile. E depois começa a quebrá-las de fato. Mas desafiar as convenções pode ser muito mais interessante em boa companhia, principalmente se for uma que saiba tudo sobre quebrar regras. E quem melhor que Gabriel St. John, o marquês de Ralston, para acompanhá-la? Afinal, além de charmoso e devastadoramente lindo, ele é um dos mais notórios libertinos de Londres. Contudo, passar tanto tempo na companhia dele pode ser perigoso. Há anos Callie sonha com Gabriel e, se não tiver cuidado, pode acabar quebrando a regra mais importante de todas – a que diz que aqueles que buscam o prazer não devem se apaixonar perdidamente.



Dezesseis, Dezessete, Dezoito e Dezenove Luas - Leia a resenha do primeiro livro aqui e, do segundo, aqui

Apesar de só ter lido os dois primeiros livros, Dezesseis e Dezessete Luas, eu tenho bastante carinho com essa série, que é uma das histórias sobrenaturais mais criativas que já li até hoje! Os livros são bem adolescentes, já que contam o romance recheado de problemas e mistérios de Ethan e Lena, dois jovens de uma pequena cidade sulista americana. Apesar dos dramas adolescentes, é bem interessante desvendar o mundo recheado de segredos e poderes dos Conjuradores, como Lena. E os números do título são bem importantes na história, já que representam a idade da Lena!

Sinopse do primeiro livro: Quando Lena chegou a Gatlin, eu só tinha certeza de uma coisa: ela não se parecia com ninguém que o pessoal daqui já vira. E as diferenças não estavam apenas na aparência. Eu tinha certeza que já havíamos nos encontrado antes, talvez nos sonhos. É, sei que parece idiota, mas eu vinha sonhando com alguém há tempos, alguém que eu não conhecia, alguém que, no sonho, precisava ser salva, ou tipo isso. Antes de Lena eu estava contando os meses para deixar Gatlin, mas agora era diferente: havia Lena. E havia algo entre nós, uma atração que eu não conseguia explicar. Eu precisava conhecê-la melhor e entender o que eu estava sentindo. Mas, para me aproximar, teria que enfrentar o tio com fama de louco dela; Amma, nossa governanta supersticiosa, que tinha praticamente me criado; meu pai, que desde a morte de minha mãe só ficava trancado no escritório “trabalhando”; meus amigos e inimigos, as garotas populares da escola... E ainda havia o segredo, um tipo de segredo que não ficaria oculto por muito tempo em um lugar como Gatlin, um tipo de segredo que pode mudar tudo a sua volta...

A Livraria 24 horas do Mr. Penumbra - Leia a resenha completa do livro aqui

Uma obra que li há bastante tempo, mas que ainda adoro! Esse é um livro para quem gosta de livros, afinal, que apaixonado por livros nunca imaginou entrar em uma livrariazinha peculiar, com estantes abarrotadas de obras, para descobrir segredos antigos e viver aventuras?! E A Livraria 24 horas do Mr. Penumbra tem tudo isso e mais! A trama do livro é bastante inusitada e nos faz pensar muito sobre avanço tecnológico, tradições e etc. O livro é divertido e nerd, com personagens meio malucos e mistérios intrigantes! Ele tinha que estar nessa lista, claro, e tinha que ser mais conhecido! 

Sinopse: A recessão econômica obriga Clay Jannon, um web-designer desempregado, a aceitar trabalho em uma livraria 24 horas. A livraria do Mr. Penumbra — um homenzinho estranho com cara de gnomo. Tão singular quanto seu proprietário é a livraria onde só um pequeno grupo de clientes aparece. E sempre que aparece é para se enfurnar, junto do proprietário, nos cantos mais obscuros da loja, e apreciar um misterioso conjunto de livros a que Clay Jannon foi proibido de ler. Mas Jannon é curioso…



Um dos meus clássicos favoritos da vida, claro que eu só poderia terminar essa lista com 1984. Uma obra extremamente critica, do tipo que muda o modo como você percebe o mundo a sua volta, 1984 é uma obra muito cativante que, mesmo não tendo a melhor e mais fascinante das histórias, é um livro que nos envolve profundamente e nos faz refletir sobre liberdade, governos e estruturas de poder, sobre alienação, manipulação da mídia e muito mais. E o número do título é importantíssimo na história, afinal, é o ano em que a trama dessa distopia se passa. Esse é um daqueles livros que você precisa ler antes de morrer!

Sinopse: 1984 não é apenas mais um livro sobre política, mas uma metáfora do mundo que estamos inexoravelmente construindo. Invasão de privacidade, avanços tecnológicos que propiciam o controle total dos indivíduos, destruição ou manipulação da memória histórica dos povos e guerras para assegurar a paz já fazem parte da realidade. Se essa realidade caminhar para o cenário antevisto em 1984 , o indivíduo não terá qualquer defesa. Aí reside a importância de se ler Orwell, porque seus escritos são capazes de alertar as gerações presentes e futuras do perigo que correm e de mobilizá-las pela humanização do mundo.




Bom amores, o que acharam do post? Já leram ou ficaram com vontade de ler esses livros com números no título? Não deixem de comentar quais outras obras vocês acham que poderiam estar no post!

Comente com o Facebook:

5 comentários:

  1. Oi.
    Eu quero muito ler Os Três, já que se trata de um suspense muito legal, com uma ótima narrativa. Além disso, concordo com você na série Dezesseis Luas, faltou o último livro para mim ler, mas eu já era uma apaixonada pela história que Ethan e Lena passam, cheia de altos e baixos. Nem vou comentar sobre o livro da Sarah que é um dos melhores até agora! A trama com uma personagem que quer quebrar algumas regras impostas pela sociedade cativa o leitor até a alma. Não vejo a hora de ler outras obras da mesma série.
    Beijo, Visite o Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  2. heheheh adorei a postagem,, Ana. De todas essas obras li 1984 [um dos meus preferidos] e dos mais juvenis li 172 horas na lua e gostei bastante da trama, foi um livro que não dava muito e acabou me surpreendendo...

    Já A livraria 24 horas do Sr.Penumbra começou tão bem mas do meio pro final me decepcionei... a leitura ficou maçante e quase não consigo terminá-lo... uma pena, pois fui com altas expectativas pra ele...
    bjs ^^

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Da lista só li o 1984. Fiquei um tempão olhando para a minha estante e percebi que tenho pouquíssimos livros com número no titulo :/
    Bjs

    EntreLinhas Fantásticas - Participe do nosso SORTEIO do DIA DO HOBBIT

    ResponderExcluir
  4. Oi, Ana!!!

    Dos que citou (e dos que já li), meu favorito é o Nove Regras a se Ignorar Antes de se Apaixonar!! <3
    Um dos melhores romances de época que já li!!! Estou louca e super ansiosa para ler o segundo!!! *-*

    Bjs!!

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Amiga eu sempre amo suas postagens, te acho tão criativa e dedicada. Parabéns por compartilhar suas ideias conosco. Você já sabe que me inspira não é!!??

    Dos títulos apresentados só li: 1984 (lembro que na época, apesar da narrativa arrastada e mega detalhada, fiz uma reflexão poderosa e até hoje lembro de alguns detalhes), Os três (que não foi o que eu esperava, achei o fim muito aberto) e o maravilhoso romance de época: Nove regras a ignorar antes de se apaixonar.

    Gostei de conferir sua breve opinião sobre os títulos citados, alguns não conhecia muito bem. Beijos

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para expressar a sua opinião, para divulgar o seu site/blog ou para elogiar ou criticar o blog! Lembrando que comentários com conteúdos agressivos, ofensivos ou inadequados serão excluídos.

(Você também pode entrar em contato comigo por e-mail, formulário ou pelas redes sociais. Saiba mais na página "Contato".)