11.7.16

Resenha: Madrugadas de Desejo - Jayne Fresina


A HISTÓRIA

Ellie Vyne e James Hartley se odeiam há tanto tempo que conhecem melhor os erros e defeitos um do outro do que qualquer outra pessoa. As famílias Vyne e Hartley já se detestam há décadas e Ellie e James não só deram continuidade a tradição, como se tornam inimigos jurados e conhecidos. Os encontros de Ellie e James são sinônimo de troca de provocações maldosas e brigas divertidas. E apesar de adorarem, secretamente, aprontar um com o outro, Ellie e James até tentam se manter longe, mas seus caminhos sempre estão se cruzando.
“Ela ainda não estava prestando nenhuma atenção. Será que havia algo errado com ela? Talvez estivesse doente. As mulheres não costumavam ignorar James Hartley.” Pág. 8
E, mais uma vez, o destino levou um ao encontro do outro. Como faz há anos, Ellie passou mais uma noite vestida de homem e ganhando fortunas nas cartas, tudo para manter sua família. Foi Ellie quem proveu os dotes das meias-irmãs e que mantém a casa do padrasto em pé. Por ser filha de uma americana com um homem desconhecido, mas aceita pelos Vyne como uma deles, Ellie consegue transitar tanto entre pobres quanto ricos, apesar de que, não importa onde vá, seja pousadas baratas, casas de jogos ou bailes luxuosos, Ellie sempre acaba se metendo em confusão. E, dessa vez, ela entrou em uma grande enrascada.


Se passando por um Conde francês, Ellie ganhou no jogo um horrível, mas absurdamente caro, colar de diamantes. Mas, como ela descobre quando James invade o lugar em que estava hospedada, o colar pertence aos Hartley há várias gerações e James fará de tudo para consegui-lo de volta. Ellie consegue convencer James de que é amante do tal Conde, mas Hartley não acredita quando ela afirma que não sabe onde o Conde e o colar estão. Assim, ele passa a atormentar Ellie em busca de respostas, mas acaba descobrindo algo inimaginável. 

James é o único herdeiro de uma grande fortuna. Criado com muito luxo, ele se tornou um jovem libertino sempre cercado dos divertimentos e prazeres mais caros e deliciosos. Contudo, agora que não está tão jovem assim, Hartley busca, secretamente, sua alma gêmea. E, na sua cabeça, a sua futura esposa e mãe de seus filhos é uma misteriosa dama que ele beijara dois anos antes, em um baile de máscara. E, quando descobre que essa dama era Ellie, James se torna disposto a seduzir a única mulher que jamais lhe despertou interesse. Contudo, em meio ao longo histórico de provocações e disputadas de Ellie e James há também muitas mágoas e temores antigos. Nenhum casal poderia ser mais improvável e desastroso do que Ellie e James e é isso que torna o jogo de sedução entre eles ainda mais delicioso. Mas será que Vyne e Hartley conseguirão deixar anos de disputa e desprezo para trás?


A SÉRIE

Madrugadas de Desejo é o segundo dos quatro volumes da série Sydney Dovedale de Jayne Fresina. Contudo, apesar de terem personagens em comum, cada livro pode ser lido de forma independente e traz um casal protagonista diferente. Eu mesmo só descobri que a obra fazia parte de uma série depois de terminar a leitura, que não foi atrapalhada em nada pelo fato de eu não conhecer ou mesmo ter lido o volume anterior.

A LEITURA E OS PERSONAGENS

Vocês me conhecem, sabem que sou viciada em romances de época e, assim que vi a capa de Madrugadas de Desejo por aí, fiquei louca para ler a obra. A sinopse gerou em mim altas expectativas por um romance divertido e não fui decepcionada. Mesmo esperando bastante do livro, Madrugadas de Desejo conseguiu me surpreender e agradar bastante. A trama é divertida do início ao fim e ainda tem uns toques de mistério e ação que deixam tudo ainda mais irresistível. Diferente do que o título pode sugerir, esse livro não chega a ser erótico e as cenas de sexo são poucas, além de não muito extensas. A autora acertou nesse quesito, sempre me agrada mais quando os autores focam melhor no envolvimento psicológico dos personagens do que no físico.


Eu gostei bastante de como Fresina desenrolou o relacionamento de Ellie e James, assim como curti o desenvolvimento da história, como um todo. A narrativa é em terceira pessoa e também não deixa a desejar. A escrita da autora é leve e rápida, recheada de um humor irônico delicioso e diálogos divertidíssimos, recheados de provocação. Os personagens de Madrugadas de Desejo são todos umas figuras! Divertidos, com personalidades únicas e histórias próprias, todos me cativaram profundamente!
“Aos olhos do mundo, eles eram dois personagens notórios com pouca esperança de redenção. Também eram duas pessoas que não precisavam fingir uma para outra. Ela conhecia todos os seus piores traços e ele os dela.” Pág. 61
Eu amei a Ellie desde o início. Diferente de outras mocinhas de obras do gênero, ela não apenas pensa de forma ousada, mas se comporta assim também! Ellie realmente faz coisas inimagináveis para a sua época e é uma rebelde verdadeira, além de uma mulher independente e segura de si. James é igualmente cativante. Um libertino de carteirinha, adorei que a autora tenha mostrado um lado que não costumamos encontrar em outros mocinhos. Depois de anos de farra e diversão, James está a procura da pessoa certa para sossegar e construir uma família, assim como de amor – o que foi uma fofura só. 

A EDIÇÃO

A edição de Madrugadas de Desejo está ótima. A tradução está perfeita, assim como a diagramação, e não encontrei qualquer erro no texto. Eu adoro essa capa. Ela é maravilhosa e bastante atrativa, uma das favoritas da minha estante.


CONCLUSÕES FINAIS

Carregado de um humor irônico e provocante, Madrugadas de Desejo é um romance de época divertido do início ao fim, assim como super fofo e romântico. O livro consegue fugir de alguns clichês do gênero e nos entregar uma história e personagens únicos e marcantes. Li a obra em um dia e, agora que sei que faz parte de uma série, preciso dos outros volumes para ontem!

QUOTES FAVORITOS

Ele era um Hartley, ela era uma Vyne, e, portanto, eles eram herdeiros de uma rixa que vinha de anos. Além disso, ele era o malandro mais enfurecedor e hipócrita que ela já havia conhecido, e o homem que jamais pensou coisa nenhuma dela, além de julgá-la uma chata. O homem que era loucamente apaixonado por sua melhor amiga. E agora ela o beijara, como uma completa idiota.” Pág. 16

Ellie era uma responsabilidade. A qualquer lugar que fosse, os problemas frequentemente a seguiam. Nem era tudo culpa dela. Não que todos acreditassem nela.” pág. 40

Por muitas vezes, foi-lhe impelido que ficasse longe de James Hartley e desconfiava que ele recebera o mesmo alerta em relação a ela [Ellie]. Todos os bons conselhos e possíveis boas intenções agora eram sumariamente descartados. De novo. Eles simplesmente não conseguiam ficar longe um do outro.” Pág. 48

Título: Madrugadas de Desejo
Título original: The Wicked Wedding of Miss Ellie Vyne
Série: Sydney Dovedale
Volume: 2
Autora: Jayne Fresina
Editora: Única
ISBN: 9788567028736
Ano: 2015
Páginas: 288
Compre: Amazon - Submarino - Americanas

Comente com o Facebook:

21 comentários:

  1. Oi Ana, quando li o livro eu amei também as diferenças gritantes que vi em relação a outros livros do gênero. É um livro cheio de vai e vens, com personagens simplesmente incríveis e perfeitos. Também não sabia que fazia parte de uma série haha mas vou procurar ler os outros. Até!
    Leitora Encantada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, não é um dos meus favoritos do gênero, mas é mesmo uma leitura incrível e emocionante, mais que vale a pena!

      Excluir
  2. Eu também gosto muito de romances de época!

    Lindo post gatona, beijos
    Debi
    http://www.deborabrazil.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Ana,
    Acho que é a primeira resenha que vejo sobre esse livro/série parece ser do tipo de histórico que gosto. Eu tenho queda por essas provocações nos romances, morro de rir hahaha
    Adorei a ideia dela se passar pelo conde.

    P.S.: Que estante linda ♥

    tenha uma ótima semana.
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também amo casais que ficam se provocando e também achei hilário ela se passar por um homem e não só isso, por um conde também! haha Leia o livro depois, você vau adorar! Obrigada!

      Excluir
  4. Oi Ana,

    Nunca li nada da autora, e tenho ficado encantada com os romances de época, são maravilhosos!!
    Adoro livros com humor irônico, são um must!! Já quero ler Madrugadas de Desejo, achei a diagramação linda, adorei a foto que postou!

    Beijos Mila
    Daily of Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Romances de época e, melhor, bem humorados, são tudo! Você vai gostar desse, leia depois! e obrigada, fico feliz que tenha gostado! ;D

      Excluir
  5. Olá, tudo bem? Nunca li romance de época, mas tenho muita vontade. Esse livro parece ser muito bom, fiquei com vontade de ler. Adorei a resenha, parabéns!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina, você está perdendo viu! Romances de época são uma delícia demais e valem a pena ler! Depois experimente para você ver! E obrigada, fico feliz que a resena tenha te conquistado!

      Excluir
  6. Oi, Ana!
    Eu sempre tive curiosidade para ler mais livros históricos como esses, mas sempre fico com um pé atrás com medo de serem meio clichês. A prioridade na lista de compras é sempre baixa. Pela resenha ele parece ser espirituoso e curioso (ironia sempre conquista), vou colocar na lista de presente :v

    bjs
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não vou mentir, a maioria deles é clichê, inclusive esse! Mas a maioria deles também consegue, além dos clichês, nos entregar uma história bem humorada e fofa, por isso, valem a pena! espero que ganhe o livro e curta a leitura!

      Excluir
  7. Oi Ana!
    Parece que cada vez que entro no blog tem resenha de um romance histórico diferente *-*
    Fiquei curiosa em relação a esse livro!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkk eu sou a louca dos romances de época agora, leio um atrás do outro! Leia depois, se tiver oportunidade, Madrugadas de Desejo é bem legal!

      Excluir
  8. Olá Ana, eu amei este livro, mas sou suspeita para falar porque sou apaixonada por romances históricos, adoro suas matérias e sempre dou uma passada por aqui. Parabéns!! bjs
    Diana http://www.meuvicioemlivros.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkk Eu também amo romances de época e esse é muito delicinha! Obrigada, fico sempre feliz que a sua visita!

      Excluir
  9. Estou doida para ler este livro!
    PArece ser muito divertido e gostoso de ler.
    Adoro romances de época e este aqui está na minha lista de leituras a fazer faz tempo. haha
    Acho a capa deste livro divina e saber que a tradução e revisão do livro estão ótimas já é ponto pra editora.
    Adorei a resenha e que bom que gostou, fico mais animada para ler ainda. \o/

    Beijos,
    May - mayeosvicios.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é muito divertido e gostoso de ler, leia sim viu!

      Excluir
  10. Oi Ana conheci seu blog recentemente e gosto muito das suas dicas! Vc sabe se os outros livros dessa série da Jayne foram lançados no Brasil? Abs carinhosos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, fico feliz que gosta do blog! É sempre muito bem-vinda por aqui! E, infelizmente, até onde sei, os outros livros da série não foram lançados no Brasil.

      Excluir
  11. Ellie realmente parece ter o temperamento forte, uma mulher decidida, a frente do seu tempo. Mas pelo que li, seu coração vai acabar lhe traindo, se apaixonando por James!! E qual será a reação dele ao saber a identidade da ladra? Romance e de época são sempre bem-vindos!!

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para expressar a sua opinião, para divulgar o seu site/blog ou para elogiar ou criticar o blog! Lembrando que comentários com conteúdos agressivos, ofensivos ou inadequados serão excluídos.

(Você também pode entrar em contato comigo por e-mail, formulário ou pelas redes sociais. Saiba mais na página "Contato".)