16.7.16

7 motivos para ver a série Unreal agora mesmo


Eu juro que tento sair do mundo das séries, mas o mundo das séries não sai de mim! E hoje vim falar do meu novo seriado favorito, que eu tenho certeza que vocês também vão amar! Exibido, no Brasil, pelo canal Lifetime, ‎UnREAL‬ já está na sua segunda temporada e está conquistando cada vez mais fãs com uma trama intensa e bastante crítica. Se você curte barracos na televisão, romances explosivos, intrigas e shows que te fazem pensar, tenho certeza que será convencido pelos meus 7 motivos para ver a série UnREAL agora mesmo:

Por que ver UnREAL? Esse gif é a resposta!

1 - Mostra a (falta de) realidade dos reality shows

Resumidamente, UnREAL‬ conta a história dos produtores e dos participantes do reality Everlasting, um programa de namoro extremamente popular onde um grupo diverso de mulheres compete pelo coração do rapaz da vez (sempre rico, bonito e muito charmoso, claro). Qualquer semelhança com com o show americano The Bachelor ou outros realitys shows de namoro não é coincidência. Em UnREAL‬Everlasting promete vender muito romance e emoções - com moças bonitas em vestidos longos, um pretendente dos sonhos e cenários com muitas flores e velas -, mas a realidade é bem diferente.

Como vemos logo na primeira temporada, os pretendentes não levam muito a sério essa coisa de encontrar a sua alma gêmea. Os caras estão ali para provocar a família ou para conquistar uma imagem de bom moço na mídia. A maioria das mulheres também tem seus próprios objetivos. Elas querem conquistar o coração do príncipe encantado, que, conveniente, é rico e famoso e que ainda vai torná-las famosas também. Mas o grande choque está justamente por trás das câmeras. Nos bastidores de Everlasting está um mundo de trabalhadores, contudo, o grande destaque são os produtores, aqueles que realmente fazem as coisas acontecer.


Você já reparou que em todo santo reality show, em todo episódio, sempre rola uma confusão, lágrimas, declarações bombásticas? Pois bem, se, como eu, você achava que tudo isso era espontâneo, está redondamente enganado. UnREAL‬ mostra de forma quase cruel, e extremamente crítica, como o que menos tem nos realitys shows é a dita realidade. Os produtores escolhem os participantes a dedo (sempre tem que ter aquele participante fofo que todo mundo ama e aquele que faz escândalos e o público odeia, claro)  e já planejam grande parte da coisa toda. E eles não só planejam barracos e escândalos, como os fazem acontecer. 

Através de manipulação intensa, os produtores influenciam completamente a ação das participantes: uma conversinha rápida e eles fazem as moças do Everlasting se tornarem monstros competitivos dispostos a qualquer coisa. E o pretendente não escapa também. Ele elimina e mantêm no show as participantes de acordo com interesse da produção, que só quer saber de gerar boa audiência, claro! Mas vai achando que quem trabalha no set de Everlasting se preocupa só com audiência. Extremamente competitivos também, entre manipular os participantes e fazer os episódios, a produção do show ainda encontra tempo para brigar entre si e a ganância reina por trás das câmeras, onde rola muita pegação, apostas, confusão e jogos de poder, além de disputas insanas para ver quem faz melhor e quem vai ficar com os cargos mais altos! Essa é UnREAL‬, uma série que é um tapa na cara e mostra como a indústria entretenimento realmente acontece.

Da esquerda para a direita, os homens: Jay, Jeremy e Chet. E as mulheres Quinn e Rachel.

2 - Personagens reais, muitos jogos de poder, manipulação e barracos

UnREAL‬ já merece ser assistida por mostrar o mundo por trás das câmeras dos reality shows, contudo, quem faz a trama ser ainda mais incrível são os personagens. Complemente reais, cada um deles traz para o espectador uma gama de emoções. Aqui, não existe heróis e vilões. Todos carregam suas parcelas de bondade e maldade ao longo dos episódios, provocando nosso amor, ódio, carinho, indignação e identificação a cada episódio. 

A grande estrela da série é Rachel (Shiri Appleby). Ela é a melhor produtora do Everlasting e consegue fazer qualquer coisa acontecer graças a seu grande poder de manipulação. Contudo, brincar com a mente e a vida dos outros por tanto tempo fez a garota perder a si mesma e surtar completamente. Depois de quase estragar o episódio final de uma temporada e roubar uma ferrari do set, Rachel passou a ser temida por seus colegas e conhecida como a desequilibrada capaz de qualquer coisa. UnREAL‬ já começa com Rachel voltando para o programa, depois de meses de recuperação. E a mulher não quer cometer os mesmos de antes e ter um colapso novamente, o que vai ser muito difícil já que está próxima novamente de Jeremy (Josh Kelly), um câmera com quem namorava e Quinn (Constance Zimmer), sua chefe super exigente.

"Nós não resolvemos problemas, nós apontamos câmeras para eles" - Rachel.

Rachel pensa, a princípio, que conseguirá se manter longe de Jeremy, afinal, ele está namorando outra garota agora, que também trabalha na produção de Everlasting. Contudo, escapar das garras de Quinn será impossível. Apesar de a fama e do dinheiro pela criação do reality ser de Chet (Craig Bierko), Quinn é quem realmente criou o show e que garante uma temporada bombástica atrás da outra. Enquanto Chet se preocupa apenas com drogas e festas, Quinn enlouquece para manter o show e seus funcionários nos trilhos. Para garantir episódios perfeitos, Quinn pressiona Rachel e os outros produtores ao limite, obrigando-os a fazer o servicinho sujo que garantirá que os participantes do reality vão agir como ela quer. 

E enquanto lida com JeremyQuinn e os outros produtores invejosos, loucos para serem os queridinhos da chefe também, Rachel precisa se virar com os participantes do Everlasting, mulheres e homens ambiciosos que, apesar de serem muito manipulados pela produção do programa, tem seus próprios objetivos. E nesse ponto UnREAL‬ também se destaca por mostrar que influência não é a mesma coisa que controle. Apesar de mostrar como os participantes do programa são influenciados pelos produtores, a série deixa claro que cada personagem faz suas próprias escolhas, para o bem ou para o mal.


3 - Personagens femininas badass

Girl power meus queridos! Em alguns momentos, Quinn Rachel são assustadoras por causa de tanta determinação. As duas mulheres não brincam em serviço e estão dispostas a qualquer coisa para alcançarem seus objetivos. Apesar de questionarmos os valores de Quinn Rachel em vários momentos, é impossível não admirar suas personalidades fortes, decididas e ambiciosas. UnREAL‬ não deixa de lado, claro, as fragilidades das moças, mas as transforma em verdadeiras heroínas em busca por espaço e poder em um meio extremamente machista. E nesse ponto, as participantes do Everlasting não ficam para trás. Apesar de estarem em um show completamente anti-feminista, as mulheres que participam do programa são cheias de personalidade, inteligência, beleza e força. O seriado é um prato cheio para quem busca uma trama com personagens femininas fortes e que fogem de vários clichês.

4 - Casais explosivos

E claro que nos bastidores de um show de namoro rola muito romance também! E sexo. E casais que tem tudo para dar errado e que conquistam nosso coração. Desde o início acompanhamos a tensão entre Rachel Jeremy, que caminham na tênue linha entre amizade profunda e atração avassaladora. O relacionamento deles acabou da forma pior forma possível e a relutância deles em assumir que os sentimentos entre eles ainda existem torna tudo ainda mais interessante. Ao mesmo tempo em que você torce para que eles fiquem juntos, você teme que o amor deles seja tão grande a ponto de destruí-los. E tudo se complica mais quando Rachel se envolve, na primeira temporada, com o belo e rico pretendente do Everlasting.


Quinn e Chet também tem um relacionamento difícil. Eles são amantes, amigos e colegas de trabalho há muitos anos e se amam de forma profunda e super fofa. Contudo, há muitas mágoas e problemas entre eles. Primeiramente, Chet ainda é casado com outra e parte de Quinn quer um futuro com Chet, que inclua um lar com uma família, mas outra parte ressente que ele leve todos os créditos pelo reality show e quer crescer fora da sombra dele. E, claro, há as moças e o pretende do Everlasting. Rola muita pegação entre eles, mas também um carinho e amizade bacanas. Apesar de toda a manipulação e jogos de poder dentro do reality, uma parte dos participantes realmente acredita que eles podem encontrar o amor dentro do show. Mas, dentro e fora do programa, mais que amor nos relacionamentos, há muitas confusões e encontros e desencontros, o que torna a série ainda mais deliciosa!

5 - Drama com pitadas de humor negro, ação e muitas reviravoltas

As ambições, sonhos, desejos e conflitos pessoais, assim como amorosos, de cada personagem são amplamente abordadas em UnREAL‬. Contudo, o drama da série ganha pitadas deliciosas de humor negro com diálogos cínicos e provocadores e momentos completamente politicamente incorretos. Cada episódio da série voa e, graças aos acontecimentos rápidos e muitas reviravoltas da trama, se tornam muito surpreendentes e viciantes. O seriado é gostoso de assistir e provoca os sentimentos mais diversos no telespectador.

Quinn sempre mostrando quem manda!

6 - Mostra o machismo, racismo e todos preconceitos da indústria do entretenimento

Além de barracos e pegação, UnREAL‬ traz críticas profundas quanto a natureza humana, mas, principalmente, quanto aos bastidores da indústria do entretenimento. Essa questão é ainda mais presente na segunda temporada, quando Quinn e Chet começam a brigar loucamente pelo controle do programa e, na maioria das vezes, Chet sai vitorioso e não por causa de seu talento ou trabalho duro. e sim porque é homem. A questão do machismo na televisão fica clara durante a produção dos episódios de Everlasting: as moças são sempre instruídas a se arrumarem e a tentar ser aquilo que o pretendente (homem) quer que elas sejam. O racismo é bastante abordado na segunda temporada, quando o programa tem o seu primeiro pretendente negro, o que irrita o rede de televisão que produz o Everlasting e faz com que as participantes brancas e negras entrem em conflito o tempo todo. Várias outros aspectos sensíveis da nossa cultura são abordados em UnREAL‬ e mostram os preconceitos dentro e fora da televisão.


7 - Para quem gosta de psicologia: aborda temas como narcismo, suicídio, transtornos de personalidade e, claro, o poder de uma boa manipulação

UnREAL‬ é um prato cheio para quem curte psicologia. O seriado consegue explorar cada aspecto da personalidade de seus personagens de forma profunda e incrível. E como traz uma grande variedade de protagonistas, o show também traz uma grande variedade de jeitos, maneiras e modos de pensar e agir. Há exemplos de transtorno de personalidade de quase todos os tipos, inclusive, uma das grandes questões da série é a saúde mental de Rachelque, de acordo com sua mãe, sofre de transtorno de personalidade borderline (assim como a protagonista de Garota, Interrompida).

Bipolaridade, pressão psicológica, estresse comum e pós-traumático, luto, narcismo, suicídio, distúrbios alimentares, abuso de drogas e álcool, e até mesmo a relação terapeuta/paciente são assuntos abordados em UnREAL‬. A manipulação sofrida pelos personagens da série traz amostras intrigantes sobre o poder da influência e o perigo da manipulação psicológica. Dentro da produção do Everlasting há uma terapeuta que ajuda a conduzir do comportamento dos participantes, o que mostra o "lado negro" da psicologia: como o conhecimento da mente e do comportamento humano pode ser usado de forma imoral.


Estão convencidos pelos meus 7 motivos para ver a série Unreal agora mesmo? Espero que sim, porque o show é incrível, rico e viciante - mais que merece ser assistido! Me contem nos comentários se já viram ou ficaram com vontade de ver o seriado!

Comente com o Facebook:

10 comentários:

  1. Oi, Ana!
    Concordo com tudo que você falou. Essa série é uma das melhores da atualidade!
    Quinn rainha o resto nadinha!
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção de aniversário do blog Crônica sem Eira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quinn maravilhosa demais!!!! <3 Bom saber que não sou a única apaixonada pela série! rs

      Excluir
  2. Passando aqui para agradecer o apoio e atenção que me deu no momento difícil que vivi: Obrigada.
    Desejo sucesso ao blog. Estaremos juntos! :)

    www.chadefirulas.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Sucesso e melhoras para você também querida!

      Excluir
  3. ADOREI, Ana!!!
    Meu Deus, preciso de tempo para assistir!!! Hahahaha
    Meu trabalho está tão puxado que chego em casa em média às 21h ou 22h...
    Mal consigo fazer qualquer coisa antes de cair na cama e capotar!

    Mas já anotei o nome e vou procurar assistir assim que possível!! Hahaha

    Bjs

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Te entendo viu, às vezes o cansaço não nos deixa fazer nada rs Mas quando tiver tempo, assista Unreal, é maravilhosa demais!

      Excluir
  4. "Eu juro que tento sair do mundo das séries, mas o mundo das séries não sai de mim!" frase da minha vida! hahaha
    Quero muito assistir essa série, mas já sigo tantas que nunca sei se vou conseguir adicionar mais uma na lista, mas se tiver um tempinho com certeza vou dar uma conferida, adorei esses motivos, com certeza me deixaram curiosa para assistir!

    Obrigada pelo carinho. Beijos :*
    Claris - Plasticodelic

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk Te entendo mil vezes!!!! Mas eu não consigo conter a curiosidade e sempre vou começando séries novas!

      Excluir
  5. Estou mais do que convencida! hahaha
    Intriiiigas, adoro! *-*
    Sério, vc acabou de aumentar minha lista de séries, não sei se choro ou agradeço kkkkk
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkk eita, quanta responsabilidade! Estou torcendo para que curta a série tanto quanto eu!

      Excluir

Sinta-se a vontade para expressar a sua opinião, para divulgar o seu site/blog ou para elogiar ou criticar o blog! Lembrando que comentários com conteúdos agressivos, ofensivos ou inadequados serão excluídos.

(Você também pode entrar em contato comigo por e-mail, formulário ou pelas redes sociais. Saiba mais na página "Contato".)