11.6.16

Resenha: Uma Semana Para Se Perder - Tessa Dare


A HISTÓRIA

Minerva Highwood amou a pequena Spindle Cove desde o início. Além de ser um lugar tranquilo e quase livre de homens, a garota encontrou na cidade não só liberdade para se dedicar à geologia, mas também uma descoberta que pode mudar a sua vida, assim como o seu campo de trabalho. Desajeitada e tímida, Minerva é constantemente repreendida pela mãe, que a vê como uma solteirona sem salvação. Entretanto, mesmo que já tenha se conformado que o casamento não é para ela, a garota está cansada de ser submissa e vista como inferior. 

Com a chegada de um importante Simpósio de Geologia na Escócia, Minerva vê a oportunidade de resolver dois problemas de uma vez só: conquistar sua independência e livrar sua irmã das atenções do irritante e irresponsável Colin Sandhurst Payne, o Lorde Payne. Minerva sabe que Colin não tem intenção nenhuma de se casar com a bela da família, sua irmã Diana, e que só não foi embora de Spindle Cove porque ainda não pode receber sua herança, já que não completou a idade determinada e não é casado. Assim, a garota bola o plano perfeito: eles tentariam convencer a todos que estão apaixonados e fugiriam juntos de Spindle Cove para a Escócia, supostamente, para se casar. Quando voltassem para a Inglaterra, Minerva estaria satisfeita por ter mostrado sua descoberta para os outros geólogos e Colin ficaria com o prêmio que ela ganharia no Simpósio e livre para curtir em Londres até seu aniversário, quando receberia a herança.
“Ela podia muito bem ser sem graça, estudiosa, absorta e desajeitada, mas era determinada. Determinada a ser reconhecida, a ser ouvida. Determinada a proteger sua irmã, a qualquer custo.” Pág. 6
Entretanto, Minerva não contava com a recusa de Colin, que acredita que aquele é o plano mais maluco que já ouviu. Ele sabe que ninguém acreditaria que eles se apaixonaram e muito menos que Colin se casaria com ela, isso sem falar que o Lorde não entende porque a tal descoberta de Minerva é tão importante. Ofendida não só por ter sido recusada, mas também por Colin ter menosprezado a sua pesquisa geológica, Minerva ameaça ir sozinha para o simpósio e Colin não vê outra alternativa a não ser ajudá-la e acompanhá-la até a Escócia. Contudo, em uma viagem insana, recheada de perigos e surpresas, tanto Colin quanto Minerva começam a admitir o verdadeiro motivo daquela viagem. Desde o início, o atrito entre eles causou uma atração estranha, que aumenta espantosamente desde o dia que Minerva propôs a viagem.

Enquanto Minerva, lentamente, assume que odiou Colin por inveja, já que ele sempre se dedicou mais a suas irmãs, o Lorde finalmente descobre a mulher incrível que ele sempre imaginou que existia por trás do jeito desajeitado e arisco de Minerva. Apesar de terem personalidades tão diferentes – ela é uma intelectual que se preocupa com tudo e ele é um nobre despreocupado e provocador -, os dois acabam gostando muito da companhia um do outro, mas é mais do que amizade que se desenvolve entre eles. Dividindo carruagens apertadas e quartos decadentes de estalagens, Minerva e Colin lutam contra o desejo intenso de se entregar a paixão ao mesmo tempo em que tentam descobrir como sobreviverão a essa viagem maluca já que suas vidas, nem seus corações, serão os mesmos.


A SÉRIE

Uma Semana Para Se Perder é o segundo volume dos cinco livros (publicados até o momento) da série Spindle Cove de Tessa Dare. Cada livro é independente e conta uma história de amor de um casal diferente, contudo, alguns personagens e cenários se repetem ao longo do livro, especialmente a vila de Spindle Cove e as garotas que moram/frequentam o lugar.

Leia a resenha dos outros volumes da série:

A LEITURA

Depois de ler o primeiro livro da série, Uma Noite para se Entregar, e não ter gostado tanto quanto eu esperava, peguei Uma Semana Para Se Perder com menos expectativas. E deixar o livro me conquistar em vez de já esperar que ele fosse incrível acabou funcionando bastante, pois esse segundo volume me divertiu e cativou bem mais que o primeiro. A escrita da autora continua leve e rápida, e eu continuo apaixonada por seus diálogos recheados de ironia, em que os personagens trocam muitas provocações e que nos fazem gargalhar. Diferente do primeiro volume, achei a trama de Uma Semana Para Se Perder mais bem desenvolvida e realista, algo que senti falta no livro anterior. Grande parte do livro se passa em estradas tortuosas entre a Inglaterra e a Escócia, algo que amei, já que a autora retratou bem como era difícil e demorado se deslocar de uma cidade para a outra naqueles tempos.

Novamente, Dare nos traz bastante cenas mais quentes (e bem criativas), mas sem saturar a história delas e tirar o lado romântico da obra. Uma Semana Para Se Perder tem alguns momentos bem fofos, mas o que mais me marcou foram justamente os muitos momentos divertidos e recheados de confusão da história. Eu adorei que, ao mesmo tempo em que desenvolvia a história principal e narrava as aventuras e desventuras de Minerva e Colin, a autora também nos deu um gostinho do próximo livro ao mostrar como os moradores de Spindle Cove reagiram a fuga dos protagonistas, especialmente Thorne e Kate, cujas brigas constantes e divertidas já me deixaram ansiosa pelo livro deles.


OS PERSONAGENS

Minerva já era minha personagem favorita da série desde o primeiro livro. Apesar de ter me incomodado essa mania da maioria dos autores em sempre retratar as mulheres intelectuais como desajeitadas, socialmente excluídas e sem graça, eu me identifiquei muito com a mocinha e seu sonho por reconhecimento profissional e mais liberdade. Também achei interessante o desenvolvimento da personagem ao longo da história, Minerva amadurece bastante e se torna mais segura e confiante, além de aberta a novas experiências, tudo isso sem perder sua personalidade.

Colin também cresce bastante durante Uma Semana Para Se Perder. Desde o outro livro eu tinha me cativado ao personagem, cujos planos e ideias sempre, sempre dão errado. É hilário e fofo ver como ele realmente tenta fazer as coisas da forma correta, mas sempre acaba se atrapalhando todo. O mocinho também tem lá seus clichês, mas conseguiu se destacar e me marcar bastante. Como casal, Minerva e Colin são bastante inesquecíveis e a química dos dois é perfeita e, o romance entre eles, bem desenvolvido. Os outros personagens do livro também tem personalidade própria e espaço, e eu adoro praticamente todos, menos a mãe da Minerva, que é clássica mãezona chata que só quer casar os filhos e que me irritou bastante pelo maneira que trata as próprias filhas.

A EDIÇÃO

Novamente, não há reclamações quanto a edição. A diagramação não tem muito detalhes, mas é boa. A tradução ficou excelente e não há erros ou trechos confusos no texto. Eu adoro essa capa – os tons de verde usados são muito bonitos, assim como o vestido e a pose da modelo. Além de maravilhosa, a capa de Uma Semana para se Perder combina perfeitamente com a capa dos outros livros da série e com a história desse livro.


CONCLUSÕES FINAIS

Ter controlado minhas expectativas para esse livro acabou me rendendo uma leitura muito mais gostosa. Uma Semana Para Se Perder me conquistou bem mais que o primeiro volume da série e me deixou super ansiosa pelos próximos (apesar que, novamente, vou tentar deixar com que os livros da saga me surpreendam). Simplesmente hilário do início ao fim, esse romance de época é recheado de acontecimentos divertidos, inusitados, emocionante e apaixonantes. Apesar de um pouco clichê, o casal da obra é muito fofo, assim como o livro como um todo. Tanto Uma Semana Para Se Perder como a série Spindle Cove estão recomendados.

QUOTES FAVORITOS

“Mas Minerva era diferente. Ela sempre foi diferente. (…) A única sem pretendentes, e sem reputação para se proteger. Diana e Charlotte vão ficar bem, mas Minerva? Sem graça, estudiosa, absorta, desajeitada com cavalheiros. Em poucas palavras: sem salvação.” Pág. 5

“Kate ficou muito aborrecida por Minerva. 'Por que é impossível que um homem se apaixone por uma garota improvável? Talvez Minerva não seja a garota mais bonita do local, mas pode ser que Lorde Payne tenha visto beleza em sua mente curiosa, ou em seu espírito independente. Será que é mesmo tão impossível que uma garota imperfeita seja perfeitamente amada?” Pág. 87

Título: Uma Semana Para Se Perder 
Título original: A Week to Be Wicked
Série: Spindle Cove
Volume: 2
Autora: Tessa Dare
Editora: Gutenberg
ISBN: 9788582353080
Ano: 2015
Páginas: 288

Leia também:

Comente com o Facebook:

22 comentários:

  1. Adorei a resenha, super bem escrita! Cada vez que leio as resenhas que escreve sobre romances de época, sinto saudade de ler um, mas a minha fila ainda está um tanto grande rsrsrs
    Mas estou anotando todos esses nomes e quando puder, vou dar uma chance!
    Beijo

    www.blogleituravirtual.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, fico feliz que tenha gostado! E leia os romances de época logo menina, são maravilhosos!

      Excluir
  2. Olá, Ana. Eu estou louca para ler essa obra porque sei que ela é melhor que a primeira, tanto quanto os outros volumes. Também não gostei muito de Uma noite para se entregar, mas saber que a autora se superou nesse livro me deixa mais apta a ler.
    Abraço!
    Leitora Encantada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, se não curtiu 100% o primeiro volume, vai gostar mais desse! É bem mais divertido e surpreendente!

      Excluir
  3. Oi Ana!
    Ainda não li nenhum livro da autora, mas tenho vontade. Também nunca vi um livro em que a protagonista estudasse geologia... ainda mais em romance histórico!
    Gostei da resenha e quero ler.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim sim, e é bem legal viu! A personagem realmente luta para ser reconhecida e defende sua área de estudos! Impossível não adorar uma protagonista assim, com tanta força e personalidade!

      Excluir
  4. Lindas as capas, eu desconhecia essa série de livros e sou apaixonada por romances históricos, curto mais quando é baseado em fatos reais, mas vou pesquisar mais sobre esses aí

    Daily of Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pesquise sim! Não é a melhor série de romances de época que eu já li, mas é bem bacana!

      Excluir
  5. Tessa Dare é uma grande escritora, amo romances de época e históricos. tenho apenas o primeiro livro e o segundo esta na lista de desejados, vamos ver se até o natal eu compro.

    sonhoseaventurasdeamor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também adoro a autora, assim como romances em geral! Espero que curta esse segundo tanto quanto eu! rs

      Excluir
  6. Oi! Eu não sou um exemplo de leitora de romance de época, pois peguei uma certa birra com o genero haha mas achei a premissa bem interessante e talvez pelas suas criticas eu tenha ficado um pouco mais curiosa.
    Beijos
    Estilhaçando Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por que? São livros tão leves, fofos e divertidos! E fico feliz que eu tenha te deixado um pouco curiosa, o gênero vale a pena! Dê uma segunda chance a ele, depois!

      Excluir
  7. oiii,eu adoro esse livro, é bem interessante e emocionante
    amoo os livros da Tessa <3
    bjs

    ResponderExcluir
  8. Saudações Lady Ana,
    Esses romances históricos estão destruindo minhas convicções pré TCC. A vontade de jogar tudo para cima e passar uma semana inteira lendo está cada vez maior!

    Excelente resenha, como sempre, alias.



    Venha visitar o Castelo
    Att Ana P. Maia ♛ The Queens Castle

    Lançamentos 1
    Lançamentos 2
    Lançamentos 3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk entendo bem, eu sempre acaso atrasando nas outras leituras quando chega romances de época! Mas fazer o que, os livros são bons demais para resistir!

      Excluir
  9. Oi, Ana!!!

    Estou desejando muito essa série pra mim!! Infelizmente não tenho como comprar ainda, então terei que esperar um pouco e ir lendo outros romances de época que já tenho até lá!! Hahaha

    Mas adorei saber que as histórias vão melhorando e que o final é hilário - quem não gosta de rir?!
    Li tanta fantasia, mas tanta fantasia que preciso muuuuuito de um romance no momento! Hahahaha

    Bjs

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk Entendo bem, são muitas séries para conseguir acompanhar! rs E verdade, quando o livro é engraçado, sempre fica melhor!

      Excluir
  10. Mesmo o livro tendo uma premissa que não me despertou tanto interesse, o fato da escrita da autora ser leve, e o diálogos recheados de ironia, além de ter uma trama bem desenvolvida, fez com que eu tivesse um pouco mais de interesse na leitura, mas confesso que fiquei com um pé atrás pelo fato de você citar que o primeiro livro não te cativou tanto quanto o segundo, porém pretendo da uma chance pra essa série, quem sabe acabo gostando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dê sim uma chance, quem sabe você gosta! Os livros são mesmo bem divertidos e leves, ótimos para descansar a cabeça!

      Excluir
  11. Já li os três primeiros livros dessa série, amei, curto muito romance de época e esse é super apaixonante e divertido, a escrita da Tessa Dare é ótima, estou doida pra ler os próximos livros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A escrita da autora é mesmo perfeita, também quero muito mais livros dela!

      Excluir

Sinta-se a vontade para expressar a sua opinião, para divulgar o seu site/blog ou para elogiar ou criticar o blog! Lembrando que comentários com conteúdos agressivos, ofensivos ou inadequados serão excluídos.

(Você também pode entrar em contato comigo por e-mail, formulário ou pelas redes sociais. Saiba mais na página "Contato".)