8.6.16

7 motivos para ver a série Scorpion


Vocês já me conhecem. Eu sou simplesmente viciada em séries de televisão e acompanho um monte ao mesmo tempo, dos mais variados gêneros possíveis. Contudo, existem as séries que eu gosto muito e existem as séries que "meu deus eu amo demais, todo mundo precisa assistir também, como assim vou ter que esperar um ano pela próxima temporada?". E é nesse segundo grupo de seriados que amo loucamente que está o show de hoje.

Séries policiais estão entre as que mais gosto, afinal, meu vício por seriados começou por causa dos CSI's da vida (eles passavam na Rede Record, quem se lembra?)... Entretanto, hoje sou mais seletiva com as meus policiais e curto mais os que trazem algo diferente, como Elementary, que traz uma releitura de Sherlock Holmes, ou Izombie, que traz uma investigadora zumbi. E, nesse ponto, Scorpion também não decepciona! Muito mais que um seriado policial, o show vai entrar no coração de vocês também depois desses 7 motivos para ver a série Scorpion!

1 - Os personagens são, verdadeiramente, geniais!

Na história, a Scorpion, que dá nome a série, é uma empresa criada por Walter O'Brien (que é inspirado em um cara real!). Mas Walter não é uma pessoa qualquer. Com um QI de 197 (maior que o de Einstein, que tinha 160), Walter foi preso aos 13 anos por hackear a NASA - apesar de que suas intenções eram, apenas, conseguir plantas de um foguete para a parede de seu quarto. Aos 16, ele é recrutado pelo governo estadunidense, mas acaba se afastando quando percebe que seu trabalho acabou machucando pessoas inocentes.


Assim, já adulto, Walter cria a sua própria companhia, a Scorpion, um lugar seguro para que gênios como ele possam trabalhar e desenvolver o seu potencial. Contudo, ele acaba ficando amigo de seus funcionários, e, juntos, eles formam uma equipe com as mais variadas habilidades. Além de Walter, temos Sylvester Dodd, um matemático genial, obcecado com estatística, uma verdadeira calculadora humana. Happy Quinn uma engenheira capaz de consertar e construir qualquer coisa. E por fim, e não menos importante, (o meu favorito) Toby Curtis: um psiquiatra behaviorista capaz de descobrir qualquer coisa, sobre qualquer um a partir, apenas com uma análise rápida e profunda de como as pessoas se comportam.

2 - Te ensina um monte de coisas e te faz querer estudar!

Não, Scorpion não é uma série educativa nem nada, mas até que poderia se passar por uma! Como os protagonistas são gênios, eles sempre resolvem as coisas das maneiras mais inusitadas possíveis, usando a lógica e a ciência de formas inacreditáveis e incríveis. Claro que, às vezes, a ficção extrapola um pouco e você fica pensando "cara, isso nunca seria possível na vida real". Contudo, muito do que os personagens falam e fazem traz um fundo científico bacana, que nos deixa curiosos para saber mais. Scorpion é o tipo de show que te ensina um monte de fatos aleatórios, mas bem interessantes (especialmente sobre tecnologia, já que os personagens são aficionados por computadores, softwares e coisas assim).

Por exemplo, foi através de Scorpion que descobri a existência do computador quântico, do sarcófago da usina nuclear de Chernobil (uma enorme cobertura de concreto em torno da unidade do reator nuclear 4 da Usina Nuclear de Chernobil) e como agir, por exemplo, quando se está perdido na floresta ou em uma nevasca, quando ocorre um terremoto e, até mesmo, quando você está em um local em quarentena por causa de um suposto vírus. Por trazer um monte de informações curiosas e estranhas, a série acaba te ensinando uma coisa ou outra e te incentivando a pesquisar e estudar sobre elas. Sem falar que os personagens são gênios e, ao ver tanta inteligência nas telas, você acaba ficando mais disposto a estudar um pouco mais, afinal, é bem gostoso aprender uma coisa nova e ficar se sentindo inteligente!


3 - Os personagens são esquisitos e você se identifica com eles!

A equipe da Scorpion pode reunir as mentes mais brilhantes do mundo, mas também é um grupo de pessoas, como a série deixa bem claro. Todos eles foram abençoados com uma inteligência sem tamanho, mas possuem os seus problemas - como qualquer um de nós. Walter não consegue se relacionar com pessoas diferentes (leia-se não gênios) e acredita que não possui sentimentos, já que só consegue pensar de maneira lógica, o que, claro torna impossível para ele ter namoradas ou amigos fora da Scorpion.

Happy também tem problemas de relacionamento, ela não deixa ninguém se aproximar muito e não confia em ninguém por ter sido abandonada pelo pai na infância. Sylvester, como já disse, é obcecado por estatísticas, especialmente quando elas se tratam sobre a possibilidade de algo dar errado. Ele encara, diariamente, um medo intenso da morte e de germes, assim como um monte de fobias - suas compulsões, causadas pelo TOC, o tornam um cara extremamente organizado e amedrontado. De todos, Toby é o único que não tem problemas com pessoas, exceto pelo fato de que ele analisa todas e, assim, acabam as afastando. Mas seus piores problemas estão relacionados ao vício em jogos e a dificuldade de aceitar que sua ex-noiva não quer mais nada com ele.

Mesmo sendo gênios, os personagens possuem problemas como qualquer um de nós, os que os deixa ainda mais adoráveis e cativantes - e impossível de não se identificar com eles. Eu estou a uma galáxia de distância de ser uma nerd genial, como os protagonistas da série, mas me indentifiquei bastante com as suas dificuldades em se relacionar com as pessoas e aquele sentimento de saber que você é diferentes e não se encaixa bem em qualquer lugar. E para aqueles que não conseguiram se ver muito nos esquisitinhos fofos da Scorpion, a série ainda consta com Paige Dineed e o Agente Gallo. Eles não são gênios, mas acabam se tornando essenciais para a equipe - como vou falar no próximo item!


4 - Tem ação, mistério, humor, romance e drama!

Apesar dos QI insanos e das amizades verdadeiras, a equipe da Scorpion não consegue se organizar o suficiente nem para pagar uma conta de luz. A empresa está um completo caos no momento em que o Agente Cabe Gallo pede a ajuda de Walter. Só mesmo uma emergência nacional para fazer o gênio aceitar estar na mesma sala que Gallo. Foi Cabe quem ajudou Walter com os problemas com a NASA, mas também foi ele o responsável por recrutar Walter aos 16 anos - o que acabou em tragédia. Há muita mágoa entre Cabe e Walter, já que o Agente vê o gênio como um filho e não queria que ele o odiasse.

Contudo, apesar das desavenças, Walter e sua equipe ajudam Cabe e evitam um desastre envolvendo aviões sem combustível caindo dos céus e a morte de milhares de pessoas. Mas tudo só foi possível com a ajuda de Paige, uma garçonete que estava no lugar errado na hora certa. Mãe solteira, ela luta para criar e entender o filho que, com a ajuda de Walter, ela acaba descobrindo ser um gênio. Acostumada a lidar com o filho gênio, ela acaba se dando muito bem com Walter e sua equipe, e ele a contratando quando percebe que Paige pode os ajudar a serem mais organizados e unidos.

Agora composta por Walter, Sylvester, Happy, Toby e Paige, a Scorpion acaba se tornando uma grande parceira do governo estadunidense, com a ajudinha de Cabe. Os seis formam uma equipe incrível, com as habilidades mais diversas e a coragem necessária para enfrentar todo tipo de situação. Mas a aventura, ação e suspense presentes cada vez que eles salvam o mundo não são a única coisa que recheia a série. Ainda podemos acompanhar os problemas pessoais de cada um dos personagens, o modo como eles relacionam entre si e com o resto do mundo, o que nos rende momentos divertidos, com muito romance e drama também! Scorpion é uma série que vai te deixar com o coração acelerado e todos os pelos do corpo em pé, mas se prepare para muita tensão, em todos os episódios, e para algumas lágrimas e sorrisos também!

5 - Episódios únicos, mas viciantes!

Algo que amo em Scorpion é que cada episódio traz uma trama, e um problema, diferente. Os seis protagonistas enfrentam desde desastres naturais, como terremotos, furacões e vírus mortais, até problemas com terroristas, hackers, bombas e mais. Contudo, independente da ameaça da vez, eles sempre ajudam a salvar alguém, sejam milhares de pessoas que não sabem que a barragem da cidade vai romper ou que um míssil está direcionado a elas, seja um garoto que ficou preso em uma caverna ou uma testemunha-chave que está sendo perseguida pelos traficantes que denunciou. 

Cada episódio traz uma emoção e situação diferente, mas todos eles são muito emocionantes e viciantes! Principalmente porque, ao longo de episódios isolados, a série consegue também desenvolver tramas maiores sobre os problemas e relacionamentos dos personagens! Caso estejam se perguntando, a série já tem duas temporadas completas, uma com 22 e a outra com 24 episódios (a primeira está disponível na Netflix), e a terceira temporada já está confirmada e, provavelmente, começará a ser exibida no final desse ano.


6 - Os casais são muito amorzinhos <3

Como disse, a série tem muito romance também! Já no primeiro episódio percebemos que o Walter olha para a Paige de forma diferente. E, por causa do filho dela, para quem Walter acaba se tornando um amigo e quase que um pai, ele e Paige se tornam ainda mais próximos. Como já disse, o Walter tem dificuldades de se relacionar com as pessoas, mas a Paige consegue quebrar essa barreira e muitas outras. Os dois são super fofos juntos, o Walter sempre incentiva a Paige a dar o melhor de si e ela o ajuda a entende melhor o mundo e as pessoas. No início, claro, eles relutam bastante em aceitar seus sentimentos - o que sempre torna a história de um casal ainda mais cativante, não concordam? -, mas tudo indica que, na próxima temporada, vamos vê-los juntos! Sylvester também encontra o seu par perfeito e forma um casal super fofo, mas, para não estragar a surpresa, prefiro deixar que vocês descubram vendo a série quem é a sortuda que faz ele feliz!

Meu casal favorito de Scorpion é a Happy e o Toby! Sabe aquelas duas pessoas que, de cara, parecem se odiar, mas logo você percebe que amam trocar provocações e não vivem um sem o outro? Eles são assim! Desde o início, Happy e Toby demonstram uma amizade divertida, eles conseguem se entender e desentender na medida certa! Apesar de viverem discutindo (o que nos rende momentos hilários), Happy e Toby conhecem as fragilidades um do outro e sempre se ajudam, tanto no âmbito profissional quanto pessoal. Mas, mais que amizade e carinho, eles parecem se gostar bastante, algo que só Toby admite no início. Ele sempre foi bem sincero sobre seus sentimentos e parece decidido a conquistar o coração da Happy! Claro que muita coisa acontece e, entre encontros e desencontros, eles finalmente ficam juntos! Contudo, o final da segunda temporada deixou várias dúvidas sobre o futuro do casal, mas eu estou confiante de que eles vão terminar a série juntinhos e felizes!

Minha reação quando os casais da série estão juntinhos rs

7 - Dá para ver com a família toda e os amigos

Como eu comentei nesse post mesmo, CSI foi, provavelmente, a primeira série de TV que eu assisti. E eu não via sozinha, minha mãe e meu irmão não perdiam um episódio! E até hoje a tradição continua! Nos domingos, o sofá de casa fica cheio de for época de temporada de Game of Thrones. O seriado Mr. Robot também fez sucesso aqui em casa, até mesmo com o meu pai, que não curte muito séries. Eu e minha mãe somos viciadas em Penny Dreadful e muitas outras séries, aqui em casa, à noite, é sempre hora de ver os episódios novos! 

Às vezes é legal sentar no seu cantinho e ver o seu show sozinho, mas é bem mais bacana assistir com alguém - seja com a família ou amigos! Acompanhar os episódios com outra pessoa é muito mais divertido, afinal vocês podem ficar discutindo sobre e trocando opiniões sem ninguém pegar spoiler! Contudo, não são todas as séries que dá para ver com a família ou amigos. Nem sempre os gostos são os mesmos, e, às vezes, um seriado que você ama parece horrível aos olhos da outra pessoa. E é por isso que amo ainda mais Scorpion. Geralmente, tramas com ação agradam todo mundo, mas como o show ainda traz pitadas de mistério, suspense, drama, romance e humor, é diversão garantida para todo mundo! Sério gente, eu tenho certeza que Scorpion se tornará a série favorita sua, da sua família, amigos, namorados... Não percam tempo e assistam o show agora mesmo!

- Conheça também 5 séries excelentes para ver com seu pai e o resto da família!

Motivo bônus, para quem gosta de psicologia: a série tem o Toby!

O motivo é bônus porque eu sei que nem todo mundo gosta. Mas para quem ama psicologia como eu, Scorpion é um prato cheio. Como comentei, o Toby é um gênio como outros, mas de uma área bem diferente. Um psiquiatra behaviorista, ele faz análise de praticamente todos os personagens que surgem no show! E é incrível acompanhar como ele observa o comportamento humano e, a partir dele, descobre coisas incríveis sobre o modo de pensar e agir das pessoas. Tem um pouco de exagero, claro que tem, mas mesmo assim é bacana o papel do personagem e muito do que ele fala e faz tem bases fortes e reais na psicologia. 

Contudo, não é só pelo Toby que Scorpion agrada aos apaixonados por psicologia. A série dá um foco legal para as relações pessoais dos personagens, o modo como eles veem o mundo e como são vistos. Gênios são bastante peculiares e o modo como a série os retrata e desenvolve é incrível. Eles conseguem mostrar bem como a mente dos gênios funciona, assim como seu comportamento. A dificuldade de se relacionar com outras pessoas é um dos pontos mais aprofundados e interessantes na história. Isso sem falar que Scorpion ainda trata sobre problemas como TOC, luto, traumas de infância e muito mais...

Toby aprovou esse post!

Bom amores, o post ficou enorme, mas mesmo assim acredito não fiz jus a essa série incrível e apaixonante que é Scorpion! Eu só posso esperar que tenham gostado e que os meus motivos tenham conseguido os convencer, porque a série vale muito a pena! Me contem nos comentários se já viram ou se ficaram com vontade de ver o show! Beijos e não deixem de assistir Scorpion!

Comente com o Facebook:

12 comentários:

  1. Assisti apenas um capítulo e achei a série bastante interessante, estou dando preferência para algumas outras no momento mas pretendo retornar.

    Beijos,
    Larissa | http://www.feminicesdalari.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Retorne mesmo viu, a série é incrível! Mas te entendo, às vezes, é série demais para acompanhar ao mesmo tempo kkk

      Excluir
  2. Adorei seu post, Ana!!
    Não conhecia essa série, mas agora estou morrendo de vontade de assistir!! Hahahahaha
    Vou adicionar à minha lista e ver com certeza!!

    Bjs

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, fico feliz que tenha gostado! E estou torcendo para que curta a série tanto quanto eu!

      Excluir
  3. Oi Ana!
    Eu vejo poucas séries, mas gostei dessa dica!
    Ainda não conhecia Scorpions, mas adoro séries com personagens inteligentes... Ainda bem que tem a 1ª temporada no Netflix, vou tentar assistir.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou torcendo para que curta Sora, eu amo a série! E os personagens são inteligente até demais! kkkk

      Excluir
  4. Oie Ana
    como assim eu não conhecia essa série?
    amo séries policias. Izombie é minha queridinha, junto com Shades of blues e Chicago PD.
    Menina, já tô baixando a série jhá. Depois te conto se gostei.
    Amei o post
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Izombie é muito amorzinho! Nunca vi Shades of blues e Chicago PD, mas vou procurar depois, já que você curte rs Espero que goste de Scorpion!

      Excluir
  5. Oi Ana, eu assisti alguns episódios, mas a série não me fisgou, já izumbie eu adoroooo demais!

    Beijos Mila
    Daily of Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, uma pena que Scorpion não te conquistou... Mas isso acontece mesmo. Izombie é puro amor <3

      Excluir
  6. Oi Ana,
    Já vi uns episódios dessa série e gostei.
    Preciso assistir mais pra saber se deixo na grade ou não haha
    Gosto da Katharine McPhee, acho um amorzinho ♥

    P.S.: Obrigada pelo apoio lá na postagem sobre a ânsia!
    Olha eu fiquei mexida por ser minha mãe, mas se fosse meu pai...seria beeem pior, em vista que não temos uma relação muito boa desde sempre kkkk
    Fico triste que esse tipo de coisa também já aconteceu com você. Ninguém merece ter a confiança abalada, ainda mais vindo da família.

    bjs
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, vale a pena acompanhar Scorpion viu! E verdade viu, tem nada pior quando a nossa própria família nos coloca para baixo. Mas tudo é aprendizado e a gente segue em frente ;)

      Excluir

Sinta-se a vontade para expressar a sua opinião, para divulgar o seu site/blog ou para elogiar ou criticar o blog! Lembrando que comentários com conteúdos agressivos, ofensivos ou inadequados serão excluídos.

(Você também pode entrar em contato comigo por e-mail, formulário ou pelas redes sociais. Saiba mais na página "Contato".)