31.5.16

Resenha: Uma Noite Para Se Entregar - Tessa Dare


A HISTÓRIA

Susanna Finch sabe como é difícil se encaixar na sociedade aristocrata inglesa do século dezenove. Alta, ruiva e cheia de sardas, Susanna também é inteligente e dona de suas vontades demais para ser considerada uma boa pretendente e já se conformou que casamento não é para ela. Filha de um importante conselheiro do rei, Susanna transformou a pequena vila Spindle Cove em um lar, pelo menos no verão, onde moças como ela, que não de encaixam no padrão da nobreza, podem se libertar de algumas amarras e ser quem são. E assim Susanna se tornou um pilar da comunidade, uma líder e amiga para as garotas e mulheres de Spindle Cove, lugar que defenderá até a morte.

E tudo estava perfeito até o tenente-coronel Victor Bramwell chegar a cidade, “explodindo” ovelhas com seu primo desmiolado Lorde Colin e seu amigo e também soldado Thorne. Bram acredita que nasceu para ser militar, mesma carreira que seu pai seguiu, e está desesperado para voltar para o combate. Contudo, depois que uma bala destruiu o seu joelho, Bram convive com a dor constante e incerteza sobre seu futuro. Sua última esperança reside em Sir Lewis Finch, que surpreende Bram com um título e uma missão. O pai de Susanna, para desespero da garota, dá a Bram a missão de treinar uma milícia para a região, o que o ajudaria a recuperar o posto que ele tanto quer. Entretanto, logo o tenente-coronel, agora um Conde, percebe o quanto será difícil, já que Spindle Cove é um lugar dominado por mulheres.


Com medo de que Bram e a tal milícia perturbe o equilíbrio e natureza frágil de Spindle Cove e suas garotas, Susanna está disposta a fazer de tudo para atrapalhar o homem e, também, para fingir que não se sentiu atraída por ele desde o primeiro momento. Já Bram está disposto a tentar se manter longe de Susanna, mesmo que esteja sonhando com seu toque desde o primeiro dia, mas não deixará que nada, nem ninguém, o impeça de montar a milícia e recuperar seu posto. 
“Spindle Cove reivindicara sua honra e seu coração. E pela primeira vez em sua vida, Bram sabia que havia encontrado um lar de verdade.” Pág. 259
Em uma disputa recheada de provocações e desafios, Susanna e Bram transformam radicalmente a tranquila Spindle Cove em seu campo de batalha. Entre brigas e discussões que terminam em beijos, eles acabam percebendo que simplesmente não conseguirão ficar longe um do outro. O que parecia uma trégua, quando eles resolvem se ajudar, acaba dando espaço para outra batalha, dessa vez, dentro de seus corações. Tanto Susanna e Bram não querem se apaixonar e se apegar um ao outro, mas será que conseguirão?


A SÉRIE

Uma Noite para se Entregar é o primeiro volume dos cinco livros (publicados até o momento) da série Spindle Cove de Tessa Dare. Cada livro é independente e conta uma história de amor de um casal diferente, contudo, alguns personagens e cenários se repetem ao longo do livro, especialmente a vila de Spindle Cove e as garotas que moram/frequentam o lugar. 
“Spindle Cove tornou-se o destino preferido de certo tipo de moça bem-nascida: o tipo que ninguém sabia como lidar, que incluía as doentes, as escandalosas e as terrivelmente tímidas; esposas jovens desencantadas com o matrimônio e garotas encantadas demais pelo homem errado.” Pág. 8
Leia a resenha dos outros volumes da série:

A LEITURA E OS PERSONAGENS

Depois de ter lido e me apaixonado por Romance com um Duque, primeiro livro que li da Tessa Dare, eu fiquei com altas expectativas para todos os outros livros da autora. Uma Noite para se Entregar foi uma leitura tão rápida e prazerosa como Romance com um Duque, apesar de que não tão cativante. A narrativa em terceira pessoa da autora é gostosa e fluída, além de bastante divertida e eu amo seus diálogos recheados de provocações e ironia. Contudo, nesse livro, a trama deixou um pouco a desejar e não me surpreendeu tanto quanto eu esperava. Além de previsíveis, achei alguns acontecimentos bem exagerados e fantasiosos demais (quando, por exemplo, Susanna e Bram trocam intimidades, por assim dizer, debaixo de uma árvore da praça e absolutamente ninguém os nota ou ouve).


Diferente de Romance com um Duque, Uma Noite para se Entregar possui bem mais cenas “calientes”, que são muito bem descritas e quase tornam o livro um erótico. Contudo, a autora não foca só no sexo, por isso o fato não chegou a me desagradar. Mas algo pelo qual o livro precisa ser elogiado é por mostrar como nem todas as pessoas se adequavam a sociedade aristocrata, especialmente as mulheres, e que, por isso, muitas vezes, precisavam praticamente de esconder em lugares como Spindle Cove.

Eu adorei o casal protagonista, a química entre eles transborda através das páginas e conquista o leitor. Contudo, o desenvolvimento do relacionamento deles foi acelerado demais no começo e, curiosamente, lento demais no final. Apesar de eu ter me divertido bastante com Susanna e Bram como casal, separadamente, os personagens não me marcaram de forma alguma e soaram bastante clichês. Também não curti que, durante todo o livro, Susanna se mostrou extremamente apegada a Spindle Cove, mas, no final, não pareceu se importar que, por estar casada com Bram, ela passaria grande parte do tempo longe da cidade. Ficou bastante incoerente, pelo menos para mim, que a garota tenha praticamente abandonado um lugar que antes dizia amar e defendia com unhas e dentes. 


A EDIÇÃO

Não tenho qualquer reclamação quanto a edição do livro. A tradução está perfeita e não encontrei nenhum erro durante a leitura. A diagramação tem poucos detalhes, mas é boa. Eu amei a capa do livro, ela tem um toque mais sensual que a maioria das capas de romances de época, mas acaba combinando com a obra, já que ela tem bastante cenas mais quentes. A capa é bonita e chamativa, eu amei o tom de vermelho do vestido e o fato da modelo ter um monte de sardas, assim como a protagonista da história.

CONCLUSÕES FINAIS

Talvez por ter expectativas demais, Uma Noite para se Entregar não foi tudo o que eu esperava. A leitura é gostosa e rápida, mas o livro e os personagens não são marcantes ou muito surpreendentes. Para quem busca uma leitura leve e divertida, apenas para descansar a cabeça, o livro está mais que recomendado. Entretanto, fãs de romance de época, como eu, que já leram várias obras do gênero, talvez acabem achando esse livro “mais do mesmo”.

Apesar de Uma Noite para se Entregar ter me decepcionado em alguns aspectos, eu ainda estou adorando os livros da autora. Os diálogos provocadores, a escrita bem-humorada e os personagens nem um pouco perfeitos (e, até com algumas deficiências) de Tessa Dare são muito cativantes e alguns dos motivos pelos quais ainda quero, bastante, ler mais obras suas. Contudo, especialmente nos próximos volumes da série Spindle Cove, vou tentar ir com menos sede ao pote e deixar com que os livros me cativem. 

QUOTES FAVORITOS

“Que tipo de mulher moderna ela seria se não fosse atrás de seu próprio sonho?” Pág. 228

“Você é meu lar, Susanna. Meu lar, meu coração, meu maior amor. Onde quer que você esteja, esse é meu lugar. Sempre.” Pág. 280
Título: Uma Noite Para Se Entregar
Título original: A Night to Surrender
Série: Spindle Cove
Volume: 1
Autora: Tessa Dare
Editora: Gutenberg
ISBN: 9788582352496
Ano: 2015
Páginas: 288
Compre:
Amazon - Submarino - Americanas

Leia também:

Comente com o Facebook:

6 comentários:

  1. O enredo é muito interessante, tem o estilo de livro que eu gosto e capa é belíssima. Gostaria muito de ler sim!
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você gosta de romances de época, então vai adorar a obra! Espero que tenha oportunidade de lê-la!

      Excluir
  2. Olá, Ana. Eu também não me surpreendi com esse livro e acredito que não foi o melhor da autora. Ficou uma coisa forçada demais, os acontecimentos muito fantasiosos, mas vou tentar ler Romance com o Duque e descobrir mais sobre a leitura.
    Beijão!
    http://oreinoencantadodeumaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, esse não foi tão bom. Mas Romance com O Duque é maravilhoso, não deixe de ler!

      Excluir
  3. Fiquei triste com seu post. Hahahahaha
    Estava louca para pegar esse romance e, assim como você, com altas expectativas.
    Estou meio decepcionada por não ter algo muito bacana, mas okay.
    Vou continuar a deixá-lo na lista de desejados para o futuro. :)

    Bjs

    livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina, não deixe isso te impedir de ler a obra! E não desanime, essa foi só a minha opinião! Quem sabe você não acaba gostando do livro bem mais que que?!

      Excluir

Sinta-se a vontade para expressar a sua opinião, para divulgar o seu site/blog ou para elogiar ou criticar o blog! Lembrando que comentários com conteúdos agressivos, ofensivos ou inadequados serão excluídos.

(Você também pode entrar em contato comigo por e-mail, formulário ou pelas redes sociais. Saiba mais na página "Contato".)