26.4.16

Resenha dupla: Entre a Ruína e a Paixão e Nunca Julgue Uma Dama Pela Aparência



A HISTÓRIA - Entre a Ruína e a Paixão

Em apenas uma única noite Temple perdeu tudo. Após acordar nu em uma cama ensopada de sangue, todos passam a acreditar que ele matou a jovem noiva do pai e, assim, ele é afastado da sociedade aristocrata e ganha o apelido de Duque Assassino. Doze anos se passam e Temple é temido em todos os cantos de Londres não apenas por ser suspeito de um crime terrível, mas também por ser um dos donos do cassino mais exclusivo da cidade e por conseguir vencer qualquer um em uma luta. Entretanto, nem toda a riqueza e poder que conseguiu recuperar consegue apagar a fama de assassino. Mesmo após tanto tempo, Temple não consegue se lembrar o que aconteceu naquela noite e acredita que realmente foi responsável pelo desaparecimento e morte da jovem. 

Contudo, um dia, ele é abordado em um beco escuro por ninguém menos que a própria Mara Lowe, sua suposta vítima que, na verdade, esteve bem viva e escondida durantes os últimos doze anos. Após Mara admitir que armou para ele, ela tenta convencê-lo a recuperar a fortuna do irmão dela e, em troca, ela se revelaria ao mundo. Contudo, após tanto tempo esperando, Temple não está disposto a deixar Mara enganá-lo novamente, o que se mostra extremamente difícil, já que ela se tornou uma mulher muito forte e inteligente. Agora com sede de vingança, Temple quer arruinar Mara e recuperar sua boa reputação, contudo, ele não esperava ficar tão próximo e atraído pela moça, o que pode colocar todo o seu plano de retaliação em risco.


A HISTÓRIA - Nunca Julgue Uma Dama Pela Aparência

Lady Georgiana é a reclusa e esquecida irmã de um duque, que foi rejeitada pela família e pela sociedade após ter uma filha bastarda. Chase é um homem poderoso, um dos donos do Anjo Caído, o cassino mais exclusivo de Londres, e que sabe os segredos mais profundos e sujos da maioria dos membros da aristocracia. Anna é uma bela prostituta e amante de Chase, e também sua mensageira oficial. E, a verdade, é que todas essas pessoas são uma só. Após ser arruinada, Georgiana criou, em segredo, um império no submundo de Londres e concretizou sua vingança arruinando todos que cruzaram o seu caminho.

Contudo, todo o poder que tem como Chase não é capaz de ajudar sua filha Caroline, que, mesmo jovem, já é rejeitada pela aristocracia. Assim, Georgiana bola um plano brilhante para terminar casada com um bom nobre, cuja boa reputação ajudasse também na de Caroline. Mas, Georgiana não esperava que fosse tão difícil voltar à sociedade e encarar todas as fofocas e olhares maldosos. Tudo se complica quando Ducan West, um belo homem e grande jornalista, descobre a verdadeira identidade de Anna e chantageia Georgiana para ajudá-lo. O acordo entre os dois acaba, inicialmente, ajudando-a, mas quando West começa a caçar Chase, e tentar descobrir sua real identidade, Georgiana verá tudo começar a ruir ao seu redor. E a atração enorme que Georgiana e West sentem um pelo outro deixarão ambos ainda mais perto da ruína. 


A SÉRIE

A série Clube dos Canalhas, escrita por Sarah Maclean, possui quatro livros, todos já publicados aqui no Brasil pela editora Gutenberg. Cada livro conta a história de amor de um dos quatro sócios do cassino Anjo Caído. Apesar dos volumes serem independentes, é interessante ler a saga na ordem, pois vários personagens se repetem nos livros (apesar de que os protagonistas são diferentes) e os acontecimentos de um livro sempre acabam sendo citados nos outros.



A LEITURA E OS PERSONAGENS

Após ler e amar os dois primeiros volumes da série, eu estava bastante ansiosa para ler Entre a Ruína e a Paixão e Nunca Julgue Uma Dama Pela Aparência. E os últimos volumes da saga Clube dos Canalhas não decepcionaram. Ambos foram leituras muito rápidas e divertidas, além de bastante românticas. Maclean sempre consegue trazer tramas surpreendentes e únicas, e eu adoro a sua escrita. A autora me conquistou ainda mais por criar romances de épocas que fogem de muitos dos clichês do gênero e que trazem personagens femininas fortes e independentes.

E foi justamente por isso que Nunca Julgue Uma Dama Pela Aparência foi o meu favorito da série! A Georgiana é uma protagonista brilhante, que conseguiu enganar a todos, inclusive a mim, já que nunca desconfiei que o Chase fosse uma mulher enquanto lia os outros livros. Apesar do casal de Entre a Culpa e o Desejo ainda ser o meu favorito, eu adorei Temple e Mara, assim como Georgiana e West. Cada casal da série é único e nos conquista profundamente.


AS EDIÇÕES

A edição tanto de Entre a Ruína e a Paixão quanto de Nunca Julgue Uma Dama Pela Aparência estavam boas. Não encontrei nenhum erro durante a leitura e a diagramação estava perfeita, seguindo o mesmo estilo da dos volumes anteriores. Eu adoro as capas dessa série, elas são lindas e combinam com a história e as mocinhas dos livros, e não foi diferente com esses dois últimos volumes. Eu adorei tanto o belo tom de verde de Entre a Ruína e a Paixão quanto o branco de Nunca Julgue Uma Dama Pela Aparência, apesar que o melhor mesmo dessa última capa é a modelo usando calças, hábito que a protagonista realmente tinha. 


CONCLUSÕES FINAIS 

Duas leituras simplesmente maravilhosas, Entre a Ruína e a Paixão e Nunca Julgue Uma Dama Pela Aparência são obras gostosas, divertidas e apaixonantes. O terceiro e quarto volume estão mais que recomendados, assim como toda a série Clube dos Canalhas. A saga de Sarah Maclean consegue fugir do óbvio e nos presenteia com romances de época surpreendentes e únicos que todo fã do gênero precisa ler! 

Cada livro da série tem o seu charme especial, todos falam sobre vingança, mas cada volume traz uma perspectiva diferente sobre o assunto, assim como um desenrolar único em que o protagonista acaba trocando a retaliação pelo amor. Vale muito a pena ler esses quatro livros! Mal posso esperar para devorar mais obras da autora!

Título: Entre Entre a Ruína e a Paixão
Título original: No Good Duke Goes Unpunished
Série: Clube dos Canalhas
Volume: 3
Autora: Sarah Maclean
Editora: Gutenberg
ISBN: 9788582353424
Ano: 2016
Páginas: 304
Compre: Amazon - Submarino - Americanas

Título: Nunca Julgue Uma Dama Pela Aparência
Título original: Never Judge a Lady by Her Cover
Série: Clube dos Canalhas
Volume: 4
Autora: Sarah Maclean
Editora: Gutenberg
ISBN: 9788582353554
Ano: 2016
Páginas: 320
Compre: Amazon - Submarino - Americanas

Leia também:
Resenha dupla: Entre O Amor e A Vingança e Entre a culpa e o desejo

Comente com o Facebook:

8 comentários:

  1. Bom dia,
    Eu conheço a série mas ainda não li nenhum livro, sei que me fará suspirar e que vou adorar cada segundo da leitura. O último livro me chamou mais atenção mas vou procurar ler todos na ordem.
    Beijos
    http://oreinoencantadodeumaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Suspirar e rir muito também! O último livro é divino, mas toda a série é excelente e vale a pena a leitura! Espero que goste tanto quanto eu!

      Excluir
  2. Oi, Ana!
    Eu jurava que Nunca Julgue uma Dama pela Aparência era um livro único. Deve ser por conta do título, que não segue o "padrão" dos outros.
    Da Sarah, eu comecei a ler Noves Regras... e estou adorando
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, mas faz parte de uma série, apesar de poder ser lido como único também! Ah, li Nove Regras esse dia e fazia tempo que eu não ria tanto! kkk

      Excluir
  3. Oi,
    Essa serie parece ser bem legal, mas não leio muito esse estilo de livro.
    http://blogmichaelvasconcelos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, uma pena que o gênero não te chama atenção... Mas os romances são bem divertidos e fofos, deveria experimentar essa série depois! rs

      Excluir
  4. Acabei de ler essa série, amei, a escrita da sarah maclean é ótima, mais uma autora de romance de época que entro pra minha lista de favoritas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me sinto exatamente assim! Depois leia 9 regras dela, é maravilhoso!

      Excluir

Sinta-se a vontade para expressar a sua opinião, para divulgar o seu site/blog ou para elogiar ou criticar o blog! Lembrando que comentários com conteúdos agressivos, ofensivos ou inadequados serão excluídos.

(Você também pode entrar em contato comigo por e-mail, formulário ou pelas redes sociais. Saiba mais na página "Contato".)