11.2.16

Melhores livros de romance de época


Mesmo com a internet, é sempre difícil encontrar bons livros para ler! Especialmente se você procura por um gênero especifico que goste mais! Apesar de tentar sempre ler obras de todos os estilos, eu tenho um carinho especial pelos romances, especialmente os de época! Tem coisa mais gostosa que passar a tarde debaixo de um cobertor (se o calor deixar, claro rs) com um bom romance? Divertidos, fofos e apaixonantes, livros de romance são simplesmente deliciosos, ainda mais os de época! Como não amar e suspirar com as aventuras e desventuras dos protagonistas mais legais e apaixonados da literatura?

Se você é do time dos loucos por romances, com certeza não perdeu o post "Melhores Livros de Romance" de alguns meses atrás! Maaas, se você gosta ainda mais das histórias de amor passadas em tempos antigos, em meio a vestidos e bailes deslumbrantes, continuem lendo o post, pois tenho dicas incríveis dos melhores livros de romance de época!


O que é um livro de romance de época?

Muita gente confunde e, alguns anos atrás, fiz um post bem bacana sobre romances de época e históricos que, por mais que não pareça, são coisas diferentes. As datas são bem importantes para os romance históricos, que retratam personagens e fatos reais em meio a ficção. Já os romances de época, em sua maioria, são completamente fictícios e se preocupam em mostrar como vivia e se comportava um povo em um determinado tempo (mas sem se prender a datas, fatos históricos ou pessoas que realmente existiram).

Sim, um romance de época pode retratar qualquer período da história, mas os queridinhos do gênero, que os tornaram tão amados e conhecidos, são os livros destacam a vida da sociedade londrina no período vitoriano, valorizando costumes como: moda, etiqueta social, passeios de charretes ou no campo, jantares, festas, teatros. A fragilidade da mulher, o casamento por conveniência, as amantes, a diferença entre as classes sociais, o valor de um título nobre, as intimidades sexuais entre os protagonistas são fatores importantes e estão sempre presentes nesses romances!


E, diferente do que podemos imaginar, nem todos os romances de época são completamente fúteis e bobinhos. Apesar de trazer sim histórias de amor recheadas de clichês, muitos deles conseguem bem expor o modo de vida da época retratada, assim como seus conflitos e problemas. Ou seja, além de divertidos e fofos, os romances de época podem nos dar uma boa lição de história (mesmo sem se prender a fatos reais)!

Uma definição rápida de romances de época: O foco é no início de um romance (a fase da paixão.). Cenas picantes são um must e o herói é um macho alfa: bonito, rico, forte (um conquistador, avesso a relacionamentos sérios, até se apaixonar perdidamente pela heroína, claro). Não há grandes dramas ou tragédias. Final feliz (leia-se: sorriso bobo no rosto).

Os clássicos de romance de época

Ler os clássicos é sempre necessário e, se você gosta dos romances de época, precisa ler os livros que mais inspiraram o gênero! Jane Austen, ao escrever suas belas e fofas histórias de amor que retratavam bem, e criticavam bastante, a sociedade da sua época, entrou para a história e serviu de exemplo para muitas outras tramas. Orgulho e Preconceito parece ser sua obra mais aclamada, já li muitos e muitos romances de época com histórias como a de Lizzie e Darcy, dois personagens que se amam, mas que deixam as diferenças econômicas e sociais, assim como intrigas da sociedade, ficar no caminho. Contudo, Razão e Sensibilidade, assim como as outras quatro obras de Austen, mesmo trazendo fórmulas parecidas, conquistaram um igual número de fãs e merecem ser lidas.

As irmãs Brontë também merecem seu lugar entre os clássicos românticos, especialmente Charlotte e Emily, autoras respectivamente de Jane Eyre e O Morro dos Ventos Uivantes. A fórmula clássica dos romances de época também encontraram inspiração em ambos, onde os protagonistas se amam, mas acabam vendo seu relacionamento conturbado por questões financeiras e sociais. Contudo, acho O Morro dos Ventos Uivantes um pouco mais sombrio que Jane Eyre e sem um final feliz. Mesmo assim, vale a pena ler, encarando a obra de Emily Brontë como um romance de época mais realista. 

- Leia a resenha de Orgulho e Preconceito - Jane Austen
Leia a resenha de O Morro Dos Ventos Uivantes - Emily Brontë
Conheça a mais recente e a bela adaptação de Jane Eyre para os cinemas

E quem disse que não teria brasileiros nessa lista? Apesar dos nossos romances sempre tenderem a uma lado mais realista (na minha visão), há muitas obras de histórias fofas e finais felizes, que se passam no Brasil antigo. Senhora, de José Alencar, é um bom exemplo. Mas outro que indico com prazer é A Moreninha, de Joaquim Manuel de Macedo. Apesar de ter lido apenas uma releitura da obra, conheço a história original e me apaixonei por ela. O livro conta a história de amor de Augusto e Carolina, mas há um obstáculo à união dos dois: a promessa de fidelidade feita pelo estudante a uma menina que conhecera na infância e cujo paradeiro e identidade desconhecia. A Moreninha tem final feliz, e ainda ganha muitos pontos retratar os hábitos da juventude burguesa carioca da época da publicação.

As melhores séries de romance de época

Grande parte dos livros de época fazem parte de longas séries, mas que, felizmente, em sua maioria, possuem volumes independentes. Outra vantagem dessas séries, além de cada livro trazer um casal diferente, é que sempre acabamos reencontrando os nossos personagens favoritos nos outros livros e matando as saudades. Agora conheçam as minhas séries de romance de época favoritas:

A série Família Bridgerton da Julia Quinn foi a primeira de romances de época que li e a responsável por me fazer amar o gênero. Fofos e muitos divertidos, cada livro traz a história de amor de um dos filhos de Violet e Edmund Bridgerton (que são 8 no total, nomeados em ordem alfabética). Contudo, a autora ainda lançou um nono volume, The Bridgertons: Happily Ever After, que reúne todos os segundos epílogos que Quinn escreveu para os oito irmãos Bridgerton e que narra momentos deles após os seus respectivos livros.

Leia a segunda parte desse post e conheça mais romances de época da Julia Quinn

Mas, ainda não contente, a autora ainda lançará esse ano Because of Miss Bridgerton que, para a surpresa de todos, traz a história de uma irmã do Edmund, que, se não me engano, nunca foi citada nas outras obras. Acho que o carinho das fãs e da autora por essa família são tão grandes que, acredito, ainda teremos muitos mais livros deles pela frente (vamos torcer muito para que sim rs). Aqui no Brasil, os livros da Família Bridgerton são publicados pela editora Arqueiro e, até o momento em que escrevi esse post, o sétimo livro, Um Beijo Inesquecível, tinha acabado de sair. De todos, o meu favorito é, sem sombra de dúvida, O Visconde Que Me Amava, mas vale muito a pena ler a série na ordem e se apaixonar por cada uma das histórias!

Leia as resenhas dos livros da série  Família Bridgerton:
O Duque e Eu - Série Família Bridgerton - Volume 1
O Visconde Que Me Amava - Série Família Bridgerton - Volume 2
Um Perfeito Cavalheiro - Série Família Bridgerton - Volume 3
Os Segredos de Colin Bridgerton - Série Família Bridgerton - Volume 4
Para Sir Phillip, Com Amor - Série Família Bridgerton - Volume 5
O Conde Enfeitiçado - Série Família Bridgerton - Volume 6
Um Beijo Inesquecível - Série Família Bridgerton - Volume 7
A Caminho do Altar - Série Família Bridgerton - Volume 8
E Viveram Felizes Para Sempre - Série Família Bridgerton - Vol. 9


Lisa Kleypas é a autora das duas séries das quais vou falar agora. Com o mesmo estilo de história fofa, divertida e surpreendente, tanto Os Hathaways quanto As Quatro Estações do Amor conquistam bastante. Contudo, o perfil dos protagonistas são um pouco diferentes nas duas sagas. Na série Os Hathaways conhecemos a excêntrica família de mesmo nome que não se importa nem um pouco com convenções sociais e muito menos casamento por conveniência ou dinheiro. 

Os Hathaways acreditam e buscam o amor e, em cada livro da série, vemos um deles se apaixonar. O mais legal da série: a presença dos ciganos Cam e Merripen, que se casam com duas das irmãs Hathaways e cuja cultura bem peculiar acrescenta ainda mais excentricidade e diversão a família. O meu livro favorito é Paixão ao Entardecer, justamente por trazer a história de Beatrix, a minha personagem favorita da saga. Todos os livros já foram lançados no Brasil pela Arqueiro também. 

Leia as resenhas dos livros da série Os Hathaways:
Sedução Ao Amanhecer - Série Os Hathaways - Vol. 2
Tentação ao Pôr do Sol - Série Os Hathaways - Vol. 3
Manhã de Núpcias - Série Os Hathaways - Vol. 4
Paixão ao Entardecer - Série Os Hathaways - Vol. 5


Desde o primeiro volume a série As Quatro Estações do Amor já me conquistou profundamente. O diferencial? Ela traz uma perspectiva mais realista sobre os relacionamentos da época, já que as quatro protagonistas da série são amigas solteironas que se juntam para arrumar maridos uma para as outras. Aqui, não é o amor que vem em primeiro lugar, mas as garotas acabam o descobrindo de qualquer jeito. Apesar de só ter lido o primeiro livro ainda, Segredos de Uma Noite de Verão, já sei que vou amar a saga e que ela merece ser lida por todos os amantes de romances de época!

Leia as resenhas dos livros da série As Quatro Estações do Amor:
Segredos de Uma Noite de Verão - As Quatro Estações do Amor - Vol. 1
Era uma Vez no Outono - As Quatro Estações do Amor - Vol. 2
- Pecados no Inverno - As Quatro Estações do Amor - Vol. 3
- Escândalos na Primavera - As Quatro Estações do Amor - Vol. 4

Como a Bells, do blog ConversaCult, bem explica, a série Os Bedwyns, apesar de ter oficialmente seis volumes, começa, na verdade, em Uma Noite de Amor, onde a família Bedwyn sequer aparece. Contudo, algumas coisas que acontecem nesta história culminam no segundo livro, Um Verão Inesquecível, onde os Bedwyn aparecem de fato. E é essa primeira aparição bem superficial que faz a diferença, de acordo com a Bells. Contudo, como a editora não lançou os dois prequels, comecei a ler a partir de Ligeiramente Casados e, mesmo assim, me apaixonei profundamente pela história (e não fui prejudicada por não ler os prequels).

A família Bedwyn é, sem sombra de dúvida, um bando de nobres arrogantes que não conseguimos não amar! Por debaixo das suas cascas grossas sempre descobrimos pessoas sensíveis e amáveis, que se portam como superiores, mas que passam por situações vergonhosas (e hilárias) como qualquer mortal. Os três livros lançados também pela Editora Arqueiro já me conquistaram profundamente e, apesar de ter amado os três, o meu favorito ainda é o primeiro, Ligeiramente Casados. Além da trama super gostosa e divertida, o que mais gosto na saga dos Bedwyns é que a autora sempre os descreve como pessoas normais, não feias, mas não bonitas, e mostra, ao longo da trama, as suas fragilidades. Impossível não se cativar, se identificar e amar os personagens! 

Leia as resenhas dos livros da série Os Bedwyns:
Ligeiramente Casados - Série Os Bedwyns - Vol. 1
Ligeiramente Maliciosos - Série Os Bedwyns - Vol. 2
Ligeiramente Escandalosos - Série Os Bedwyns - Vol. 3

Uma mistura deliciosa de romance de época e histórico, a série Outlander conquistou os fãs tanto através dos livros quanto da TV. Enquanto a segunda temporada do seriado de TV não sai, a editora Arqueiro já anunciou o lançamento da primeira parte de Os Tambores do Outono, quarto volume, para o mês que vem. Lá fora, a série já conta com oito livros, sendo que, a autora, Diana Gabaldon confirmou recentemente o futuro lançamento de um nono volume. 

Com histórias envolventes, divertidas e fascinantes, que misturam romance e aventura, a história de amor de Claire, uma jovem que viaja no tempo e vai parar na Escócia do século 18, e Jamie são incríveis. O único ponto negativo da série Outlander são a grande extensão dos volumes, que superam muito mais de 500, 600 páginas. Por causa disso, alguns livros estão sendo divididos em duas partes, o que deixa a leitura ainda mais demorada. Contudo, para quem não tem medo de obras extensas e gosta de um romance envolvente, vale muito a pena ler a saga.

Leia as resenhas dos livros da série Os Outlander:
Outlander: A Viajante do Tempo - Série Outlander - Vol. 1
Outlander: A Libélula no Âmbar - Série Outlander - Vol. 2
Outlander: O Resgate no Mar, PARTE 1 - Série Outlander - Vol. 3
Outlander: O Resgate no Mar, PARTE 2 - Série Outlander - Vol. 3
- Outlander: Os Tambores de Outono, PARTE 1 - Série Outlander - Vol. 4
Outlander: Os Tambores de Outono, PARTE 2 - Série Outlander - Vol. 4

A série Canalhas, ou Scoundrels, teve, curiosamente, o terceiro e o quarto livros lançados primeiro aqui no Brasil. A ordem inversa dos lançamentos, aparentemente, foi um pedido da própria autora, contudo, isso não prejudica nada a leitura, já que cada volume é independente. Apesar de o quarto livro, O Último dos Canalhas, não ter superado o anterior, ainda assim continuo apaixonada pela saga. Mas, sem sombra de dúvida, o melhor livro é O Príncipe dos Canalhas, que além de uma leitura gostosa, divertida e provocadora, ainda é uma boa crítica a alguns costumes e valores da época em que se passa a história. 

Leia as resenhas dos livros da série Canalhas:
O Príncipe dos Canalhas - Série Scoundrels - Vol. 3
O Último dos Canalhas - Série Scoundrels - Vol. 4

E para a felicidade dos fãs de romance de época e da Loretta Chase, a Arqueiro anunciou recentemente o lançamento de uma nova série dela, a quadrilogia As Modistas. Além das capas maravilhosas, a série promete mais romances fofos e apaixonantes! E, o primeiro volume, Sedução da Seda, não decepcionou!

Leia as resenhas dos livros da quadrilogia As Modistas
- Sedução da Seda - Série As Modistas - Vol. 1
- Escândalo de Cetim - Série As Modistas - Vol. 2

Uma trilogia maravilhosa e irresistível, a série As Crônicas das Irmãs Bruxas, de Jessica Spotswood, traz mais que romances de época com pitadas sobrenaturais. Por baixo de uma trama fascinante e cativante, os volumes abordam também questões como o papel da mulher na sociedade e liberdade e empoderamento feminino. Em um olhar mais profundo, fica claro que série é uma releitura fantástica, mágica, da conquista das mulheres por espaço, voz e direitos durante os séculos dezoito e dezenove. E, só por isso os livros já merecem serem lidos.

No primeiro volume, Enfeitiçadas, conhecemos as jovens irmãos bruxas Cate, Maura e Tess, que vivem em uma sociedade patriarcalista e opressora, que persegue mulheres e bruxas. Cate, a mais velha e protagonista principal da saga, tenta, ao mesmo tempo, satisfazer o desejo das irmãs e manter seus poderes escondidos. Contudo, ao mesmo tempo em que vive a primeira paixão, a garota tem que lidar com uma antiga profecia que pode não só ameaçar a sua vida e das irmãs, mas também ser a salvação das mulheres e bruxas do seu país. Uma saga de romance de época sobrenatural e também de empoderamento das mulheres, vocês precisam ler a série As Crônicas das Irmãs Bruxas!

Leia as resenhas dos livros da série As Crônicas das Irmãs Bruxas:
Enfeitiçadas - Série As Crônicas das Irmãs Bruxas - Vol. 1
Amaldiçoadas - Série As Crônicas das Irmãs Bruxas - Vol. 2
Predestinadas - Série As Crônicas das Irmãs Bruxas - Vol. 3


Fãs da Cassie Clare por aí? Apesar de ter conhecido e me apaixonado pela autora por causa de Instrumentos Mortais, é a série Peças Infernais que reina em meu coração! E, o melhor, você não precisa ter lido IM para ler - e amar - a saga de Tessa Gray na Londres Vitoriana. Com histórias emocionantes e surpreendentes, a Trilogia Peças Infernais traz romances de época sobrenaturais simplesmente maravilhosos. Tem muito romance sim, mas também tem aventura e mistério, além de magia e seres sobrenaturais! Vale muito a pena ler e se apaixonar pelos personagens e a história!

Leia as resenhas dos livros da série As Peças Infernais:
Anjo Mecânico - Série As Peças Infernais - Vol. 1
Príncipe Mecânico - Série As Peças Infernais - Vol. 2
Princesa Mecânica - Série As Peças Infernais - Vol. 3


Ainda falando de romances de época sobrenatural, preciso apresentar para vocês a saga Crônicas Vampíricas de Gardella. Londres, século 19, Vitória Gardella é uma boa moça, bonita e inteligente, que daria uma excelente esposa para qualquer nobre da sociedade. Contudo, ela herdou a missão de caçar vampiros e quer ser muito mais independente do que seu tempo permite. Divertido, sensual e bastante sangrento, as Crônicas Vampíricas de Gardella são uma boa pedida para quem gosta de romances de época recheados de aventuras e que fogem dos clichês. 

O único problema é que a editora parou de lançar a série após o segundo volume, mas, se você não tem problema em ler em inglês, vale a pena se deliciar com todos os cinco livros da saga!

Leia as resenhas dos livros da série Crônicas Vampíricas de Gardella:
O Legado da Caça-Vampiro - Crônicas Vampíricas de Gardella - Livro 1
Ergue-se A Noite - Crônicas Vampíricas de Gardella - Livro 2

Compre: A Intuitiva

Se você gosta de sobrenaturais, mas em pitadas mais modestas, vai amar a série Wherlocke de Hannah Howell. Clássicos romances de época, com tramas fofas, divertidas e surpreendentes, mas com um gostinho de fantasia graças aos poderes peculiares dos membros da família Wherlocke (como ver fantasmas e mover objetos com a mente), eu já li os quatro primeiros livros da série e amei!

Infelizmente, a editora parou de lançar a série no quarto volume, mas, por serem obras independentes (cada livro conta a história de um casal diferente), ainda assim vale muito a pena ler a saga! E, para quem se arrisca no inglês também, vale a pena conferir os outros livros.

Leia as resenhas dos livros da série Wherlocke:
O Escolhido - Série Wherlocke - Vol. 4

Romances de época divertidos, fofos e com algumas cenas mais apimentadas! O melhor da saga Os Rothwell, de Madeline Hunter, são as mocinhas - protagonistas independentes, fortes e inteligentes! Mas os caras também não ficam para trás, os mocinhos são muito fofos e apaixonantes! A autora também conquista por mostrar bem a cultura da época, inclusive alguns conflitos e problemas sociais, assim como as hipocrisias e preconceitos. Conheçam essa série recheados de sedução, segredos e escândalos, assim como mocinhas ousadas e mocinhos desafiadores, garanto que vão se apaixonar!


Com histórias divertidas, sensuais e românticas, a série Clube dos Canalhas é perfeita para quem busca excelentes romances de época, com protagonistas fortes e provocadores, além de tramas surpreendentes. Cada livro da série tem o seu charme especial, todos falam sobre vingança, mas cada volume traz uma perspectiva diferente sobre o assunto, assim como um desenrolar único em que o protagonista acaba trocando a retaliação pelo amor. Vale muito a pena ler esses quatro livros!


E por ter gostado tanto da série Clube dos Canalhas, fiquei maravilhada quando anunciaram o lançamento de outra saga dela: a trilogia Os Números do Amor. Eu já li e me apaixonei pelo primeiro livro, que é divertido, surpreendente e também bastante crítico! Como sempre, os personagens da Sarah Maclean esbanjam personalidades fortes que cativam o leitor profundamente! Estou ansiosa pelos próximos dois volumes, que prometem ser igualmente deliciosos! E nem preciso dizer que eu também me apaixonei pelas capas maravilhosas da série!


Uma autora que descobri recentemente, mas pela qual me apaixonei é Tessa Dare, que já tem cinco livros publicados aqui no Brasil. O que estou amando em suas obras são os protagonistas imperfeitos, bem "gente como a gente", mas ainda assim apaixonantes. Seus mocinhos são fofos e protetores sem serem machistas, além de bastante inteligentes. As mulheres das autora também fogem do comum, são sagazes, talentosas e corajosas. E todos os livros são extremamente divertidos e gostosos de ler!

O primeiro livro que li da Tessa foi Romance com o Duque, o 1º volume da série Castles Ever After, saga pela qual já estou apaixonada. O segundo livro, Diga Sim ao Marquês, foi igualmente divertido e fofo. Contudo, o meu favorito da saga até o momento é A Noiva do Capitão, o divertido, surpreendente e viciante 3º livro. Além dos cenários incomuns, grandes e belos castelos, os livros da série Castles Ever After nos marcam por causa dos seus personagens fortes e tramas surpreendentes e muito cativantes, que me emocionam e fazem meu coração bater mais forte!

Leia a resenha dos livros da série Castles Ever After:
- Romance com o Duque - série Castles Ever After - Vol. 1
Diga Sim ao Marquês - série Castles Ever After - Vol. 2
A Noiva do Capitão - série Castles Ever After - Vol. 3


Também acabei lendo, de uma vez só, os três primeiros volumes já lançados aqui no Brasil da série Spindle Cove. Apesar do primeiro e segundo livro terem sido leituras medianas, eu amei Uma Semana Para se Perder e estou ansiosa para conferir os outros dois livros da série. O curioso dessa saga é que todos os livros se passam, pelo menos em parte, na excêntrica vila de Spindle Cove, um lugar dominado por mulheres de personalidade forte e grande inteligência que, por algum motivo, não são muito aceitas na sociedade!

- Uma Noite para se Entregar - série Spindle Cove - Vol. 1
- Uma Semana Para Se Perder - série Spindle Cove - Vol. 2
Os melhores livros únicos de romance de época

E quem disse que romance de época tem sempre que fazer parte de uma série? Apesar da maioria das aventuras amorosas em tempos passados que tanto amamos fazerem parte de alguma saga, eu tenho alguns livros únicos do estilo para recomendar e todos nacionais!

Jardim de Espelhos já começa surpreendendo ao se passar no nosso Brasil do século 19. O livro também encanta com uma história de amor recheada de vingança, ambição e sedução, além de mostrar um pouco do modo de vida dos brasileiros da época. Vale muito a pena ler a obra. Para quem quer fugir dos romances de época tradicionais, ambientados na Inglaterra, Arrabal e A Noiva do Capitão é uma boa pedida. O livro se passa na Itália e traz a história de dois irmãos gêmeos que disputam a mesma mulher. Contudo, o final da trama não poderia ser mais surpreendente.

Também se passando na Itália, Carmela e Lorenzo é um romance de época com pitadas sobrenaturais. Com cenários lindíssimos, a obra também tem momentos de ação e suspense e fala bastante sobre arte. Vestidos pomposos, elegância, boas maneiras e bruxas tornam A Linhagem um perfeito romance de época sobrenatural. O livro é divertido e surpreendente, e vale a pena ser lido. 

Leia as resenhas dos livros:
Jardim de Espelhos - Veridiana Maenaka
Arrabal e A Noiva do Capitão - Marisa Ferrari
Carmela e Lorenzo - Rubens Conedera
A Linhagem - Camila Dornas
A Indomável Sofia - Georgette Heyer

Bom, e esses são os melhores livros de romance de época que já li! O que acharam das minhas indicações? Conhecem alguma outra obra do gênero que podem me recomendar? Deixem a opinião e as experiências de vocês nos comentários! Espero que tenham gostado do post! Eu adorei fazê-lo! E ah, se procura mais indicações de romances, não deixe de conferir essa postagem aqui!

Leia a segunda parte desse post e conheça mais romances de época

Comente com o Facebook:

35 comentários:

  1. Amo livros históricos e de época, das suas indicações já li todos os livros da Jane Austen, Jane Eyre (Charlotte Brontë), os dois clássicos brasileiros da lista, sendo Senhora o meu clássico brasileiro favorito; a trilogia As Peças Infernais, que também acho muito melhor do que TMI, e o primeiro livro das Crônicas Vampíricas de Gardella.
    Já adicionei a série dos Bridgerton à minhas futuras leituras. Amei as indicações!
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Romances de época são uma delícia! Acho que vai gostar da série dos Bridgerton!

      Excluir
  2. Os romances tem ocupado boa parte das minhas leituras são simplesmente cativantes e sempre que posso estou a devorar um as vezes não sei qual comprar primeiro para ler pois todos são muito bons .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Romances são mesmo tudo de bom! Uma dica? Comece pela série dos Bridgertons! Os livros são muito gostosos e super divertidos!

      Excluir
  3. Oi Ana!
    Aaah favoritando esse post *__*
    Amo romances de época e tem vários aí que ainda não li.
    A trilogia das irmãs bruxas é muito boa, né! Eu amei esses livros, queria até reler.
    Outlander, só eu não gostei (a diferentona hahaha).

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ;DD Fico muito feliz que tenha gostado do post Sora! Romances de época são mesmo tudo de bom! A Trilogia das Irmãs Bruxas é maravilhosa e merece uma releitura! Sério que não gostou de Outlander? Que pena, pois eu amo a série! kkk

      Excluir
  4. Amooo romance de época, conheço todas a autoras citadas devido ao meu fanatismo, mas minha preferida sem dúvida é a Julia Quinn e espero que a Arqueiro lance logo as outras séries dela!!

    Adorei a postagem, bastante completa! Parabéns!

    Bjs, Michele

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Fico muito feliz que tenha gostado do post! Eu também amo a Julia Quinn e quero muuuuitos outros livros dela, mas acho que a minha favorita é a Lisa Kleypas.

      Excluir
  5. romances de época são os melhores ^^ ainda bem que cada vez mais vem sendo explorados pelas editoras, ganhando mais ênfase no mercado, euzinha agradeço
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São sim! <3 Também fico feliz que o gênero esteja ganhando mais espaço! Impossível resistir a esses romances super fofos e divertidos!

      Excluir
  6. Olá Ana ^^
    Adorei seu post!!!!!!!!!!! Sou a maior fã de romances de época que você poderia conhecer rsrs
    Menina nunca tinha ouvido falar das Crônicas Vampíricas de Gardella to morrendo de curiosidade agora! Uma pena que a editora não publicou o restante :/ O que também aconteceu com a série Wherlocke da Hannah Howell que tenho só o 1º em casa, mas ainda não li.
    Quanto aos Bridgertons da Julia Quinn é muito amor, adoro essa série e outras da autora, das séries que você listou a minha favorita sem dúvida nenhuma é Quatro Estações do amor da Lisa Kleypas adorei todos os livros justamente por mostrar os costumes da época.
    Recomendo ainda pra você a série O Protetorado da Sombrinha da Gail Carriger que está sendo publicada pela Valentina e que também possui elementos fantásticos.
    A série Spindle Cove da Tessa Dare que é ótima e os livros da Meg Cabot escritos pelo pseudônimo de Patricia Cabot.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito, muito contente mesmo que tenha gostado! As Crônicas Vampíricas de Gardella são maravilhosas e é um saco que a editora não tenha publicado a série toda, assim como a dos Wherlocke ;( Já tinha ouvido falar dos livros de O Protetorado da Sombrinha e da Tessa Dare, vou ver se encontro para ler depois! A Meg é maravilhosa, não? Depois quero ler os livros que ela publicou como Patricia!

      Excluir
  7. O que dizer deste post? Muita gente não entende mesmo a diferença entre o romance histórico e o de época, e acho que agora vão conseguir entender melhor. Os exemplos citados são maravilhosos e com certeza leitura obrigatória para quem gosta do gênero.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, muita gente não entende a diferença e fico feliz que meu post possa esclarecer a dúvida! ;D

      Excluir
  8. Oi Ana!
    Amei o seu post sabia? Eu amo romances, mas os de época ainda são uma
    novidade pra mim, não li nenhum ainda, então não sei qual será a minha reação.
    Eu ganhei de presente o "Um Perfeito Cavaleiro", mas quero comprar os anteriores
    para ler na ordem, tomara que eu goste!
    Amei o seu post, ficou maravilhoso e muito esclarecedor!

    Beijos!
    Ana | Blog Entre Páginas
    www.entrepaginas.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ;DD Obrigada Ana, fico muito, muito feliz que tenha gostado e que o post tenha sido útil! E leia Um Perfeito Cavalheiro logo! O livro é muito bom e independente, dá para entender a história sem ler os outros.

      Excluir
  9. Ana apesar de achar que a postagem ficou enorme e que você poderia ter subdividido a mesma (opinião) gostei demais de ler porque sou fã de Romances de época e você reuniu muitas informações interessantes e importantes sobre esse estilo de romance.
    Muito legal você colocar uma definição sobre romance de época, muitos leitores e blogueiras ainda confundem ou pensam que é a mesma coisa.
    Já li alguns dos títulos citados aqui por vc e gostei de todos. Diferente da maioria não comecei a ler esse estilo pela Julia Quinn mas pela Lisa Kleypas e me apaixonei completamente pela escrita, pelos cenários e pelos personagens. Quando comecei a ler a Quinn foi a certeza de que esse era um dos meus estilos favoritos. Hoje minha estante está repleta de títulos lidos e para ler.
    Nossa que interessante não sabia desses dois livros extras da família Bridgertons, que máximo!!! Será que a arqueiro os lançará aqui no Brasil!!!???? Na torcida!!!!
    Enfim parabéns por esse post enorme, rico e cheio de indicações maravilhosas.

    P.s. Vou falar sobre vc e esse post lá no blog, ok!!!??? Beijos

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpa pela postagem enorme, mas fico feliz que, apesar disso, você tenha gostado! Sim, muita gente confunde mesmo, sendo que a diferença é até bem clara! Tanto a Julia quanto a Lisa são mesmo incríveis! Eu também amo o estilo! Acredito que sim, a Arqueiro sempre lança as séries completas! Pode falar do post sim, é uma honra para mim!

      Excluir
  10. Curto muito romance de época, já li série Wherlocke, saga Os Rothwell, série Os Hathaways, série Clube dos Canalhas, esses 3 livros da série Spindle Cove, estou lendo série Família Bridgerton, série Canalhas, série As Quatro Estações do Amor e série Os Bedwyns, os outros já estão na lista de leitura ou entraram agora. ;)

    ResponderExcluir
  11. Eu tenho um fascínio muito grande, mesmo tendo lido poucos. Da sua lista li apenas três, mas adorei conhecer mais, não vejo a hora de lê-los.
    Sedução da Seda sei que vou ganhar da minha melhor amiga, o resto fica a cargo do meu namorado me dar de presente haha

    Minha Fuga da Realidade 💕

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Romances de época são muito amorzinho mesmo! Continue lendo sempre que poder, a maioria dos livros é maravilhoso demais! Já li Sedução da Seda e amei muito! espero que goste!

      Excluir
  12. Amei mas pra mim faltou Judith McNaught.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tbm amo os livros da Judith McNaught! E tbm senti que falta os seus maravilhosos livros no blog.

      Excluir
  13. Parabéns pelo post, ficou incrível! Se você ainda não conhece os livros da Patricia Cabot (pseudônimo da Meg Cabot), procure a respeito, eles são apaixonantes. Principalmente Proposta Inconveniente e Aprendendo a Seduzir! <3

    ResponderExcluir
  14. Simplesmente AMO romances de época e após ler As Peças Infernais, Os Bedwyns e Os Bridgertons (séries pelas quais me apaixonei e já li duas vezes cada uma) fiquei procurando por outros e não estava nada fácil. Muito obrigada por facilitar minha busca com esse post INCRÍVEL! <3

    ResponderExcluir
  15. Eu amo livros da época vitoriana, mas nunca encontro aqueles mais dramáticos, estilo Penny Dreadful (a série da ShowTime), com aquele quê de poesia e mistério, romance e terror. É algo difícil de se encontrar hoje em dia com tantos romances estilo Crepúsculo!

    ResponderExcluir
  16. Menina do céu vai ser livro pra mim lê até 2017 kkkkkkk amo romances de época são lindos não há época mais encantadora e os medievais . amei esse cantinho aqui , bjs e com certeza vou lê tenho até a Julie Quinn amei a cara desse cantinho

    ResponderExcluir
  17. adorei, adoro livros com historias de epoca *-*

    Se puder me ajudar eu estou a procura de um livro que li a muito tempo atras, como você entende bem do ramo deve conhecer. Se trata de uma jovem dama que é orfã de mãe e quando já jovem (17~18) seu pai se casa de novo e para agradar a nova esposa decide casar a filha com um amigo seu que é um homem já velho. A menina não aceita e acaba fogindo de casa para londres onde acredita que podia trabalhar como professora, mas acaba sendo raptada e colocada para trabalhar num bordel. Lá o seu primeiro criente é um rapaz bonito (acho que de olhos azuis) e ela consegue convece-lo que está ali contra sua vontade e ele (bebado) decide ajuda-la, comprando-a e levando-a para seu apartamento.
    No dia seguinte quando ele recobra a razao ouve a historia dela e a leva para sua casa onde mora sua irma e o esposo dela. la a jovem vai se recuperar etc etc etc. No final ele acaba se apaixonando por ela, ja ela nao o ve assim e fica indo a bailes tentando conseguir um pretendente. Você conhece esse livro? estou louca atras dele!

    ResponderExcluir
  18. Eu amo demais Jane Eyre, é meu livro favorito, ela é forte e independente , o Sir Rochester é tão sombrio . Você pode recomendar um romance pra mim ?
    Grata

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia Orgulho e Preconceito! Jane Austen é puro amor <3

      Excluir
  19. Para tudo mds, finalmente !!!!
    Eu realmente estou mt grata ao seu post, adoro quando do nada recebo uma dica incrível que eu sei que vou me apaixonar pelos livros. Ja li peças infernais da diva clare e amo mt, li outros da sua lista como os da jane Austen e quero ler todos os outros mas, se me permite uma dica de uma coleção que não está na sua lista e eu com toda certeza colocaria, é a série perdida da Carina Rissi ela é mt boa, fofa, divertida e ganha mts pontos por ser brasileira rsrs Obrigada !

    ResponderExcluir
  20. Adorei todas as dicas, eu fiquei tipo, Meu Deus como tinha tantos livros assim de época e eu não sabia!! Jane Austen perfeita
    Me interessei d+ pelos outros.
    Obg..

    ResponderExcluir
  21. Coloquei o seu texto nos meus favoritos. Quando preciso de informações ou sugestões de leitura, venho até aqui, porque sempre está atualizado com os últimos lançamentos. Muito obrigada!

    ResponderExcluir
  22. Coloquei o seu texto nos meus favoritos. Quando preciso de informações ou sugestões de leitura, venho até aqui, porque sempre está atualizado com os últimos lançamentos. Muito obrigada!

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para expressar a sua opinião, para divulgar o seu site/blog ou para elogiar ou criticar o blog! Lembrando que comentários com conteúdos agressivos, ofensivos ou inadequados serão excluídos.

(Você também pode entrar em contato comigo por e-mail, formulário ou pelas redes sociais. Saiba mais na página "Contato".)