17.2.16

7 lugares que todo amante de livros deve visitar antes de morrer


Uma das coisas que mais me fascina na literatura é a capacidade de viajar através das páginas! Tem coisa mais gostosa que pegar um livro e ser transportado para um lugar, às vezes até mesmo uma época, diferente?! Eu amo viajar e visitar lugares novos, andar por ruas estranhas, sentir cheiros inusitados, ver gente com uma cultura diferente da minha... E eu consigo fazer isso através dos livros, claro, mas fico ainda mais feliz quando faço pessoalmente!

Uma das coisas que amo fazer quando estou em algum lugar diferente é visitar museus, parques, praças, lugares históricos, etc. Eu sempre tento achar lugares bacanas para visitar que combinem com meus gostos, seja um museu de arte, como o MASP em São Paulo, ou um bairro alternativo, como o Camden Town em Londres. E para quem também gosta de viajar, mas não consegue ir para lugar nenhum sem um livro na bagagem, separei alguns destinos que você precisa conhecer antes de morrer! 


Museu da Língua Portuguesa
Vítima de um incêndio devastador em Dezembro de 2015, o Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo, é um dos mais fascinantes que já visitei. Além da arquitetura exterior belíssima, os recursos de interatividade e tecnologia incríveis do lugar expõem o acervo de forma inovadora e inusitada. A visitação é feita de cima para baixo e o visitante tem contanto com exposições interativas que abordam desde o surgimento da língua portuguesa até as variantes e a riqueza do idioma, que sofreu diversas influências de diferentes culturas e línguas, assim como a origem e significados de palavras. Mostras temporárias também expõe os trabalhos de grandes escritores brasileiros. Guimarães Rosa, Clarice Lispector e Gilberto Freyre já foram homenageados por lá. 


Felizmente, grande parte do acervo do Museu da Língua Portuguesa é em formato digital e não foi perdido no incêndio de 2015. Mas, as chamas destruíram completamente as instalações e, ainda não há previsão para reabertura do lugar. Contudo, as obras já começaram e, durante esse período, o Museu da Língua Portuguesa continuará desenvolvendo suas atividades em outros espaços, fazendo jus à proposta que lhe deu origem: seu acervo é língua viva, falada por todos os povos de lusófanos, nos seus mais variados sotaques e evoluções. Estão sendo planejadas exposições itinerantes pelo interior, fortalecimento da plataforma educativa online e outras ações para o público da capital.


Memorial Minas Gerais Vale
Outros mineiros se manifestem! Claro que eu não podia deixar o nosso estado de fora! Mesmo em uma viagem rápida para Belo Horizonte, vale muito a pena visitar a Praça da Liberdade e seu Circuito Cultural. A praça por si só é muito bonita, e os antigos prédios públicos que a rodeiam foram transformados em espaços interativos que buscam espelhar a diversidade: acervos históricos, artísticos e temáticos; centros culturais interativos; biblioteca e espaços para oficinas, cursos e ateliês abertos; além de planetário, cafeterias, restaurantes e lojas.

A sala Carlos Drummond de Andrade do Memorial Minas Gerais Vale está repleta de manequins confeccionados por Ronaldo Fraga. Nos ternos estão bordados alguns trechos de autoria de Drummond.

Contudo, de todo o Circuito Cultural incrível, quero destacar o Memorial Minas Gerais Vale, que foi a minha visita preferida por lá! Instalado no antigo prédio da Secretaria de Estado da Fazenda, um lugar simplesmente maravilhoso (eu tenho um caso de amor com o hall de entrada e as escadarias divinas),  no Memorial, os elementos que constituem a identidade mineira são apresentados de maneira interativa nos 31 espaços de exposição e convivência, sendo inclusive contados a partir da história do próprio prédio. Além disso, nele encontram-se obras de artistas-símbolos de Minas Gerais, como os sertões de Guimarães Rosa, os temas que inspiraram Drummond, a "não arte" de Lygia Clark e o trabalho de Sebastião Salgado. Vale muito a pena visitar.


Real Gabinete Português de Leitura
Apenas olhe a foto aí em cima. Esse é o Salão do Real Gabinete Português de Leitura, que fica no centro do Rio de Janeiro. Se você não tem vontade de visitar um lugar desses (e de morar eternamente lá), nem deveria estar lendo isso aqui. Sério gente, fiquei chocada quando descobri esse paraíso na Terra enquanto fazia minhas pesquisas para esse post e arrependida de não ter visitado o lugar quando fui para o Rio. Sabiam que, em 2014, a biblioteca foi listada em 4ª posição dentre as 20 mais lindas bibliotecas do mundo segundo a revista Time?


Idealizado por comerciantes portugueses, O Gabinete reúne o mais valioso acervo de autores lusitanos fora de Portugal - são quase 400 mil títulos, além de uma arquitetura incrível.  Entre as obras mais raras da biblioteca podemos citar a edição "prínceps" de " Os Lusíadas", de 1572, que pertenceu à "Companhia de Jesus"; as "Ordenações de Dom Manuel" por Jacob Cromberger, editadas em 1521; os "Capitolos de Cortes e Leys que sobre alguns delles fizeram", editados em 1539; "A verdadeira informaçam das terras do Preste Joam, segundo vio e escreveo ho padre Francisco Alvarez", de 1540. Possui ainda manuscritos autógrafos do "Amor de Perdição", de Camilo Castelo Branco e o "Dicionário da Língua Tupy, de Gonçalves Dias, além de centenas de cartas de escritores. Não preciso de mais argumentos, não é mesmo? Temos que visitar o Real Gabinete Português de Leitura para ontem!


Clementinum, a biblioteca mais bonita do mundo
Olha para as fotos acima. Se o paraíso não for parecido com esse lugar, nem quero ir para lá. Parece cenário de filme antigo, mas é real e fica em Praga. O site Bored Panda elegeu o Clementinum como a biblioteca mais bonita do mundo e, bom, alguém pode discordar? O Clementinum abriga cerca de 20 mil livros e foi por muito tempo considerado como o terceiro maior colégio jesuíta do mundo. O teto é repleto de afrescos do pintor Jan Hiebl. Antigo colégio jesuíta símbolo da reconquista católica, o Clementinum de Praga é um amplo conjunto barroco localizado no coração da Cidade Velha. Ao redor de suas 4 torres encontramos: a biblioteca nacional, duas igrejas e três capelas, salas de exposições e de concertos, uma torre astronômica.


Museu de Sherlock Holmes
O Dr. Watson recebe os visitantes e lhes apresenta a residência. Com exceção do detetive mais famoso da literatura, está tudo lá: o violino, o cachimbo, a poltrona, a lareira, os livros, os tubos de ensaio e todo o universo residencial de um personagem que fez da lógica sua maior arma. É como se, por alguns instantes, a razão se perdesse, e a história ganhasse vida. Seja bem-vindo ao mundo de Sherlock Holmes, em típica casa vitoriana na Baker Street, no icônico endereço (221b), em Londres.



O Museu de Sherlock Holmes se destina especificamente a fãs e leitores das aventuras do detetive. Muitos dos objetos da casa fazem referência a determinadas histórias e o programa é irresistível  tanto para fãs do célebre personagem de Sir Arthur Conan Doyle, como para os amantes de arquitetura/decoração daquela época. Me arrependo de não ter visitado o museu quando estava na cidade...


Galeria do Iluminismo, Museu Britânico
Uma vez em Londres, é um crime não visitar o Museu Britânico. Você com certeza já leu algum livro (ou viu um filme) que tem o lugar como cenário. Sabe a foto do meu perfil aqui do lado, na coluna lateral do blog? Ela foi tirada lá! Mais especificamente na belíssima Galeria do Iluminismo (The Enlightenment Gallery), anteriormente conhecida como Biblioteca do Rei e construída entre 1823 e 1827. 


A Galeria é belíssima e o meu lugar favorito de todo o museu! Ela possui esculturas lindas e antigas, além de muitos outros objetos históricos e um monte de livros. Só a Galeria do Iluminismo já vale a visita ao museu, qualquer amante de livros vai passar horas se deliciando e admirando as estantes cheias de obras antigas e raras! O Museu também abriga uma belíssima Sala de Leitura, que, após reformas, abrigou exposições especiais entre 2007 e 2013. Atualmente, acredito que a sala esteja fechada para visitantes e discute-se seu uso para o futuro.


Mundo Mágico de Harry Potter
Quem também é fã de Harry Potter levanta a mão e deixa um comentário no post! Para quem quer ter uma experiência mágica e interagir com o mundo do Harry Potter, o passeio ideal é pelos parques da Universal em Orlando. As atrações ficam divididas entre o parque Islands of Adventure (que reproduz Hogsmeade) e o parque Universal Studios, onde fica o Beco Diagonal. Você pode ir de um parque a outro pegando um trem que reproduz a ida da estação King’s Cross para Hogwarts. As lojas e restaurantes foram todos projetados como descritos nos livros da saga. Então, você pode ir até a Dedosmel e comprar sapos de chocolate e feijõezinhos de todos os sabores ou ir até o Olivaras e procurar uma varinha mágica.


O visitante pode curtir as atrações como o “Dragon Challenge” que é uma montanha-russa gêmea com alta velocidade e muitas emoções ou até mesmo a montanha russa denominada “Vôo do Hipogrifo”, que representa o animal descrito nos livros do Harry Potter. O Harry Potter and the Forbidden Journey é o melhor brinquedo de todos! Considerado um dos melhores brinquedos de Orlando e o melhor do Parque Islands of Adventure. Uma réplica do Castelo de Hogwarts abriga uma viagem na qual Harry Potter enfrenta vários perigos e obstáculos. O passeio é feito através de um simulador super real. No caminho da entrada, você visita alguns lugares do castelo do Harry Potter, como a sala de Defesa Contra as Artes das Trevas, o Salão Comunal da Grifinória e o escritório do Professor Dumbledore.


Incrível, não? Só eu que fiquei louca para fazer minhas malas agora mesmo e ir visitar esses lugares? Vocês já visitaram algum desses destinos maravilhosos? Comentem aí embaixo outros lugares bacanas para quem ama livros!

Comente com o Facebook:

14 comentários:

  1. Oh-My-God!

    Que post é esse, Ana?
    Perfeitoooooo!

    Somente conheço o Museu da Língua Portuguesa em SP, que infelizmente veio a sofrer um incêndio no final do ano passado, em 2015.

    Porém, preciso conhecer outras pelo mundo afora!

    Beijos!
    Irmãos Livreiros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ;D Obrigada! Fico feliz que tenha gostado! Foi um dos posts mais bacanas que já fiz! Sim, uma pena o que aconteceu com o Museu da Língua Portuguesa, mas tomara que em breve as obras terminem para podermos ter acesso novamente a esse lugar maravilhoso!

      Excluir
  2. Oi Ana, tudo bem?
    Estou conhecendo seu blog hoje, mas já AMEI. Simplesmente! <3
    Já vou seguir.
    SOBRE O POST: AMEIIIII! Que post inspirador. Lindo de morrer. Com fotos, texto, ai quero ir pra todos esses lugares. Me encantei! Sua linda.
    Quando quiser visitar o meu, saiba que será sempre bem vinda!
    Beijos.
    www.chadefirulas.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seja bem-vinda Laís! E espero vê-la mais vezes por aqui! Fico muito feliz que tenha gostado do post! E pode deixar que vou visitar o seu cantinho em breve!

      Excluir
  3. Que post maravilhoso é esse?! Sério, eu estou louca pra conhecer todos esses lugares, parecem o paraíso! <3
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ;D Obrigada! Todos os sete lugares são incríveis mesmo! *o*

      Excluir
  4. Aiiii, adorei seu blog <3333 lindinho demais! Eu realmente fiquei bem triste quando o Museu da Língua Portuguesa teve aquele incêndio terrível! É um dos meus lugares favoritos no mundo e o melhor de tudo: de fácil acesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Espero te ver mais vezes por aqui! <3 Sim, foi horrível o incêndio por lá! Mas agora é torcer para a reconstrução ser rápida e sem mais acidentes!

      Excluir
  5. Eu amo viajar, e unir viagem a livros é melhor ainda! Em 2012 visitei a livraria El Athneo na Argentina e fiquei encantada com o lugar... Agora quero ir para Praga visitar a biblioteca Clementinum. Que maravilhosa! Também quero conhecer os Museus Britânico e o de Sherlock Holmes, além de nos EUA ver o Mundo Mágico de Harry Potter...
    Ana, agora que vi o layout novo do seu blog, amei!
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também gosto muito de viajar! Vi algumas fotos agora dessa livraria e que coisa maravilhosa! *o* Obrigada, fico feliz que tenha gostado do novo layout!

      Excluir
  6. Oi Ana!
    Que demais esse post! Eu adoro viajar com os livros, e toda vez que viajo procuro uma biblioteca ou livraria para conhecer.
    Acredita que visitar o Museu da Língua Portuguesa era algo que eu ia fazer esse ano? Quase chorei quando vi a notícia do incêndio...

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também sempre tento fazer o mesmo! Bibliotecas e livrarias são os melhores lugares do mundo! rs Uma pena o incêndio do Museu da Língua Portuguesa, mas acredito que você ainda terá outras oportunidades de conhecer esse lugar maravilhoso!

      Excluir
  7. Oi Ana,
    Desses eu cheguei a conhecer o da Língua Portuguesa quando estava na faculdade. O professor levou a gente e tals, uma pena que isso tenha acontecido. Fiquei triste, mas pelo menos eles tinham parte salva.

    Ah, essa biblioteca de Praga ♥

    Esses do Reino Unido quero MUITO conhecer sos

    tenha um ótimo final de semana =D
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, o incêndio foi uma tragédia e ainda bem que grande parte do acervo é digital! Essa biblioteca de Praga é divina! <3

      Excluir

Sinta-se a vontade para expressar a sua opinião, para divulgar o seu site/blog ou para elogiar ou criticar o blog! Lembrando que comentários com conteúdos agressivos, ofensivos ou inadequados serão excluídos.

(Você também pode entrar em contato comigo por e-mail, formulário ou pelas redes sociais. Saiba mais na página "Contato".)