15.10.15

Quotes: Capitães da Areia


Olá amores! Como estão?

Alguns dias atrás postei a resenha {aqui} de Capitães da Areia de Jorge Amado, um clássico difícil de engolir, mas que todos deveriam ler. E ainda extremamente apaixonada por essa obra muito política e complexa, ao mesmo tempo em que singela, hoje vim para dividir com vocês meus quotes favoritos do livro! Confiram:

“Vestidos de farrapos, sujos, semiesfomeados, agressivos, soltando palavrões e fumando pontas de cigarro, eram, em verdade, os donos da cidade, os que a conheciam totalmente, os que totalmente a amavam, os seus poetas.” Pág. 27
“… e a cidade era como um grande carrossel onde giravam em invisíveis cavalos os Capitães de Areia. Neste momento de música sentiram-se donos da cidade. E amaram-se uns aos outros, se sentiram irmãos porque eram todos eles sem carinho e sem conforto e agora tinham o carinho e o conforto da música. Volta Seca não pensava com certeza em Lampião neste momento. Pedro Bala não pensava em seu um dia o chefe de todos os malandros da cidade. O Sem-Pernas em se jogar no mar, onde os sonhos são todos belos. Porque a música saía do bojo do velho carrossel só para eles e para o operário que parara. E era uma valsa velha e triste, já esquecida por todos os homens da cidade” Pág. 66
“Lá fora é a liberdade e o sol. A cadeia, os presos na cadeia, a surra ensinaram a Pedro Bala que a liberdade é o bem maior do mundo. Agora sabe que não foi apenas para que sua história fosse contada no cais, no mercado, na Porta do Mar, que seu pai morrera pela liberdade. A liberdade é como o sol. É o bem maior do mundo.” Pág. 197
“Quando outras crianças só se preocupavam com brincar, estudar livros para aprender a ler, eles se viam envolvidos em acontecimentos que só os homens sabiam resolver. Sempre tinham sido como homens, na sua vida de miséria e aventura, nunca tinham sido perfeitamente crianças.” Pág. 236
“E no dia que ele fugiu, em inúmeros lares, na hora pobre do jantar, rostos se iluminaram ao saber da notícia. E, apesar de que lá fora era o terror, qualquer daqueles lares era um lar que se abriria para Pedro Bala, fugitivo da polícia. Porque a revolução é uma pátria e uma família.” Pág. 262

Então? O que acharam dos quotes? E o que acham da obra? Já leram ou tem vontade de ler Capitães da Areia? Não deixem de ler a resenha {aqui} e, claro, comentar bastante nesse post! Beijos!

Comente com o Facebook:

7 comentários:

  1. Oi, Ana! Tudo bem?

    Jorge Amado é um grande escritor. Impossível não gostar dele, mesmo sendo um pouco cansativo.
    Gostei muito das frases. Parabéns pela seleção!

    Participe do sorteio #outubrorosa no Irmãos Livreiros

    Beijos!
    Danny

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! E a escrita dele, apesar de não tão complicada, é meio cansativa mesmo. Mas pela riqueza de suas obras, vale a pena encarar a leitura!

      Excluir
  2. Oii Ana, tudo bom?
    Nunca li esse livro, o que é uma pena!
    Adorei os quotes, muito bom gosto <3
    Um beijo
    Katrine Bernardo

    ResponderExcluir
  3. Olá Ana, que surpresa boa achar esses quotes aqui! *-*
    Já fiz um post assim uma vez também, e amo essa obra! :D

    Beijos
    tamigarotaindecisa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Ah, lindas quotes!
    Li Capitães de areia no colégio ainda. Quero muito ler de novo mas a fila de livros ta gigante, rs.
    Beijos!

    Fabi Carvalhais
    pausaparapitacos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para expressar a sua opinião, para divulgar o seu site/blog ou para elogiar ou criticar o blog! Lembrando que comentários com conteúdos agressivos, ofensivos ou inadequados serão excluídos.

(Você também pode entrar em contato comigo por e-mail, formulário ou pelas redes sociais. Saiba mais na página "Contato".)