3.5.15

Resenha: Ligeiramente Maliciosos - Mary Balogh


Judith Law sempre foi reprimida por seu pai, um rigoroso pastor que, desde a infância, a obrigava a esconder seus cabelos vermelhos e, mais tarde, seu corpo cheio de curvas. Com a família passando por grandes dificuldades financeiras graças aos gastos excessivos do irmão, o único filho homem da família, Judith aceita ir morar com a tia, o que lhe garante uma rotina tediosa e de trabalho árduo para o resto da vida.

A caminho de sua nova morada, a diligência em que Judith viajava sofre um acidente e ela fica presa na beira da estrada no que seria o pior dia de sua vida se não fosse por Ralf Bedard, um sedutor cavalheiro que se oferece para levá-la até a estalagem mais próxima. Judith sabe que aquele seria o melhor acontecimento que viveria pelo resto da sua vida, por isso se apresenta como Claire Campbell, uma atriz independente e sedutora.

É por trás da máscara de Claire que Judith se revela como uma mulher atraente e segura de si e que ama atuar, segredo que guardara a vida toda. Mas ela não é a única a fingir. Ralf Bedard é, na verdade, lorde Rannulf Bedwyn, irmão do duque de Bewcastle, que estava a caminho da propriedade da avó para cortejar sua futura noiva: a Srta. Julianne Effingham, prima de Judith.


Sem saber que seus caminhos irão se cruzar novamente, Judith e Rannulf se entregam a dois dias de muita paixão. Entretanto, quando Rannulf demonstra interesse em estender o caso deles, Judith vai embora sem que ele saiba. Ao chegar finalmente na casa da tia, a garota é recebida por reprimidas e ordens. Assim, Judith se entrega a sua nova vida de cuidar da avó, uma mulher difícil e cheia de caprichos, mas a única pessoa que a trata com amor e carinho.

Rannulf também chega a seu destino final e sua primeira visita à casa dos Effingham, que teria tudo para ser extremamente tediosa, graças a falante e fútil Julianne Effingham, acaba sendo uma imensa surpresa quando ele reconhece Judith e descobre que ela não é e nunca fora atriz, apesar de ter interpretado Claire com muita destreza. Mas, o maior choque para Rannulf é quando ele se oferece para casar com Judith e ela não aceita, pois não quer se casar apenas porque ele se sente culpado em ter tirado a virgindade dela.

Assim, para agradar a avó, Rannulf continua cortejando Julianne, apesar de que é Judith que ocupa grande parte dos seus pensamentos, enquanto ele é quem ocupa os dela, que segue cuidando da sua própria avó. Será que Judith e Rannulf conseguirão seguir o destino que já foi traçado para eles ou se entregarão novamente a paixão que os une?


Ligeiramente Maliciosos é o segundo volume da série Os Bedwyns, que cada vez mais se torna uma das minhas favoritas. Eu amei Ligeiramente Casados (resenha aqui) e fiquei ainda mais apaixonada por esse segundo livro.

A narrativa da autora é deliciosa e tantos os personagens quanto a trama são extremamente divertidos e cativantes. Mas, o que mais me agradou nesse livro, é que o final feliz dele não é tão óbvio. Apesar dos clichês de todo romance de época, Balogh me surpreendeu bastante e inovou na sua história.

Judith é, até agora, a personagem mais audaciosa de todos os romances de época que já li. Apesar de ser delicada e romântica, ela não é nenhuma bobinha e fez algo que não vi nenhuma outra mocinha fazer: se entregar a uma paixão tórrida e descompromissada e depois se recusar a se casar. Judith é uma mulher poderosa e corajosa que poderia muito bem ter nascido nos dias de hoje. Eu amei a personagem! Já Rannulf é um pouco mais clichê, apesar de ser igualmente cativante. Ele é um cavalheiro, claro, mas também muito fofo e super protetor.


Ligeiramente Maliciosos foi uma leitura simplesmente maravilhosa, gostosa e muito divertida. Li o livro em um dia: depois que comecei não conseguia mais parar de ler e, quando terminei, fiquei sedenta por mais. Sério, Ligeiramente Maliciosos poderia ter mais duzentas páginas e eu seria uma leitora ainda mais feliz! Eu amei a obra e nem preciso dizer que estou absolutamente louca pelos próximos volumes.


A edição estava uma delícia também. A tradução e a diagramação estavam perfeitas, assim como o tipo e tamanho das letras. Como sempre, amei as páginas amareladas, que deixam a leitura ainda mais rápida. Eu amei também a capa de Ligeiramente Maliciosos, que combina perfeitamente com a história e é linda, além de fofa, romântica e um pouco sensual também, como o livro.

 Outras capas ao redor do mundo.


Título: Ligeiramente Maliciosos
Título original: Slightly Wicked
Série: Os Bedwyns
Volume: 2
Autora: Mary Balogh
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580413939
Ano: 2015
Páginas: 288
Classificação: 5/5 [ótimo]
*Esse livro foi uma cortesia da Editora Arqueiro


Leia também:

Comente com o Facebook:

7 comentários:

  1. Já tinha ficado de olho em Ligeiramente Casados e esse também chamou minha atenção.
    Essa foi a primeira resenha que leio dele e já fiquei doida pra ler, é bem o tipo de livro que eu gosto e tenho certeza que vou mar a história.
    Já vai pra lista, beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ligeiramente Casados e Ligeiramente Maliciosos são simplesmente maravilhosos e você precisa lê-los!!!!

      Excluir
  2. Ah, está bem, você me convenceu! kkkkk Eu conhecia a série, mas nunca dei muita atenção à ela, mas por sua causa vou começar a ler! kkk
    Beijos

    http://www.gkastmaker.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ;D Os livros são muito bons, acho que você vai gostar!

      Excluir
  3. wow já estou desejando horrores aqui! a história é muito boa e está me dando gostinho de quero mais ♥

    ResponderExcluir
  4. Oie Ana! :D
    Já tava louca por esse livro antes de ler a resenha e agora estou necessitando desesperadamente!!!! Eu tenho que ler esse livro, estou sentindo que vou amaaaar! <3
    Não sabia que ele era uma sequência, irei pesquisar sobre o anterior.

    Beijocas e até logo! ;)
    https://worldofmakebelieveblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  5. aaaaah, ainda não li nenhum desses livros da autora, mas tenho muita curiosidade.
    uma amiga minha que ama livros deste gênero leu, amou e super me indicou, então acho que vou acabar gostando :D
    como não se apaixonar por essas capas né *-*

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para expressar a sua opinião, para divulgar o seu site/blog ou para elogiar ou criticar o blog! Lembrando que comentários com conteúdos agressivos, ofensivos ou inadequados serão excluídos.

(Você também pode entrar em contato comigo por e-mail, formulário ou pelas redes sociais. Saiba mais na página "Contato".)