14.11.12

Resenha: Luxúria - Eve Berlin

Título: Luxúria
Série: Trilogia Luxúria
Volume: 1
Autora: Eve Berlin
Editora: Lua de Papel
Ano: 2012
Páginas: 256
Classificação: 3/5
Sinopse: Quando Dylan Ivory, escritora de romances eróticos, recebe o contato de Alec Walker, nem imagina o quanto esse homem pode mexer com seus pensamentos. Conhecido por ser um famoso dominador em relações sadistas e sadomasoquistas, Alec tenta convencer Dylan de que a melhor forma de se aprofundar no assunto - e então escrever um livro o mais próximo possível da realidade - é viver uma experiência como submissa e sentir na pele a sensação desse tipo de relação. Para Dylan, essa proposta será difícil de ser aceita - uma vez que ela é fanática por ter o controle de tudo em sua vida. Embalados por um misto de prazer e apreensão, o casal se vê em uma situação tentadora enquanto evitam entregarem-se ao sentimento que nasce entre eles.

Dylan Ivory é uma escritora de romances eróticos que, por causa da infância difícil, se tornou uma mulher solitária e controladora. Quando começa a pesquisar sobre sadomasoquismo para seu novo livro, Dylan acaba por conhecer Alec Walker, um escritor de livros de suspense que é mais conhecido por ser um dominador em relações sadistas e sadomasoquistas. 
“Alec Walker era um homem que devia vir acompanhado de um alerta de perigo.” (Pág. 10)
Dylan explica para Alec sobre sua pesquisa e mostra que está disposta a experimentar relações sadomasoquistas, mas apenas se for a dominadora. Entretanto, Alec insiste que ela seria melhor como submissa e propõe que ela experimente, com ele, uma relação como submissa. Dylan recusa em primeiro momento, insistindo que é ela seria melhor como dominadora, mas no final acaba aceitando, apenas para provar que ele estava errado. 
“- Os melhores acordos são selados com um beijo.
Sua boca estava muito perto, lasciva, deliciosa. (...) Á espera do beijo. Ele se afastou, afundando-se na cadeira.- Mas teremos de esperar até que esteja pronta para mim, Dylan. Terá de implorar por isso.” (Pág. 20)
Antes mesmo de começarem os jogos de poder, Alec e Dylan percebem o quanto estão atraídos um pelo o outro. Alec aos poucos vai mostrando a Dylan o mundo das relações sadomasoquistas e em pouco tempo ela se torna submissa. Eles ficam cada vez mais próximos, compartilhando não só prazer, mas também experiências de vida. Indo cada vez mais fundo em seu relacionamento, Alec e Dylan começam a se perguntar o que está acontecendo com eles. Seria só atração física mesmo ou haveria algo mais?
“No controle. Como sempre.Repetiu aquelas palavras para si mesmo, mais uma vez. E tentou ignorar o fato de que não acreditava nelas.” (Pág. 111)
Para quem, assim como eu (antes de ler esse livro), não sabe muito sobre sadismo, masoquismo e sadomasoquismo, eis a definição deles: o sadismo é a tendência em uma pessoa que busca sentir prazer em impor o sofrimento físico e moral a outra pessoa, o masoquismo é a tendência oposta ao sadismo, é a tendência em uma pessoa que busca sentir prazer em receber o sofrimento físico e moral de outra pessoa e sadomasoquismo seria meio que uma mistura dos dois em uma relação. 

Luxúria é um típico romance erótico, mas não ele não se trata apenas de sexo. O livro possui uma trama desenvolvida, apesar de que a maioria dos acontecimentos e conflitos gira em torno da parte erótica. Esse foi o primeiro livro que li do gênero. Eu já tinha uma ideia do que esperar, mas é impossível não ficar meio assustado a primeira vista. Mas conforme o livro vai se desenvolvendo, me acostumei a narrativa e comecei a curtir a história.

Berlin tem uma escrita leve, o que ajuda a amenizar o conteúdo pesado. A autora é bem detalhista, muito detalhista na verdade. As cenas de sexo são bem descritas, mas lá pelo meio do livro elas acabaram por ficar cansativas e repetitivas. Por outro lado, Berlin soube criar uma trama que valesse a pena ser lida, um romance que foi além do sexo.

Os personagens são bem feitos e descritos. Eles têm uma história própria, características marcantes e papel na trama, até mesmo os secundários. Dylan é uma mulher independente e corajosa. Mesmo se tornando submissa a Alec durante as relações, perdendo um pouco sua mania por controle e amadurecendo ao longo da trama, ela continua sendo uma personagem forte e determinada. Alec é bem parecido com Dylan, bonito, independente e também meio controlador. Ele também amadurece ao longo da história, se tornando mais aberto e perdendo seu receio de relacionamentos sérios.

A editora fez um trabalho bom com o livro. A capa é simplesmente divina e combina com a história. Encontrei alguns errinhos e trechos confusos, mas nada muito gritante.

Enfim, Luxúria foi uma boa leitura, mas nada extraordinário. Por ser o primeiro livro do gênero erótico que leio, o livro me ajudou a desenvolver uma opinião sobre esse tipo de literatura. Apesar de ter gostado do livro, descobri que o gênero não me atrai muito. Prefiro livros que tenham mais história e menos cenas de sexo. Pode ser que a minha opinião mude futuramente, mas por enquanto não pretendo ler a continuação de Luxúria ou mesmo outros romances eróticos.

Apesar disso, recomendo Luxúria. Livros são conhecimento e cultura, e foi bastante interessante saber mais sobre sadismo, masoquismo e sadomasoquismo, temas que não são muito discutidos no dia a dia. Quem gosta de literatura erótica com certeza vai amar esse livro. Para quem quer ler o gênero pela primeira vez, acho que Luxúria é meio pesado, mas isso depende muito da pessoa. O importante é pegar o livro de mente aberta e sem preconceitos, ler com atenção e aí sim formar uma opinião, acho muito chato opinar sobre uma coisa que não conheço.

Comente com o Facebook:

28 comentários:

  1. Já tem um tempinho que eu leio livros eróticos.
    Já vi muita coisa boa sobre esse e quero ler muito!
    O 1º livro erótico que li foi Falsa Submissão da Laura Reese. Muito bom! Recomendo mesmo.
    Gostei da sua resenha. Como sempre está de parabéns!

    Luiza Helena Vieira
    Obsession Valley

    ResponderExcluir
  2. Oi,amore!
    Eu estou lendo o livro e estou ainda no comecinho. Mas, até agora to bem desapontada com os erros de revisão e a narrativa é muito ruim, muito confusa, mas a minha opinião ainda pode mudar,né!
    Entre os livros do gênero ainda prefiro Toda Sua.
    Gostei da resenha.
    Bjs!
    Zilda
    Cachola Literária

    ResponderExcluir
  3. Eu já li esse livro. Não amei, mas gostei rs
    Eu não achei o livro pesado, talvez por já ser acostumada a esse tipo de leitura.
    Vou aguardar a continuação para ver se a autora consegue melhorar a história. rs
    Beijinhos
    http://fulanaleitora.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Humm interessante, nunca li sobre sadismo, masoquismo e sadomasoquismo
    mais acho que seria interessante ler para ver como é,
    como vc falou de mente aberta e sem preconceitos,
    eu não imaginava que fosse assim tão pesado,
    mais agora eu fiquei mais e mais curiosa, não que
    eu queira isso para mim, acho que não faria não,
    mais curiosidade mesmo.. Acho que to falando D+
    hehehe


    beijos
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Adorei a resenha :D parabéns nunca me interessei por esse livro mais a capa é super linda !

    euvivolendo.blogspot.com ( comenta lá :d )

    ResponderExcluir
  6. corrige ali: que é mais conhecido por ser um dominador em ralações (relações) sadistas e sadomasoquistas. :P
    nunca li nenhum livro deste gênero, e ultimamente andam lançando bastante livros assim
    acho que este tabu está sendo quebrando, até que enfim!
    fico meio apavorada com toda essa coisa de sadomasoquismo e tudo o mais, mas tenho vontade de ler um livro deste tipo, para não ficar somente no pré conceito, igual muitos tem quanto ao super sucesso 50 Tons de Cinza né!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,

      obrigada por apontar o erro! Já consertei!

      Bjs e Obrigada!

      Excluir
  7. Adorei sua resenha! Bem sincera.
    Estou louca para ler esse livro, mal posso esperar. Ultimamente tenho lido alguns livros eróticos e gostado bastante. Haha

    BjO
    http://the-sook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oie,
    Eu li 50 tons, e meio que perdi a vontade ler outros do gênero...
    Me decepcionei muito com aquele, nossa achei muito cliché...
    Bjocas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tente Redes Sensuais.. real, nacional e com uma pimentinha gostosa.

      Excluir
  9. Esse gênero não faz a minha praia. Mas sua resenha ficou de parabéns! digna *_*

    ResponderExcluir
  10. Gostei muito da sua resenha. Achei ela bem elaborada, deixando-nos bem curiosa sobre o assunto e o seu desenrolar. Ainda não li o livro, mas espero vir a ler em breve.

    ResponderExcluir
  11. Quero muito ler esse livro!
    Com certeza lerei em breve!
    Adorei a resenha!
    Beijos
    Rízia - Livroterapias
    http://livroterapias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Está tão na moda o tal gênero erótico que estou começando a criar resistências. Acho que os autores ou editoras percebem que a fórmula dá certo e se jogam no estilo. Mas nem sempre a coisa dá muito certo. Não sei se é o caso!
    Quanto ao sadismo, não vejo nada de positivo nisto. Nem sei se gostaria de ler uma história assim!
    bjs

    ResponderExcluir
  13. Sou mais uma que não tenho tantas leituras deste tipo (sadismo, masoquismo), gostaria de conhecer esta série e ver o que acho.
    Bjs, rose.

    ResponderExcluir
  14. Oie!
    Gostei de saber que esse livro tem uma trama bem desenvolvida... O único do gênero que li foi Um olhar de amor e não gostei, achei a história super fraca. Então talvez leia esse.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  15. Eu gosto de estilo e tenho vontade de ler este livro, a resenha está ótima.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  16. Gostei muito desse livro pois satisfiz algumas de minhas curiosidades e achei que essa história abordou muito mais a fundo esse universo tão pouco difundido e às vezes muito mal abordado ou abordado bem superficialmente em outros livros. Mas achei a trama bem fraquinha, e com o final desse primeiro volume, eu pensei, e aí????? A história morreu, e não havia gancho para uma continuação. Mas aí descobri que essa série traria volumes independentes e os demais vão abordar histórias de outros personagens. Mas no que tange à parte erótica, é bem excitante.

    ResponderExcluir
  17. Gostei da resenha. Parabens!
    Acho que esse tipo de livro está na moda, então muita gente vai ter a curiosidade de ler só pra ver mesmo como é. Eu nao importo muito que o livro venha com cenas de sexo.. O que importa é a historia ser bem trabalhada.
    Eu leria esse livro tranquila :)
    Bjokas
    Flavia - Livros e Chocolate

    ResponderExcluir
  18. Bem eu gostei da capa mas nunca tinha visto uma resenha dele e não vou gostar da estoria por que não curto esse gênero quem sabe um dia eu leia

    Boa resenha

    bjso

    ResponderExcluir
  19. É... Nunca li nenhum livro do gênero... Só clássicos do século XX, o que para a época eram por demais eróticos demais, mas devido as mudanças dos tempos, hoje, não passam de literatura ultrapassada para quem não admira cânones...
    Concordo: toda leitura é conhecimento.
    Gostei da resenha e talvez leia sim, para conhecer esse tipo de obra contemporânea...

    Beijossss
    Poetiza o Amor

    ResponderExcluir
  20. Hey!!
    Quero ler Luxúria, mas ainda não decidi se ele vai ser o primeiro que lerei do gênero. Gostei da sua resenha, o livro parece interessante e tal, mas não sei se conseguirei lê-lo com a mente suficientemente aberta, entende? rs
    Beijo!!

    ResponderExcluir
  21. Estou doida para ler esse livro.
    Sabe que esse tipo de gênero está crescendo no mercado e um livro erótico com tanta intensidade e bem desenvolvido. Merece ser lido.
    Gostei muito da sua resenha.
    Beeijos

    ResponderExcluir
  22. Tive uma experiência não muito legal com Falsa Submissão e dei um stop em leituras que envolvam masoquismo & Cia hehehe eu vou esperar a ideia amadurecer um pouco mais e depois retornarei a literatura erótica dominadora ahahah gostei da resenha mas por enquanto não vou ler rsrs
    Bjs

    ResponderExcluir
  23. Ameeei tudo capa, resenha e sinopse. Já vários livros df literatura erótica e.les quem gosta a série Witch Lovers é ótima. Quero muito ler Luxúria.

    ResponderExcluir
  24. Adorei sua resenha. Agora estou super curiosa para ler o livro.

    Ah, mas dentro dessa nova febre de romance hot, eu
    recomendo um nacional "Redes Sensuais". Ele me tocou por ser mais
    real e pela trama mais elaborada sem deixar de lado o erotismo.

    Eu fiquei sabendo deste livro pelo Facebook e
    comprei pela internet, mas agora apareceu uma versão gratuita aqui neste link http://ge.tt/78mDJLP. Quem curte esse tipo de romance vale a pena conferir.

    ResponderExcluir
  25. Finalmente alguém falou de "Redes Sensuais" então não estou ficando louca!!! Porque este livro só eu conheço, ninguém nunca ouviu falar. O problema é que trata-se de uma história com sexo sim, só que é bem mais intrigante e exige mais atenção (e inteligência) do leitor. Não sabia da versão gratuita comprei o meu pela internet ao ver a indicação em um outro blog e adorei. Agora acho que vou tentar o Luxúria, de estereótipos eu estou correndo, quero algo real porque conto de fadas já assiti "Uma Linda Mulher" quando tinha 17 anos e me bastou....

    ResponderExcluir
  26. Algumas pessoas me disseram que este livro era igual à Cinquenta Tons de Cinza, devo discordar disto, ele é totalmente diferente e me deu uma visão mais ampla sobre sadomasoquismo e submissão. Ele também me mostrou que o Dominador não está ali apenas para sentir prazer, está ali também para cuidar de que sua submissa fique bem, fique sã. Acho que Lúxuria explicou melhor este mundo do que Cinquenta Tons de Cinza ao qual estava mais focado no romance e no passado sombrio do Sr. Grey. Claro que Lúxuria também tem romance, não é apenas sexo como você mesmo disse, porém é em menos dosagem também isto é devido a personalidade dos personagens principais. Mas o que me deixou realmente entretida foi ver o quanto a autora realmente pesquisou e se aprofundou neste novo mundo erótico que vem tomando as estantes das livrarias. Foi uma pesquisa realmente completa e detalhada.

    http://worldbehindmywall.fanzoom.net

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para expressar a sua opinião, para divulgar o seu site/blog ou para elogiar ou criticar o blog! Lembrando que comentários com conteúdos agressivos, ofensivos ou inadequados serão excluídos.

(Você também pode entrar em contato comigo por e-mail, formulário ou pelas redes sociais. Saiba mais na página "Contato".)