2.9.11

Resenha: Dezesseis Luas - Kami Garcia e Margaret Stohl


Dezesseis Luas, primeiro livro da série Beautiful Creatures, por Kami Garcia e Margaret Stohl da Editora Galera Record, têm mistério, romance, magia e personagens totalmente diferentes! Alguns trechos são meio lerdinhos e a trama não anda, mas o resto está muito bom! Lembrando que a capa do segundo volume já foi divulgada!
Quando Lena chegou a Gatlin, eu só tinha certeza de uma coisa: ela não se parecia com ninguém que o pessoal daqui já vira. E as diferenças não estavam apenas na aparência. Eu tinha certeza que já havíamos nos encontrado antes, talvez nos sonhos. É, sei que parece idiota, mas eu vinha sonhando com alguém há tempos, alguém que eu não conhecia, alguém que, no sonho, precisava ser salva, ou tipo isso. Antes de Lena eu estava contando os meses para deixar Gatlin, mas agora era diferente: havia Lena. E havia algo entre nós, uma atração que eu não conseguia explicar. Eu precisava conhecê-la melhor e entender o que eu estava sentindo. Mas, para me aproximar, teria que enfrentar o tio com fama de louco dela; Amma, nossa governanta supersticiosa, que tinha praticamente me criado; meu pai, que desde a morte de minha mãe só ficava trancado no escritório “trabalhando”; meus amigos e inimigos, as garotas populares da escola... E ainda havia o segredo, um tipo de segredo que não ficaria oculto por muito tempo em um lugar como Gatlin, um tipo de segredo que pode mudar tudo a sua volta...


O livro se inicia com Ethan em sua monótoma vida na cidade de Gatlin, lugar do qual ele está louco para ir embora. Mas tudo muda quando Lena Duchannes chega a cidade, uma garota de cabelos pretos, com um monte de bugigangas presas num pingente e vários números escritos à caneta na mão. 

As pessoas da pequena cidade sulista se impressionam com a sombrinha do Velho "Louco" Ravenwood, mas Ethan não se importa com o que as pequenas mentes de Gatlin acham de Lena e desde de o inicio se sente atraído, principalmente por que ela é totalmente diferente das pessoas ao seu redor.

Certo de que Lena é especial e que é com ela que ele quer ficar, Ethan consegue então conquistar o coração da jovem. Mas Lena não é só uma garota que tenta se destacar na multidão, Lena é uma conjuradora, está no seu sangue, toda a sua família é assim. Ethan não se importa, mas todos acham que ele não deveria se envolver, inclusive a própria Lena!

E ainda há uma profecia e uma maldição. Seria então Lena, um fardo grande demais para o garoto humano? Não é o que acha Ethan, que é capaz de fazer qualquer coisa só pra ficar ao lado da jovem conjuradora.

Dezesseis Luas é um romance cheio de mistério, amor e um pouco de ação que deixa a trama irresistível. Não posso deixar de comentar que a narração masculina ficou ótima, e que o livro perderia um pouco do charme se fosse Lena quem contasse a história. Os personagens são muito bons, e há partes um pouco tediosas, mas são compensadas com outras bastante engraçadas e cheias de ação.

Enfim eu recomendo para quem, assim como eu, ama romances com pitadas sobrenaturais. Estou super ansiosa para a continuação e me despeço com uma frase do velho Macon Ravenwood (Pg 389) :
"Mortais. Tenho inveja de vocês. Acham que podem mudar as coisas. Parar o universo. Desfazer o que foi feito muito antes de vocês surgirem. Vocês são criaturas tão lindas."

Leia também:

Comente com o Facebook:

7 comentários:

  1. Esse livro está entre os vários da minha meta de leitura pra serem lidos ainda esse ano.

    Achei a capa bem misteriosa.
    Tb gosto muito de romances com toques sobrenaturais!
    Acho que vou passar esse livro e a continuação dele na frente dos outros rsrsrs

    Flavia
    http://livrosechocolate.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Gostei da resenha ! Eu tenho ele, mas até hoje não li :x Vou fazer um esforço e pular ele da fila !
    Beijos
    http://descobrindolivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. tenho o mesmo sentimento que vc. quando terminei 16 luas fiquei louca pra ler 17 luas,mas quando terminei 17... bom mas vou ler 18 luas pra ver como termina esse romance impossível rsrsr. ótima resenha.

    ResponderExcluir
  5. Este livro é maravilhoso, eu curti muito. Macon é o meu personagem preferido, e concordo, se fosse lena a narrar não teria o mesmo charme.
    Um livro bem sombrio.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  6. Eu conheci a história quando assisti o trailer no cinema. Eu gostaria de ler o livro primeiro. Fico a procura de promoções dele mas não dou sorte :/ Não posso deixar de ler, tem todo enredo que eu amo <3

    ResponderExcluir
  7. Logo quando vi o nome da série: Belas criaturas, me veio a mente vampiros ou anjos, isto foi o que me deixou intrigada, mas depois que li a sinopse e ouvi algumas pessoas falarem a respeito deste livro soube que não era nada deste dois mundo que eu amava, mas sim se referia ao universo que me fez me apaixonar pelo mundo sobrenatural; os bruxos ou como Lena gosta de ser chamada: Conjuradores. Esse livro incrivel me prendeu do começo ao fim.

    http://worldbehindmywall.fanzoom.net

    ResponderExcluir

Sinta-se a vontade para expressar a sua opinião, para divulgar o seu site/blog ou para elogiar ou criticar o blog! Lembrando que comentários com conteúdos agressivos, ofensivos ou inadequados serão excluídos.

(Você também pode entrar em contato comigo por e-mail, formulário ou pelas redes sociais. Saiba mais na página "Contato".)